Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOCÊ TEM MEDO DO AMOR?

Nós podemos viver através de dois pontos de vista. Um deles é o amor, que é unidade, entrega, confiança, sentimento de união e gratidão pelo que a vida dá agora. E o outro é medo, que é dualidade, afastamento, falta de fé, sentimento de separação e queixas sobre o que a vida é agora.
A sabedoria sempre te convida a confiar. A mente sempre te incita a duvidar. E esse conflito entre a mente e o coração é o caroço do problema chamado sofrer.
Viver através do medo lhe dá uma sensação de existir em separado de toda a vida. O medo da morte, o medo de perder, o medo da solidão. Mas como você pode sentir medo quando está totalmente aberto ? Como pode sentir medo se tem muitos amigos, se ama de verdade as coisas do céu e da terra, se permite errar para aprender, se vê que a mudança é parte do plano divino e que somos instrumentos da VIDA. Nós não estamos vivendo a vida, é a VIDA que está vivendo nós. Não somos seres humanos tendo experiências espirituais. Somos espírito, energia, tendo experiências humanas. Deus está experimentando a humanidade, a matéria. E é exatamente o que Ele quer.
Mas lembre-se: Não há um Deus separado da vida. Não há um Deus separado de sua alma. A voz do coração é a voz de Deus no mundo. Sua voz é a voz divina em ação na matéria. Porque separar a espiritualidade da materialidade ? Ganhamos apenas guerras com isso. Não é possível ver que somos seres ao mesmo tempo materiais e espirituais ? E que foi desta maneira que Deus elaborou o seu plano de ESTAR CONSCIENTE na matéria, na terceira dimensão onde vivemos ?
A maioria das pessoas sente-se só porque não tem coragem de olhar para sua própria liberdade. A liberdade do espírito é tão imensa, sua criatividade é tão esplendorosa, que o ser humano tem medo de olhar para isso.
Quando as pessoas ficam quietas, silenciosas, quando não há nada para fazer, elas tem de criar alguma coisa para OCUPAR o tempo. Parece haver um constante vazio sempre à espreita. Um vazio que persegue a todos. Quando o indivíduo se depara com este vazio, ele tem o ímpeto natural de fugir dele.
Mas é neste vazio que mora a força divina do espírito!
Se tudo veio do nada, Deus poderia ser apelidado de Nada. Um Nada Cósmico!
Todo o universo, todos os seres, animais, minerais, tudo, veio do Nada.
Este Nada é a Fonte de tudo que há. Este nada é o grande mistério da vida. Logo, quando o ser humano se depara com o nada que está dentro ele, há um medo natural. Mas todos os medos, todos, sem exceção, PASMEM, é o MEDO DO AMOR! Nós pensamos que temos medo da solidão. Mas nós temos medo é do AMOR, porque o amor destruirá nossas ilusões de ego, e demolirá nossas opiniões sobre a vida, nos deixando de boca aberta diante do mistério. Quando uma pessoa busca um terapeuta, ela está dizendo que está vivendo do medo, e não da liberdade. Amor é liberdade, união, completa sabedoria de que estamos todos interligados na corrente da vida e nada nos faltará e tudo está certo. Existe uma lei: “Aquilo que temes é o que atrairás”.
Medo do amor significa medo do desconhecido, medo da liberdade, medo de sermos nós mesmos. Medo de se expor como se é, medo da opinião dos outros, medo de não suprir as expectativas alheias.
A meditação te convida a entrar no medo do vazio e descobrir que neste vazio habita a maior energia que você poderia imaginar: o Amor. É exatamente o seu medo que guarda o seu tesouro. E o medo é a crença errada de que você não tem o que precisa para ser feliz. O medo é a separação. A vida é una. O medo separa você da vida, então você acha que buscando  algo fora de você vai se completar. Mas você já está completo! Apenas tem de ser autêntico, verdadeiro consigo. Seu coração está pedindo certas coisas e sua mente está barrando esta liberdade. Quem está te barrando de fazer qualquer coisa ??? Você mesmo!!!
Aproveite para ficar mais em silêncio, junto à natureza, no seu quarto, caminhando, e dê mais atenção à vida. Quando estamos muito focados nos NOSSOS problemas esquecemos do que está em volta de nós. Respire, abrace um amigo, aprenda a curtir o silêncio interior, dance, faça amor,  receba um reiki, uma massagem, tome menos remédios, faça exercícios físicos, yoga, leia mais, faça caminhadas, viagens, cuide de sua alimentação, busque os mestres, faça amizade com os desejos loucos do seu coração. E não deixe sua mente impedir que a Vida te dê presentes.  Sócrates, o sábio grego, dizia: “Conhece-te a ti mesmo, e basta.” Jesus, um outro sábio, disse: “Conhece primeiro o reino de Deus dentro de você e todo o resto te acontecerá”.
Swami Sambodh Naseeb
Enviado por Swami Sambodh Naseeb em 15/05/2005
Código do texto: T17140
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Swami Sambodh Naseeb
Santa Cruz do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 47 anos
18 textos (15692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:35)
Swami Sambodh Naseeb