Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GURUPI CHORA A MORTE DE ADÃO FERREIRA

Ele faleceu discretamente, tranqüilo, conversando com a esposa Helvânia Dias Ferreira, em Goiânia, no sábado, dia 1º de julho. A gravidade da enfermidade que abateu o corpo de Adão Ferreira, e a rapidez com que se alastrou, reduziu-lhe o sofrimento, não raras vezes prolongado e tão comum neste tipo de enfermidade. Segundo o laudo médido foram várias as causas da morte.

Adão Ferreira faz parte de uma família de pioneiros em gurupi. Nasceu na cidade de Dracena, em São Paulo, no dia 9 de julho de 1947 e chegou ao antigo norte de Goiás quando ainda era criança.

Com pendor para a arte e a política Adão Ferreira fez nome nos anos 70 como compositor e, em parceria com seu irmão Milton Ferré, também falecido, participou vitorioso de vários festivais de música na região. Recentemente, suas contribuições na área musical foram o hino à Gurupi, composto com Adonis Delano e Milton Ferré; hino a Formoso do Araguaia e o hino ao Gurupi Esporte Clube.

Sempre com espírito classista, integrou vários movimentos ligados à arte. Era membro da Academia Gurupiense de Letras, sendo um de seus fundadores; vice-presidente da Associação de Artes de Gurupi; e atual presidente da Associação dos Músicos de Gurupi e Região.

Formou-se em Direito pela Unirg, sendo integrante da primeira turma da Faculdade. Nesta época, já na condição de político, foi fundamental na luta pela implantação do curso superior em Gurupi. Como advogado, preferiu sempre representar os mais humildes e entidades assistenciais ou de moradores.

 No esporte, participou da fundação da Liga Esportiva Tocantins-Araguaia - LETA e estava junto na luta pela construção do ginásio de esportes Idanizeth de Paula.
Ingressou na vida pública como vereador, função que exerceu por 12 anos. Com a morte prematura do prefeito Jacinto Nunes, em 1988, na condição de presidente da Câmara, assumiu a prefeitura por 3 meses.

Na Câmara, ajudou na implantação do Parque Agroindustrial de Gurupi, do Aeroporto Regional e do Hospital Materno. Foi presidente do diretório municipal do PMDB (2002/2003).
Tentou se eleger para o Legislativo em vários mandatos seguintes, ficando sempre entre os mais votados. Homem de conduta  simples, Adão é considerado um exemplo de político de caráter e honestidade por todos os que tiveram a oportunidade de conviver com ele.

O LIVRO
Amante da literatura, Adão Ferreira deixou como legado o livro “Acordei para a vida”, onde aborda sua luta contra o álcool, do qual foi dependente por muitos anos. O livro está sendo editado e será lançado nos próximos meses. Adão Ferreira deixou esposa e os filhos Patricia, Evaristo e Rafaella.

Zacarias Martins
Enviado por Zacarias Martins em 10/07/2006
Código do texto: T191102
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zacarias Martins
Gurupi - Tocantins - Brasil, 59 anos
139 textos (25657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:12)
Zacarias Martins