Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher

Milagre da vida e de uma Natureza
Ufana dessa criação que ostenta
Louros de douta graduação que
Homenageia mãe, irmã, amiga,
Esposa ou cortesã, mas sempre
Radiosa de ser Mulher.
 
Munida de uma força colossal
Ungida pelo Amor celestial,
Levas o mundo todo nos braços,
Honras e sabes acarinhar...
Espírito alto és que nos guia
Rumo à felicidade... ao saber amar.
 
Manto de paz, fonte de doçura,
Untas de amor os teus infantes,
Louvas marido, mesmo pedante.
Honrada e sábia, bonita e pura,
És fraca e forte, ombro que apoia,
Rosto sofrido de vida dura.
 
Mas quando te pisam ou querem calar,
Uivas qual loba a quem crias tiram,
Lutas com forças que desconheces ter.
Heroína que és do homem, da vida,
Ergues a alma acima do ser e
Rasgas os céus, para ser Mulher.
 
Sintra, 08/03/2006
António CastelBranco
Enviado por António CastelBranco em 15/06/2006
Código do texto: T175795
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António CastelBranco
Portugal, 56 anos
57 textos (1698 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:19)
António CastelBranco