Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A sombra do poema

Ah..meu poema..
Por que andas fugindo
de mim?
Acaso te fiz algum mal?
Ontem ainda eu te vi
correndo,
uma sombra, esquiva,
desconfiada...medrosa...
atravessando a rua
e virando a esquina
Foi no exato momento
em que ouvi
o canto tão conhecido
do "pássaro da vida"
querendo dizer-me
algum fascinante segredo.
E, naquele milésimo de segundo,
a cortina do tempo
dimensão dos sonhos,
descerrou-se ante meus olhos.
Tive saudades do caminho
tantas vezes percorrido,
das imagens carregadas
da mais pura energia.
dos sons amados e,
principalmente,da esperança,
Estrela Maior brilhando
no céu noturno de meus sonhos.

Por uns segundos
te reencontrei,poema...
Embora esquivo,eu te vi...
Ah...que felicidade...
saber que não morreste..
Que não foste embora
nem te perdeste num outro mundo.
que não posso alcançar.
(Como outras sombras
que deste mundo se foram).

Enquanto estiveres por aqui
deixarei propositalmente,
que o mundo me engane.
Fingirei que o dinheiro
rege meu destino...
farei o jogo,como se realmente
acreditassse nele...
E simularei usar as mesmas armas
mesmo que seja para desarmar-me,
no silêncio de meu coração.

(escrito em 2005)
Mareluz
Enviado por Mareluz em 30/10/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T277530
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:05)