Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Livre em meio ao sofrimento

Livre em meio ao sofrimento

Porque sofremos? Essa é uma pergunta que todo ser humano faz!
Sou uma boa pessoa, sou cristão, tenho ética, vivo uma vida de piedade, mas porque tanta luta, tanta dificuldade!
Às vezes vem tanta dificuldade que nos sentimos os piores elementos do mundo, como que se fossemos, predestinados a desgraça total, é como o inferno tivesse a sua previa logo aqui já nessa terra.
Às vezes nos sentimos como João Batista, uma voz que clama no deserto, ou seja, somos vozes que falam para uma imensidão que não nos entende, e não nos compreende, e depois, vem àquela pergunta pra que tudo isso? Onde vou chegar se é que vou agüentar chegar em algum lugar.

Acredito que Deus como nosso Pai Bendito, permite que passemos por experiências negativas para que, nos tornemos apto para toda a boa obra aqui na terra.
O fato real é que, se somos seres em busca da verdade suprema que é Deus, que o desejamos e o queremos de todo o nosso coração, isso, vai trazer pra nós uma série de contrariedades, e se não formos fieis a ele, e a nós, e aos nossos princípios de vida, corremos o risco de ficarmos perdidos no deserto da vida.
Mas no deserto que encontramos petróleo, uma riqueza enterrada que faz o mundo se mover, e nas contrariedades climáticas do deserto do calor ao dia e a queda de temperatura a noite que vai moldar em nós um caráter firme capaz de suportar as contrariedades!

Se sofrermos oposição é sinal que estamos em um caminho diferente de muitos, isso é bom, porque andamos segundo o senso critico, somos ignorantes em busca de verdades e a nossa ignorância nos consome dia a dia, e nos leva, a querer, a desejar o mundo do conhecimento, já que os do senso comum os donos da “verdade” sempre andam a favor da correnteza ao lado do sistema porque não querem sofrer oposições e nem tomar uma posição contrária a tudo que o mundo faz de errado.

Vale mais a paz em nossa consciência do que dobrar os joelhos diante de tantas desumanidades vale mais andar sozinho do que ser rodeado de hipócritas que fazem da vida um teatro,vale mais o sofrimento de nossa alma, do que a liberdade dela em meio ao senso comum, e como o reformador Lutero disse e faço das palavras dele o alicerce da minha consciência e razão:“A paz se possível mas a verdade a qualquer preço.”


Reflexão filosófica sobre a busca da verdade, e depois do seu encontro a nossa responsabilidade em levá-la a outras pessoas!
Inspirado no Mito da caverna do Livro a Republica de Platão

William Daniel
Jaboticabal 09 de Maio 2006
COMUNIDADE SEMENTES FILOSÓFICAS - ORKUT
Sementes Filosóficas
Enviado por Sementes Filosóficas em 21/08/2006
Reeditado em 21/08/2006
Código do texto: T221924
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sementes Filosóficas
Jaboticabal - São Paulo - Brasil, 41 anos
3 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:12)
Sementes Filosóficas