Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maria P'ra Sempre

Devo dizer que estou feliz com este Soneto/Acróstico, meu primeiro; gostei da travessura e devo tentá-la novamente em breve. Obrigado àqueles que reservaram um espaço do seu tempo para essa leitura, espero que lhes seja tão agradável quanto o foi para mim.

Maria P’ra Sempre

Mesmo antes de conhecer-te
A tua alma procurei.
Raridade fulgurante,
Inda assim eu te encontrei.

Através de mil desertos,
Por espinhos e sertões.
Resgatei em outros postos
As demais expiações.

Sua alma assim converte,
Entre outras coisas boas;
Meu amor que se reflete

Pela aura que entoas.
Rio enfim, ao me fundir
E em teus braços diluir.
gothmate
Enviado por gothmate em 28/08/2006
Código do texto: T227362

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (por gothmate igni delirium). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gothmate
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
26 textos (1005 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:51)
gothmate