Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

               TROVAS 123 Maysa x Reneu

Quem ama não tem vergonha...
  Se for necessário até rasteja!
Não deixa que fique enfadonha...
  Luta pelo amor, até que seja!...
                    (Maysa)


                                  Mas será que vale a pena
                                      por um amor rastejar,
                                  se a pessoa se apequena
                                     por se auto depreciar?
                                    (Reneu do Amaral Berni)


       Por amor, tudo vale a pena...
             Lutar por uma relação!
               Nunca nos apequena..
Engrandece, quando acaba em paixão!
                            (Maysa)


                                     Se rastejar for o jeito,
                                   um dos dois está errado,
                                  para ser um amor perfeito
                                  tem que andar lado a lado!
                                    (Reneu do Amaral Berni)


      Pois é meu amigo Reneu...
        O tal do amor de agora!
     Parece que o bicho comeu...
 Todo mundo se manda embora!...
                       (Maysa)


                                       Se acabar a relação,
                                          dá até para supor
                                    que era fogo, era paixão,
                                    mas que nunca foi amor!
                                    (Reneu do Amaral Berni)



Reneu, para viver um grande amor...
       Precisa muito fogo e paixão!
      Senão for quente e devorador!
Fica frio e as pedras rolam pelo chão!...
                            (Maysa)


                                    Eu continuo pensando
                                   que o ideal seja os dois,
                                  se a paixão vai apagando,
                                    fica o amor, pra depois!
                                    (Reneu do Amaral Berni)

                                    
                              


       Ah, meu amigo teimoso...
Não percebes que sem emoção!
     O amor não fica amoroso?
 Precisamos do calor da paixão!
                       (Maysa)



                                Mais uma vez, eu separo
                                       a paixão e o amor...
                               Se tens os dois, eu declaro:
                                tanto melhor, se assim for!
                                  (Reneu do Amaral Berni)


  Estou falando da ansiedade...
Que viver uma grande paixão!
  Me proporciona a saciedade...
    E me preenche o coração!...
                     (Maysa)


                                 Se só paixão tu preferes,
                                        e isso te satisfaz,
                                 eu respeito o que queres...
                                   Cada um sabe o que faz!
                                  (Reneu do Amaral Berni)


     Também não é assim...
É muito bom ser acariciada!
 Latente é o amor em mim...
Preciso demais ser amada!...
                 (Maysa)


                              Agora sim, finalmente,
                              tu concordaste comigo,
                          tem que ter o amor presente,
                             só paixão não dá abrigo!
                              (Reneu do Amaral Berni)


Sim, um amor presente...
   Que nos tira o juízo!
Nos leva aos finalmente...
E nos deixa em desatino!...
               (Maysa)


                                Maysa, dizes agora
                            que só vale com loucura...
                         Muito bem, mas chega a hora
                          que só o amor nos segura!
                            (Reneu do Amaral Berni)


      Reneu, tu me venceste...
 Só o amor faz a nossa história!
Do puro sentir me convenceste...
Estou dando a mão à palmatória!
                      (Maysa)



             Reneu venceu por argumentação.
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 26/11/2007
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T753384

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (327885 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 18:44)
Maysa Barbedo