Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SANGRANDO


"SANGRANDO"


As vezes eu sangro.

Não literalmente gotas de sangue.

Eu sangro expurgando os "falsos Profetas" com seus verbetes vulgares e enganosos, cheios de mesquinharias e inverdades, daquilo que nunca há de se cumprir,pois a visão é turva e a mente ôca.

Não sou santo, logo, não vivo de promessas vãs como ja vivi.

Sou um ser que aprendeu valorizar a tudo que possa ser:sentido,palpável,acariciado,tragado,digerido,aceitável e permissivel.

São Tomé???

Não, não me tenhas por esta otica,pois o meu viver é real e foi assim que a vida me ensinou discernir o que os olhos e atos de outrem,tentaram mostrar-me. de forma tortuosa.

Tornei-me livre,

todavia, continuo sangrando.

CARLOS SILVA POETA CANTADOR
Enviado por CARLOS SILVA POETA CANTADOR em 21/09/2007
Reeditado em 01/03/2008
Código do texto: T662067
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS SILVA POETA CANTADOR
Cipó - Bahia - Brasil, 54 anos
173 textos (9086 leituras)
3 áudios (330 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:55)
CARLOS SILVA POETA CANTADOR