Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobre sexualidade, sobre orientação sexual

   Os jovens e os adolescentes de hoje têm mais conflitos acerca de sua orientação sexual e do que possa ser sua sexualidade do que os de ontem. Pesquisas científicas atuais (realizadas nos Estados Unidos, em muitos países europeus e de considerável atuação no Brasil) nos mostram que, há 15 anos, o homem tinha conflitos quanto sua orientação sexual aos 14 anos de idade, e a mulher tinha-os aos 17. Hoje, de 2002 a 2005, descobriu-se que o homem questiona-se sexualmente aos 10 e a mulher aos 13 anos.

   Quando digo “questiona-se sexualmente” refiro-me, obviamente, à especulação das atrações física e psicológica às pessoas do mesmo sexo. E não me prenderei apenas ao público jovem e adolescente da questão, porque há, sim, adultos que só depois de muito tempo percebem sua orientação sexual — mas deixarei tais assuntos para futuros textos meus.

   Não é mais novidade que discussões sobre heterossexualidade, homossexualidade e bissexualidade são feitas em todos os cantos hoje. E graças a essas abertas (muitas até proibidas e censuradas) conversas grupal-comunais podemos observar que as disparidades sexuais estão sendo mais bem-vistas e aceitas a quem as tem presentes em sua vida.

   Os que têm sua orientação sexual voltada para pessoas do mesmo sexo ou para pessoas de ambos os sexos conseguem ver a diferença do que era tratar de tal assunto antes, e o que é tratar de tal assunto agora. É evidente que ainda existe uma discriminação desumana e irracional que parte da maioria dita “normal” para a minoria considerada “anormal”, mas isso vem sendo superado com o lento passar do tempo, já que a humanidade, em teoria, precisa evoluir e separar-se do que é arcaico.

   É realmente bom ver que essa evolução e essa separação, aos poucos, estão trazendo resultados bons, ou, pelo menos, passáveis às sociedades em geral. Porque é necessário que haja respeito para com os que estão ao redor. É preciso parar de pensar somente em si de forma antiquada e ultrapassada; é preciso olhar para todos os lados e ver que, felizmente, ninguém é igual e este é o único motivo de o mundo ser magnificamente grande e complexo.

   Com os demais textos de minha autoria e minha publicação aqui no Recantodasletras.com, estarei falando dos muitos temas e dos seus subtemas relacionados à sexualidade, à orientação sexual e aos aspectos psicológicos do homem em si. Se você, meu caro leitor ou minha cara leitora, quiser propor um tema para feitura de textos ou quiser falar qualquer coisa sobre, mande-me um comentário a respeito.
Sézar
Enviado por Sézar em 05/02/2006
Reeditado em 05/02/2006
Código do texto: T108353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sézar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
5 textos (614 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:41)