Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Heroí

Caminha entre os destroços da esperança
Seus olhos,reflexo de um sonho perfeito
Quando deixou de ser um sonho e passou à realidade,
                     foi despido da perfeição

Mãos nada pacatas o interpletou,em forma de diferença
                     entre a simplicidade e a ambição.
Tudo estava condenado mas aos olhos não é fácil de se
                     comovido.

Aos seus olhos quis ser fugitivo
Nos seus sonhos quis ser ignorado
Quando foi do teu mundo transportado
Vibrei por ser você um ignoto

Para ele a distância
Será apenas mais um cenho desolado
Neste mundo amanhecido,
É o seu espaço conquistado

Desolada uma face se ergue
Uma vozse junta a outra ao contemplar algo mais
                      que um diamante
Corpos belos se mostram descontentes
Abaixo das árvores
Mostra-se seus ferimentos uns aos outros
Num só instante,num só lugar que é despojado
                       de dentro do escuro
O silêncio tornou-se ofensivo e a comoção
                 muito melhor do que o tempo perdido.


        p.s. seu comentário é bem vindo.Transcrevá-o com sinceridade.
sotnas
Enviado por sotnas em 14/10/2006
Código do texto: T264326
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sotnas
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 31 anos
9 textos (179 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:55)
sotnas