Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ADORO O TEU JEITINHO MEIGO

[A]doro o teu jeitinho meigo, menina.
[D]e quem carrega, consigo, sonhos.
[R]ealizáveis. Porém ainda não realizados.
[I]ncontidos, alheios, escondidos!
[A]lados... da cor dos vossos olhos.
[N]avegar, imaginar... não é pecado.
[A]mar... um sonho não pode ser proibido.

[R]ealize, corra atrás!
[I]magine assim: a cena, o que bem quiser. Um
[B]em querer, o te quero bem...
[E]s uma encantadora menina mulher!
[I]nocente – sim eu sei! Porém,
[R]adiante é a tua beleza.
[O]ra, não seria você uma doce princesa?

[D]oce na voz, no olhar... no jeito de ser.
[A]miga que eu quero ter... como amiga.

[S]empre comigo, ao meu lado.
[I]lusão? Pode ser. Não sei.
[L]eio, quando a vejo, algo no teu olhar.
[V]iajo, vagueio, sonho...
[A]h, “Sonhar já é alguma coisa mais que não sonhar!”



Marcos Aurélio Mendes
Enviado por Marcos Aurélio Mendes em 04/09/2007
Código do texto: T638399
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Aurélio Mendes
Jussara - Bahia - Brasil, 52 anos
443 textos (35737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:24)
Marcos Aurélio Mendes