Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divagando

  Aposentada... inativa...engraçado como certas palavras tendem a se tornar pejorativas(no bom sentido,é claro).Herança de uma época em que aposentadoria significava o fim de uma vida útil, em que pessoas cuidavam apenas de seus netos e ficavam tomando sol nas praças,jogando conversa fora.
Interessante notar que, apesar dos progressos tecnológicos, das transformações no modus vivendi,  encontramos ainda restrições em relação ao termo aposentada.
Estou vivenciando esta  fase , que para mim, significa busca....  busca  de novos desafios,de superação; afinal, a mente é ágil, mas o corpo segue seu ritmo normal,seguindo os passos pré-estabelecidos pelo tempo
Para uma work a holic como eu, que passou por várias etapas  de alfabetizadora professora de ensino fundamental e supletivo supervisora e coordenadora pedagógica,diretora auxiliar e integrante da equipe técnica do Núcleo Regional de Educação,responder aos porquês da minha decisão é fácil. Atuei durante algum tempo em Faxinal do Céu na Monitoria Pedagógica bem como na equipe de coordenação de eventos junto a Chefia de Gabinete da Secretaria de Estado  da  Educação , era desgastante mas compensador o trabalho árduo:ficávamos,na maioria das vezes,a noite inteira organizando os eventos culturais  e a satisfação em ver o resultado era gratificante.
E assim foi durante toda minha vida profissional, novas metodologias ,tendências pedagógicas,cheia de acertos e erros, como está  sendo agora  - mesmo no final de carreira ,pois a aprendizagem continua ao longo da vida.Felizes somos nós, pela capacidade de enfrentar barreiras visando aprimorar nosso espírito como o conhecimento historicamente acumulado
Final de uma  fase...início de outra, mais livre . E essa é uma mensagem para muitos que encerram uma  etapa de vida profissional e permanecem presos ao círculo vicioso  da rotina. Muitas vezes deixamos de aproveitar momentos prazerosos de uma boa leitura, privamo-nos das companhias que nos fazem bem, de  conhecer novos horizontes por falta de tempo, da necessidade de  cumprir compromissos e obrigações mas  é maravilhosa a sensação de poder realizar  o que não se conseguiu  durante o decorrer da vida.
Fala-se tanto em   solidariedade , critica-se  a ausência de valores , o descaso das autoridades mas, será que cumprimos o nosso papel como cidadão pertencente a uma classe favorecida culturalmente?
Falhamos porque pertencemos a elos que se entrelaçam e se fortalecem ou não ;se um deles falha,todo resto se compromete.E , independente do fato de ser ou estar inativa. de pertencer a essa ou aquela profissão , temos a obrigação de esclarecer, de  tentar melhorar a sociedade em que vivemos, de aproveitar as oportunidades de crescimento e inovação.....Aposentada  sim... inativa não....
Divagando, mas sempre buscando o melhor.....

Lahaina
Enviado por Lahaina em 02/08/2006
Reeditado em 14/06/2015
Código do texto: T207427
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lahaina
Curitiba - Paraná - Brasil
1141 textos (39672 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:37)
Lahaina

Site do Escritor