Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Pequena.

Do nada que sou
Manterei-me pequeno.
Não quero.
De não querer
Me mantenho.
Minha alma
Quebranta,
Minha incoerente estupidez
Me ilude,
Sou hipócrita,
Mas quem não é?
Dessa resposta se estupefaz  minha alma.
Cobalto
Enviado por Cobalto em 18/07/2006
Código do texto: T196673
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cobalto
Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
39 textos (1943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:53)
Cobalto