CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Mal-entendido ou mau entendido?

Realmente há um enorme sofrimento quando enfrentamos mal-entendidos em nossa vida!
Há casos cuja interpretação do que queríamos passar nos torna, aos olhos daqueles que recebem nossos recados, um mau entendido.
No primeiro caso citado, de acordo com a definição que temos em nossa língua portuguesa:
mal-entendido (mal-en-ten-di-do)
s. m.
Palavra, ação mal interpretada ou mal compreendida; desentendimento; equívoco.
Há um pagamento, uma pena, uma sanção impetrada sobre alguém apenas por haver uma inferência errônea, com interpretação equivocada do teor daquilo que se queria realmente passar.
Quando nos 'atrevemos' em adentrar por assuntos em campos de conhecimento sobre os quais não possuímos razoável domínio, tecendo comentários, externando nossas opiniões... faz-se comum e é pertinente sermos penalizados por esta 'ousadia'!
No entanto, quando há uma penalização devido ao fato daqueles que tomam conhecimento de nossa mensagem não a compreender em toda a profundidade, inferindo que queríamos dizer o que, na verdade não tínhamos a menor intenção de dizer ou, 'assumindo' que estávamos externando opiniões ou comentários acerca de fatos, pessoas, situações, desenlaces, etc... 'a coisa' magoa de uma forma que transcende qualquer nível de aceitação humana!
Nosso sentimento nessas ocasiões é que nos tornamos 'literalmente' um fora da lei, e assumimos que na realidade, o mal-entendido tornou-se um mau entendido, sendo que representa o mau aquele  autor da mensagem mal interpretada e o 'entendido', pura e simplesmente que houve um entendimento do que o mau quis transmitir...
Portanto, para aqueles que acreditam que é muito fácil conceber-se um tema e levá-lo à leitura e ao entendimento de dezenas, centenas, milhares e, até mesmo, milhões de ávidos postulantes a críticos de plantão, fica a sugestão para que tentem abordar qualquer assunto, por mais elementar que seja e que, após elaborar um texto, o coloquem 'em uma vitrine', para sua devida apreciação...                    
HICS
Enviado por HICS em 24/07/2010
Código do texto: T2397367
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
HICS
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil, 67 anos
405 textos (146668 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/14 11:34)