CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Depressão - doença da alma

Depressão (doença da alma)
Depressão é um estado de vibração negativa da mente humana, e, entramos nesta faixa vibratória por alguns motivos:

• Apego material
• Não aceitação de nossa situação em relação a tudo e a todos
• Ansiedade
• Inconformismo
• Descrença
• Desamor
• Rancor, estado de não perdão, desânimo, baixa-estima...

Estes sentimentos negativos são alimentos para o nosso “orgulho”. Estas emoções desconexas acabam por massacrar e adoecer o “eu espírito” que, consequentemente, passa para o físico. Esses transtornos nos visitam primeiramente no campo energético de acordo com nossos pensamentos e vibrações, e, se não nos tratarmos devidamente de dentro para fora, ou seja- em espírito- atingem o nosso corpo material.


Diante disto, passamos a buscar a cura para tais anomalias e nos deparamos com a medicina alopática tradicional, com o uso de medicamentos fortíssimos impactando em nosso cérebro.


Nestes casos, a medicina lida somente com o cérebro do ser, o desequilíbrio dos neurotransmissores, e - que através das medicações alopáticas - consegue a cura do físico. Mas esta cura é momentânea, pois é o efeito que está sendo tratado e não a causa que é a raiz geradora de todos os transtornos. Longe de maldizermos a medicina tradicional, muito pelo contrário, precisamos ainda muito dela porque nos traz muitos lenitivos necessários para a condição de baixa evolução atual do ser humano. Entretanto, perde-se em utilização dos medicamentos que atuam somente na cura do órgão, do físico, não vendo o paciente como um ser integral, em que o corpo físico somente responde aos desajustes do espírito.


É necessário observarmos a atuação do mundo invisível. Ou seja, há espíritos que querem nos atrapalhar, porém existem muito mais os que querem nos ajudar, como os nossos protetores espirituais, no entanto, estes dependem de nossas vibrações positivas para nos amparar:

• Pensamentos positivos
• Alegria de viver
• Caridade e amor ao próximo
• Calma, equilíbrio, fé...
• Enfim, Sabedoria espiritual para entender todas as conexões da vida e seus porquês.
Nós tendemos a cair por conta da nossa personalidade congênita, ou seja, a nossa real personalidade, nascemos com ela, faz parte do eu, do nosso passado, que quando não bem resolvido causa estragos em nosso emocional e espiritual. Necessitamos evoluir espiritualmente porque quando evoluímos deixamos estes desajustes de personalidade para trás galgando outros valores, consequentemente, passamos a vibrar melhor, com bons pensamentos, nossa energia melhora e as doenças começam a desaparecer. Mas só conseguimos entrar neste estágio e sintonia quando buscamos a cura da causa na raiz: no espírito.
A cura para tal desequilíbrio esta em nossas mãos, somente se concretiza de dentro para fora e quem tem a chave somos nós mesmos.
Geralmente começamos cair em depressão porque morreu um ente querido, perdemos o emprego, fomos traídos, somos mal amados, não temos o que precisamos, enfim, seja a situação qual for, não importa, o que devemos fazer é sair destas ondas de negatividades e buscar a melhora de nossas energias com pensamentos condizentes com a sabedoria espiritual. Podemos sim ficar um pouco tristes dependendo da situação, mas, entendendo que devemos começar a levantar, caso contrário começamos a cair em uma ascendente ficando cada vez mais difícil levantarmos. Entendendo que tudo o que nos acontece tem um porquê de ser, pois traz aprendizados necessários a cada um de nós. Quando aceitamos nossos problemas e lutamos pela nossa melhora, o aprendizado adquirido é infinitamente maior, pois, passamos a outros estágios melhores mudando nossas vibrações, sentimentos... e é somente desta forma que o espírito consegue adquirir o aprendizado interior: A Evolução.
Portanto, a depressão quando nos abraça é porque foi atraída por nós mesmos, ainda que inconscientemente. Nós nos colocamos na posição de coitados, e o pior, jogamos um caminhão de culpas em ombros alheios que não os nossos.

Antidepressivos somente nos ajudam a melhorar por um determinado tempo, porém, após um período deixa de fazer o efeito desejável, passando a exigir medicação mais forte e assim sucessivamente. Estes antidepressivos aumentam a serotonina, (quando estamos tristes e depressivos a serotonina abaixa) e o ser obtém a melhora. Mas, volta à estaca zero com o passar do tempo quando da parada ou exaustão da medicação. Assim acontece com todos os casos que sua origem é espiritual, ou seja, a grande maioria das doenças, seja depressão, esquizofrenia, pânico e qualquer outra doença, foi gerada por nós. Pesar, tristeza, raiva, vingança... são sentimentos que foram formados por não ter havido perdão. Perdoar, aceitar, amar: estes atuam como depuradores de nossas energias negativas incrustadas em nosso espírito, dissolvem os ressentimentos e nos trazem o bem estar, a saúde, a felicidade de corpo e alma.
É necessário olharmos o ser por completo, como ser integral. A medicina só vai até o físico, sendo assim não consegue encontrar a causa da doença, somente o efeito deixando a causa latente até a próxima investida, e é possível que nos acompanhe por outras vidas até que consigamos extirpá-las do nosso eu interior.
Tudo o que recebemos é o retorno do que damos, nos colocarmos na posição de coitados é extremamente errado, se estamos passando por algo é porque assim deve ser perante a justiça Divina visando à concretização da divida e obviamente do aprendizado.
Deixemos a alegria fazer parte de nossos corações, olhar para nossa vida positivamente, crescer interiormente, ter fé, ser compreensivos, amorosos, colocando-nos no lugar do outro, promovendo a inteligência espiritual que a tudo explica, consola e faz evoluir.
É importante levantarmos nossa autoestima, nossa vontade de viver, de amar, de respeitar, de ajudar... Não devemos nos ver somente como um ser físico, somos um ser completo com corpo e alma.
Hoje temos a medicina alternativa, holística, complementar- não importa o nome- o importante é que é a que realmente cura a alma por atuar de dentro para fora. A homeopatia, yoga, acupuntura, florais, fitoterapia, regressão, arte terapia, reik, tratamentos espirituais... Estas sim são terapias que vão até a causa e conseguem mudar o ser, sua vibração, seus pensamentos, sintonias, dando-lhe a oportunidade da cura interior, de ser feliz e evoluir em uma ascendente.
Não estamos falando somente dos transtornos de depressão, estas tratativas é para todo e qualquer tipo de doenças, pois, todas tiveram seu início primeiramente no espírito. Todo e qualquer desequilíbrio físico, mental ou espiritual, deve ser visto como uma doença de alma, de espírito, pois, somente assim conseguiremos nos curar e ser felizes. E mesmo as doenças congênitas que são débitos compulsórios do passado também terão seu lenitivo.

Leontina Rita Acorinti Trentin
www.institutoatlantida.com.br
Leontina
Enviado por Leontina em 14/10/2009
Código do texto: T1865779

Comentários

Sobre a autora
Leontina
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 49 anos
32 textos (956 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/07/14 21:55)