Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁGUAS DE MARÇO

Á guas que não param de correr,
á G uas das chuvas que lavam o telhado,
ca U sando enchentes nos rios e inundando as
cid A des num desvario arrasador,
arra S tando tudo pelo caminho sem piedade,

triste D esolação que desencanta e entristece,
o pobr  E operário que tão pouco tem, que

olha e vê M olhados não somente seu barraco,
mas sua alm A que chora por tudo que perdeu,
arrastado po R uma torrente que levou também
tantas esperan Ç as que ali guardava
e nas águas dev O lutas tudo se perdeu.

Therezinha Aparecida Válio Corrêa
(There Valio) – 26-03-06


“Eu estou correndo a maratona de ACRÓSTICOS, vem comigo”


There Valio
Enviado por There Valio em 27/03/2006
Reeditado em 28/03/2006
Código do texto: T129189
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
There Valio
Pilar do Sul - São Paulo - Brasil, 74 anos
729 textos (77988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:13)
There Valio