Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O jornalismo regional e o exemplo deixado pelo Dr. Roberto Marinho.

Para quem redigiu apenas administrativamente durante alguns anos em empresa estatal e sem qualquer experiência jornalística, apesar de ter tido como mestre um competentíssimo companheiro, já aposentado, fazer parte desde 1996 do quadro de escritores experientes e sobejamente conhecidos nesta região serrana, é realmente motivo de orgulho e alegria. O fator responsabilidade, no entanto, torna-se preocupante em razão da necessidade de se executar trabalhos onde a ética, a imparcialidade e a dignidade de bem informar devem estar sempre presentes.
O Brasil perdeu um dos maiores jornalistas de toda a sua história, o Dr.ROBERTO MARINHO, presidente das Organizações Globo, um grande incentivador da cultura no País e um ferrenho defensor dos princípios democráticos, que sempre atuou  com humildade e prezou os valores humanos.
Numas de suas entrevistas em 1992, após ter sido indagado sobre o que faz um grande jornalista, declarou:
 - "Escrever com clareza de exposição, economia de palavras. Mas, principalmente, apego aos fatos, honestidade e um forte sentimento ético".
Evidentemente que nós, escritores da mídia interiorana, devemos seguir o magnífico exemplo do Dr.Roberto Marinho, redigindo as matérias jornalísticas, abstendo-nos do clima de revanchismo que paira sobre o enfocado, deixando latente tratar-se de problema pessoal, atentando também para o fato de que somente deverão ser utilizadas terminologias que condizem com o respeito ao leitor e a preservação da integridade moral do criticado.
Demarcy de Freitas Lobato
Enviado por Demarcy de Freitas Lobato em 14/09/2006
Reeditado em 05/05/2007
Código do texto: T240505
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demarcy de Freitas Lobato
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil, 75 anos
367 textos (105468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:53)
Demarcy de Freitas Lobato