Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS FILHO

Juliano, o primeiro do segundo casamento.
União feliz, amor, experiência.
Livres estávamos; nos conhecemos melhor,
Igual há alguns anos atrás quando mais jovens.
A boa palavra, o compromisso, o beijo,
Novamente cá estou eu, divorciado casado.
O primeiro fruto desse enlace esta chegando.

A sua mãe teve alguns problemas.
Uma pressão alta, inchaço nas pernas.
Grande retenção de liquido, tonteira.
Um período de grande apreensão.
Sempre bem medicada, cercada de carinho e atenção,
Tantas vezes quanto necessário.
O parto gerou grande expectativa.

Mas mesmo num repente, viestes bem.
O médico optou por uma cesariana.
Risos, lágrimas, temos, susto,
Assim vivemos aquele mágico momento.
Isto até me fez pensar em mudar seu nome.
Sim, Julio César, afinal fruto de cesariana, porque não?

Cá entre nós, você esteve alheio a tudo.
O seu olhar reluzente,
Sempre acompanhado de um largo sorriso.
Trouxe-nos o resultado pleno do nosso amor.
Afinal meu filho, em minha vida és o sexto.

ederbrasil
Enviado por ederbrasil em 15/09/2007
Reeditado em 01/01/2009
Código do texto: T654138
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ederbrasil
Betim - Minas Gerais - Brasil, 67 anos
152 textos (15866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 09:55)
ederbrasil