Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TESSITURAS CELESTIAIS.

 

(Acróstico).

 

Juro minha menina que existe no teu meigo olhar uma sombra de Clavson.

E, nos teus lábios, um sonho transcendental muito bem realizado. Ó Joesa!

 

 

Oh Menina! Os cachos loucos e pretos dos teus cabelos ainda transitam por mim, eles foram esperança e o esforço em que nos enlaçamos e nos desesperamos numa súbita partida.

 

 

Em meu coração existem desejos de ti que são os mais ternos e puros, os mais ávidos e enternecedores, plenos de saudades.

 

 

Sabidamente esse é o meu destino e, em ti caminham os meus anseios, e os meus anseios continuam tudo em mim naufragou-se em ti.

 

 

Amanhã os anjos entoarão tessituras celestiais para ti. Ouve menina, ouve!  Já que não podes ouvir o meu canto triste.

 

 

Eráclito Alírio

 

 

 

 

Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 27/11/2006
Código do texto: T302645
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 74 anos
889 textos (135301 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:06)
Eráclito Alírio da silveira