Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coimbra: A Imprensa



O PRIMEIRO DE JANEIRO - 10/09/2006


Poetas queixam-se da falta de apoios


Vinte poetas portugueses queixaram-se da falta de apoios à poesia e dos hábitos de leitura no País, durante o I Encontro de Autores Residentes em Portugal, realizado ontem em Coimbra.
“Ninguém apoia a poesia e as editoras só editam quando sabem que uma obra dá lucro. Esperamos que saia daqui uma ideia para que possa haver mais publicações”, afirmou à Agência Lusa Miguel Silva, da organização.
Este encontro reúne poetas de variadas profissões, que se conheceram através do site brasileiro Recanto das Letras, onde publicam e comentam poemas.
Quase todos os participantes já editaram livros a expensas próprias, embora Miguel Silva considere que se publica pouca poesia em Portugal, uma área que, na sua opinião, “é pouco apoiada”. “Os portugueses já gostam pouco ler, muito menos poesia”, frisou, criticando a falta de hábitos de leitura dos portugueses.
Segundo Miguel Silva, o encontro permitiu que os autores se conheçam e troquem experiências entre si, “dando a conhecer o que cada um escreve e discutindo problemas comuns a todos”.

-----------------------------

De Norte a Saul
Neste I Encontro de Autores Residentes em Portugal participaram poetas de Norte a Sul do País (excepto do Algarve), cuja média de idades rondou os 40 anos. A iniciativa, que se pretende anual, começou de manhã no Parque Dr. Manuel Braga com a apresentação individual de
cada poeta, continuando com
um almoço convívio e declamação de poemas.









JORNAL DE NOTÌCIAS - 10/09/2006





Poetas queixam-sede falta de apoios


Vinte poetas portugueses queixaram-se da falta de apoios à poesia e dos hábitos de leitura no nosso país. Foi durante o primeiro Encontro de Autores Residentes em Portugal, que ontem decorreu em Coimbra. "Ninguém apoia a poesia e as editoras só editam quando sabem que uma obra dá lucro. Esperamos que saia daqui uma ideia para que possa haver mais publicações", afirmou, à agência Lusa, Miguel Silva, da organização da iniciativa.

O encontro reuniu poetas de variadas profissões, que se conheceram através do "site" brasileiro "Recanto das letras", em que publicam e comentam poemas. Quase todos os participantes já editaram livros a expensas próprias, embora Miguel Silva considere que se publica pouca poesia em Portugal, área que diz ser "pouco apoiada". "Os portugueses já gostam pouco de ler, muito menos poesia", frisou, criticando a falta de hábitos de leitura dos portugueses.



Agradecemos a Agência Lusa a distribuição nos principais jornais de Portugal, é divulgando nossos gritos de alerta, que um dia romperemos barreiras
Malubarni
Enviado por Malubarni em 11/09/2006
Código do texto: T237392

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118358 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:21)
Malubarni