Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mil leituras

MIL LEITURAS – Acróstico.

Dia 25 de fevereiro de 2006 me cadastrei no Recanto das Letras. Quem o indicou foi um tio meu (Narciso de Oliveira), que mora atualmente em Campinas e identificou-se com o estilo de Stella Maris (Vera de Oliveira).
Como ele já conhecia meus escritos, sugeriu que os publicasse aqui. Foi o que fiz e isso tem me mantido muito ocupado ultimamente. Agradeço especialmente os comentários e incentivo dos últimos desta lista (que na verdade sãos os primeiros) que tão bem me receberam dando-me então as boas vindas.
De lá para cá tenho feito minhas publicações constantemente – poucas poesias, mais artigos, a maioria já publicada no jornal “A Notícia” da minha cidade. Dia 14/03/2006 ultrapassou-se a marca de mil leituras. Para mim foi uma grata surpresa, pois não imaginava que as coisas andassem tão rápido por aqui, embora o dinamismo e poder de alcance da rede mundial não seja novidade para ninguém.
Os escritores abaixo relacionados me visitaram nesse período de 17 dias e registraram sua passagem. Agradeço, através destes, a todos que me prestigiaram com sua leitura e propiciaram atingir esta marca – para mim importante. Sinto-me como o Pelé no seu milésimo gol...
Gostei da interatividade do Recanto e da forma como nos permite fazer amigos com os quais nos identificamos e podemos trocar figurinhas. Já me sinto em casa e entre irmãos. Obrigado a todos!

(Ana Másala)   Ah! Meu Recanto de signos,
(Nina)   No qual estou no momento.
(Jussara Fagundes)   Jamais me senti tão em casa...
(Vilma Oliveira)   Versos e palavras/pensamento!

(Maurélio Machado)   Minhas palavras são tuas
(Carolina Salcides)   Como minhas são os falares
(Liazap)   Lendo e vendo as imagens
(José Dias)   Jamais apenas pensares

(Luiz Guerra)   Lições de vida e gramática
(Ciça)   Canalizando cultura
(Sandra Fayad)   Servindo a um fim

(LuliCoutinho)   Lendo, me vejo                
(Vera Abi Saber)   Vendo, desperto
(Ângela Lara)   A alma dormindo em mim

(Deusa Indiana)   Deus nosso de cada dia
(AAndrade Jorge)   Acordai nossa mente
(Rosangela Aliberti)   Restaurai a semente
(ACAS)   Adormecida em nosso ser

(Samantha Medina)   Seja feita a vontade
(Baby)   Boa vontade seja dita
(Vincent Benedicto)   Vendo a vida bendita
(Maria Thereza Neves)   Marcada pelo querer

(Alisson Pereira da Silva)   Assim caminhamos,
(Uma Mulher Um Poema)   Uns sorrindo, outros chorando,
(Priscila Loureiro Coelho)   Porém, todos aprendendo.

(Dionísio Teles)   Dias tristes, se choramos;
(Denise Severgnini)   Dias alegres, se sorrimos;
(Cacaubahia)   Contudo vamos vivendo.

(Profª Eliana)   Pátria minha, chão imenso,
(Juli)   Jamais me fostes tão gentil;
(Deth Haak Haak)   Das leituras prestigiado,
(Jotabe)   Já ultrapassado de mil.

(Lilipoeta)   Leituras e aprendizado,
(Otherkin)   Oh! Recanto de coisas lindas!
(Stellamaris)   Stella indicou o caminho...
(Xstranho)   Xstranho me deu boas-vindas!
Lourenço Oliveira
Enviado por Lourenço Oliveira em 17/03/2006
Reeditado em 09/03/2011
Código do texto: T124632
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lourenço Oliveira
Salesópolis - São Paulo - Brasil
1277 textos (109602 leituras)
23 e-livros (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:27)
Lourenço Oliveira