Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Plano do Físico Corpo

Com mornos raios luminosos, o Sol já estava por vir, Guerreiro menino, penetra o Espaço ocupado por Ela.
O Corpo estirado no chão,respiração tranquila, serenidade na Alma. Fluidez no ritmo em movimento. Sabia do retorno e preparou-se para o vôo, atenta à lembrança do que ouvira.A Voz...
...A Voz do jovem Arauto ecoava na sua mente em forma de Palavras e acelerava o seu coração em forma de sensação.
A aterrisagem deu-se perfeita; e logo o seu corpo então inanimado, assumia a postura de redator. Perpendicular ao Eixo. Canal de Manifestação. Respirou profundo para sentir-se no presente. A sensação era de quase ausência física...estava fora do ar. No ato reflexo, respirou novamente e com liberada expirada, os seus olhos foram atraídos como Ymã. Uma simbiose de cores que dançava o recolhimento do Rei- astro.
Êxtase, o mergulho ao fundo daquela imagem. A Dança do MAR. Liberdade e Fluidez
Ir e Vir, conter a imagem refletida...No espelho d água, um portal de ligação com a Terra,  levou-a  à concretização; e com ela aprendeu sobre o Eixo construído.
Quando o corpo físico se movimenta junto com el, o eixo, todo um complexo de energia é também movido - A Mônada Sagrada. O eixo é o princípio da Verticalidade e do melhor funcionamento deste complexo. A Forma, caminho percorrido pelo movimento, determina o Alinhamento dos Centros de Força.
O Básico está nos pés, na planta; parte da estrutura de Sustentação do Corpo, que tem como princípio a BASE. Alicerce dos Movimentos, são caros instrumentos de deslocamento, habilitando o  mesmo a movimentar-se com firmeza, verticalidade em andamento.
Terra, elemento da Manifestação.
As pernas, vetores paralelos que sustentam o tronco, estrutura da Criação e dos princípios físicos e ativos que constroe o Eixo - A coluna vertebral.
Responsáveis pela Forma do Movimento assumido em relação ao tempo. Adequação e Paciência. Tempo de Movimento. tempo de Quietude.
Mediadores, os joelhos agem pela Pacimônia, amortecendo e flexibilizando os movimentos de baixo. O direcionamento movido como um todo indica o caminho a seguir. A conduçao forte e flexível resulta na postura adquirida para o caminho escolhido.
Estrutura da criação, o quadril, bacia sagrada, possui a forma de armazenamento criativo. Fogo e Água, Amor e Paixão, Volúpia e Entrega, Vida!
No movimento, um significado oculto intrínseco, que oferece completude e desenvolvimento da Percepção ritmica do físico, bem como sua fluidez. Juntamnete co os pés, executa e marca o tempo dentro da harmonia a ser dançada. Observar o canal como protagonista da própria existência.
Do centro à linha perpendicular à base, constroe-se a coluna vertebral, vivificada pelo Fogo criativo, dirigente do Movimento ondulatório da Criação.

Aquecedor central, guardião da recepção e emissão das energias hominais. No tronco todo movimento é transfigurado na confiança necessária à sua Extensão, unido as partes e centralizando o corpo físico. Fogo na construção da Consciência de quem realmente sabe o que veio fazer aqui, no contrário destrói ainda que uma intenção.
Do Eixo a União do Propósito.

Asas Abertas
O equilíbrio parte do centro, no prolongamento da linha do meio, como seguimento de reta orientado; vêtores.
O movimento do Vôo, vem do coração, ocomando dos braços movimenta a sua intenção. Este direcionamento lhes dá independência e liberdade...e da Respiração e Ritmo dependerá a qualidade do Vôo. Nos cotovelos, mediadores das Asas, movimento reflexional. Da intenção apoio ou defesa.
Nas mãos...continuidade, intenção que concretiza e arremata. Faróis, são canais importantes de doação que tornam o seu movimento encantado.

Quando em pouso, quem determina a postura do corpo diante da vida são os Ombros. Da sua confiança no potencial amoroso, surge a forma postural do movimento,ainda que estático. Da necessidade - Coragem e Moderação.

A ligadura do corpo ao Grande mistério, faz-se através do pescoço, Centro da Expressão e Comunicação;parte da coluna vertebral e base do tronco, carregador da cabeça, sede dos pensamentos. Conjunto de movimentos vibratórios e energéticos. Responsável pela expressão da razão, equilibra-se em parceria com o coração, sede do sentimento.
Torre de controle, voa na expressão da imagem em Ação, e conduz o comportamento personal de cada movimento.

No topo da cabeça, o prolongamento do canal tubular que precisamos erguer para cima. Para cima.Para cima, Para cima. E como única oração, o Vôo.

O conteúdo é o dia a dia, movimento vivo. Não importa o que, como, onde, quando, quanto; a não ser da necessidade de auto perceber-se, e entregar-se ao presente, momentos vividos, desafios, ou improvisos.

O movimento dár-se através do físico corpo.
ora ora...Agir é próprio do Homem.
A manifestação da Beleza e da Verdade deste plano, tem como veículo este corpo. A ação necessita concretização.

Criar requer responsabilidade muita. Olhar a construção, apreciá-la, reconhecer o que é modificável, e aprender. A experiência de cada instante  é reflexo da Alma no espelho da Diva Vida, Palco da Criação Existencial.

A Criação é própria dos Deuses!
Respirar, alimentar-se, crescer sentindo, Desenvolver, aprender, amadurecer sentidos, Sentir, Perceber, Conceber ações, Movimentar-se...
Parar, respirar, Confiar, Entregar-se...
Dançar, seguir
Aonde a Luz está?
Experimentar, sentir e vir...
Abra os Olhos! Faróis/Foco dramático. Entre os olhos, a visão do Falcão. Amplitude e reflexo - o mensageiro dos ares.Imprimem e refletem a luz própria. Saída de águas habitadas no Ser. Luz refletida de essência.

Gostar, afastar, trazer, amar
Inspirar Viver
Aonde a luz está?
Recomeçar, liberar, expirar ar
Expressar o Ser.Viver.
Drica
Enviado por Drica em 20/01/2006
Reeditado em 20/01/2006
Código do texto: T101637
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Drica
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
14 textos (761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:33)
Drica