Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palestra com Richard Simonetti

O escritor paulista Ricahrd Simonitti, de 71 anos, esteve em Angra dos Reis-RJ, onde proferiu palestras com base na doutrina espírita. Ele se apresentou no teatro Teófilo Massad, na sexta-feira, dia 18, e sábado, dia 19, e no domingo, dia 20, esteve no auditório da FEBEME, no bairro Perequê.
Com o título de Pinga Fogo, as palestras foram realizadas a partir de perguntas do público sobre questões filosóficas envolvendo a vida em geral.
Preocupados com a violência no mundo Richard declarou aos ouvintes que as violências vividas hoje são devido a um maior número de habitantes no planeta e consequentemente isso trás um maior número de atribulações. Acrescentando o fato de que o desenvolvimento dos meios de comunicação nos coloca rapidamente a par de tudo o que acontece em lugares longinquos. "Hoje não é pior para se viver do que antigamente, prova disso é que a espécie humana tem maior espectativa de vida do que há 50 anos", afirmou.
Um dos temas mais discutidos foi com relação à morte. O escritor coloca a visão da morte apresentada pela igreja católica como uma fantasia teológica que não satisfaz aos estudantes do espiritismo. Richard Simonetti destaca que a gente morre como a gente vive. Ou seja, quando questionado se devemos temer uma morte violenta, ele disse que não precisamos temê-la se durante a vida vivemos com base em conceitos positivos de relacionamento. "Não importa como você morre, importa é como você vive. Devemos fazer amigos para a vida eterna", declarou. De acordo com a religão espírita que professa, o escritor acredita que a morte não deve ser encarada como castigo, apenas um retorno à vida espiritual. "Às vezes é um processo de libertação para o espírito, se você entende isso perde o medo da morte", destacou.
Outro tema discutido durante a palestra foi sobre o terrorismo que assola o mundo atual. Para Richard trata-se de uma infantilidade humana. "Os homens bomba comentem duas atrocidades: uma contra ele mesmo e outra contra os atingidos", afirmou.
Um tema também polêmico apresentado foi com relação ao aborto. "São processos cármicos quando espontâneos, dependentes da condição do espírito para reajuste do perispírito.
Quanto aos métodos anticoncepcionais, Richard é da opinião que cada casal tem o direito de fazer seu planejamento familiar. Mas que não podemos nos furtar de assumir responsabilidades quando o filho já foi gerado.
Finalizando Richard Simonetti incentiva a todos que caminhem para Cristo com a prática da solidariedade e caridade. E que diante de situações difíceis tanto em relacionamento quanto em outras questões de nossa vida, sejamos nós o elemento facilitador, reagindo de foram positiva a tudo que nos acontece, tendo em vista que tudo é aprendizado e crescimento pessoal.
Sam
Enviado por Sam em 21/08/2006
Código do texto: T221734
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sam
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
212 textos (20696 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:09)