Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE CRIANÇA

A gente nasce, cresce, vai sendo “programado” e fica importante e adulto,
M udamos tanto que se formos felizes para a maioria parecemos um insulto,
O rgulhosos, prepotentes, estressados, mal amados, loucos, fúteis e infelizes,
R eprimimos as crianças que vivem seqüestradas e amordaçadas dentro em nós...

D amos muito valor ao supérfluo, ao poder e à matéria, que não valem nada,
E squecendo-nos que as crianças gostam mesmo é de goiabada e de palhaçada...

C antar...
R ir e gargalhar...
I mitar pássaros à voar...
A tirar pedrinhas nas correntezas do rio...
N avegar barquinhos de papel amarrados num fio...
Ç açar pirilampos e iluminar nossos sonhos com perseveranças...
A mar e viver como crianças, pintando nossas estradas com esperanças...

Wilson Madrid
Enviado por Wilson Madrid em 11/10/2007
Código do texto: T689562
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Madrid
São Paulo - São Paulo - Brasil
1891 textos (116371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:58)
Wilson Madrid