Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Inverno e a renovação necessária

Na Grécia Antiga, entre os primeiros filósofos que tentaram explicar os mistérios do Universo, Heráclito dizia que tudo muda em um constante devir, nada permanece.

Mesmo quem não é filófoso sabe que o tempo passa e as estações do ano vão e vêm. Primavera, verão e outono passaram e está chegando novamente o inverno. Outro inverno, pois, como dizia Heráclito, não entramos duas vezes no mesmo rio.

Muitas analogias são feitas entre as estações do ano e a vida humana. A primavera é fértil como a juventude. O verão é vigoroso como a mocidade. O outono é a fase mais madura, não somos jovens, mas ainda não somos idosos. Quando o vigor acaba, chega o inverno.

A natureza se renova. No ciclo das estações, depois do inverno, tudo floresce e recomeça com a primavera. Se a analogia é verdadeira, também não morremos. Como a natureza descansa no inverno dos rigores das estações, também é necessário para nós o descanso que conhecemos como a morte do corpo físico. Depois do inverno, renascemos na primavera da vida, revigorados em um novo corpo.

(...)



Leia a continuação do texto e um poema para o inverno, na coluna Mito em Contexto, em Blocos online:

www.blocosonline.com.br/literatura/prosa/colunistas/sfirmino/sfindex.php
Solange Firmino
Enviado por Solange Firmino em 09/07/2006
Reeditado em 06/11/2006
Código do texto: T190870
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Solange Firmino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
194 textos (59183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:41)
Solange Firmino