Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Qual o motivo daquela vida valer mais que esta?

Estava lendo um jornal de grande circulação e não pude deixar de notar como a sociedade_ poderia culpar a mídia, mas ela reflete o que a sociedade é _ consegue ser tão hipócrita no que tange a vida humana.

A pequena nota falava sobre a morte por bala perdida de um jovem de origem popular, no entanto, durante a leitura pude notar a pouca importância que se deu ao fato. A nota ainda dizia que isto já se tornou tão comum que as pessoas já estariam ficando acostumadas com coisas assim. Lamentável colocação.

Deveria lembrar a este trombeteiro do apocalipse que as pessoas não se acostumam a coisas ruins e não é porque se trata de classes populares que se pode tratar um assunto com este com todo este desdém. Gostaria de lembrar este caro repórter, que lógico deve estar escrevendo seu próximo trabalho na segurança de seu lar dentro de um luxuoso condomínio, que ele mesmo ficou estarrecido e por que não dizer triste, quando há pouco tempo atrás aqueles cinco jovens de classe abastada morreram num acidente de carro após saírem alcoolizados de uma boate chique. Lembrar que este mesmo produtor de opiniões trabalhou arduamente em campanhas para que os “jovens do Brasil” ao saírem das faculdades pudessem beber moderadamente ou que saíssem em grupos onde um não bebesse e este pudesse dirigir o BMW do papai para levar o “futuro do país” em segurança para casa. Serei mais amigo deste jornalista fazendo-o recordar que os filhos da classe abastada merecem grandes páginas e manchetes nos jornais de grande circulação e nos telejornais enquanto que os jovens das comunidades populares quando muito são citados em notas quase escondidas da parte policial, aliás, parece que só esqueceram um pouco deste assunto devido ao acidente com o avião da GOL. Este esforçado trabalhador _ deve fazer muito esforço para pensar _ não percebeu que o jovem pobre, a qual ele tratou a morte com tanto desdém, era um trabalhador que ajudava a mãe e foi atingido por uma bala perdida enquanto voltava do trabalho, não de uma boate.

Estranho estar falando nisso afinal nós já deveríamos estar acostumados com a morte de garotos de comunidades populares, mas temos de ficar estupefatos com a morte de jovens nascidos no berço de ouro. Não me levem a mal, não estou dizendo que a vida dos mais pobres vale mais, o que estou tentando fazer é desconstruir este pensamento de que o país deve parar e decretar luto oficial quando morre alguém que tem todos os meios de vida necessários e desnecessários. Por que os mais pobres do país não merecem este reconhecimento, afinal de contas são eles que produzem o nosso PIB? A pergunta que lanço para este jornalista imbecil é: Qual o motivo daquela vida valer mais que esta?

Em parte sei a resposta, mas gostaria que as pessoas que acabaram de ler este texto pudessem me ajudar a entender melhor.
Denilson Almeida
Enviado por Denilson Almeida em 10/10/2006
Código do texto: T261319
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denilson Almeida
Itaboraí - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
6 textos (350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:03)
Denilson Almeida