CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

UM NOVO HOMEM, UM NOVO ADÃO

“Não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as minhas opiniões porque não me envergonho de raciocinar e aprender”
                    Alexandre Herculano
                    Históriador português (1870-1877)
     .Desde criança pensava que o simples fato de ser homem tudo viria fácil na vida, mas na fase adulta que a vida se tornou uma coisa terrível e espantosa. A escola nunca me ensinou nada, foi pesquisando minuciosamente nos livros que descobri a razão da vida, sempre gostei de ler sobre todos os assuntos e foi principalmente na bíblia que descobri muitas coisas para minhas duvidas.
     .Bíblia é o livro sagrado das religiões judia e cristã, fascinante em alguns trechos e surpreendente em quase todos, a bíblia é uma obra que nos ensina a ter vida eterna nesta terra com a felicidade completa sem doenças ou sofrimentos, não devemos ler a bíblia pelo que nos ensinam as religiões que baseiam suas crenças nos homens da pré-história, devemos ler a bíblia pelos conhecimentos científicos que é ciência do homem e pela consciência (aquela voz que vem na nossa mente de vez em quando e nos fala o que é certo é o que é errado) que é a ciência de deus.
     .Bíblia é uma palavra que vem da língua grega e significa conjunto de livros, ou seja, são sessenta e seis livros reunidos numa só obra. Não existe nenhuma versão original de manuscrito da Bíblia, mas sim cópias de cópias de cópias. Todos os autógrafos, isto é, os livros originais, como foram escritos pelos seus autores, se perderam. Os sessenta e seis livros são divididos em duas partes,o velho e o novo testamento.
     .Minha família era muito cristã que acreditava no matrimônio indissolúvel entre um homem e uma mulher e uma das primeiras coisas que me ensinaram que somos incompletos, deus ou a natureza a princípio criou o homem hermafrodita: macho e fêmea ao mesmo tempo "Deus criou então o homem à sua imagem, e criou-o à imagem de Deus, e criou-o macho e fêmea." (Gênese I, vers. 27) e depois deus ou a natureza separou os dois. Quando crescemos devemos começar a busca de nossa outra metade que esta em alguma mulher, com a mulher que Deus escolher para ser nossa esposa devemos se unir por meio do matrimônio e fazer uso da sexualidade para fins reprodutivos que chamam de amor, ou seja, para a perpetuação da espécie. Esta mulher quem vai nos dar o sentido de nossa vida para descobrir melhor quem somos nós. As idéias religiosas não nascem das crianças. As crianças acreditam naquilo que os adultos falam e assim se inicia um processo educativo pelos quais os adultos (principalmente os pais) vão escrevendo na mente das crianças as palavras da religião. O corpo da criança passa a ser o caderno onde os adultos escrevem suas palavras religiosas. Minha ignorância era tão profunda, que não percebia a contradição existente em tudo isso, uma criança é proibida de pensar, de acreditar no que vem na sua mente e principalmente de falar coisas que fogem do comportamento-padrão imposto pela sociedade.
     .Para que serve o sexo? Os livros de biologia, ciências que estuda as espécies vivas e as leis da vida sempre tiveram uma resposta curta e simples para esta pergunta: gerar descendentes, mas a função do sexo não pode ser a de multiplicar os organismos, pois diversas espécies reproduzem sem recorrer ao sexo com um tipo de reprodução bem mais perfeito. Qualquer célula do corpo humano contém todos os genes necessários para fabricar um novo embrião, não é preciso unir o espermatozóide (célula reprodutora masculina) com o óvulo (célula reprodutora feminina). Se o sexo que chamam “ato de amor” foi criado por deus para a reprodução, por que o homem e a mulher foram expulsos do paraíso e condenados a viver na infelicidade até a morte? Se só a mulher pode gerar um filho, por que o homem tem mamas? Para que existe o traço entre o anus e o escroto? Se o primeiro homem (Adão) e a primeira mulher (Eva) tiveram dois filhos, Caim e Abel, Caim depois matou Abel, de onde surgiu a mulher de Caim?   Se o sexo foi criado por deus ou pela natureza para a reprodução, homens e mulheres fariam sexo só quando a mulher estivesse em período fértil.
     .Ninguém nasce sabendo que o sexo existe, a verdadeira reprodução deveria ser assexuada (sem o contato do pênis com a vagina), quem afirma que nascemos sexuados são pessoas que tem como único prazer na vida o sexo, em idade avançada quando o desejo de sexo termina para estas pessoas a vida perde o sentido. Aprendemos que o sexo existe (do zero aos sete anos) vendo os adultos simulando sexo como os beijos ardentes na boca ou as caricias sensuais entre um homem e uma mulher, o cérebro absorve estas imagens, quando crescermos queremos imitar os adultos. O cérebro é a parte do sistema nervoso central que fica dentro do crânio, pesa cerca de 1,3 kg e é uma massa de tecido cinza-róseo. Ele é dividido em duas partes que chamamos de hemisférios, eles são ligados por um feixe de nervos chamado de corpo caloso. O hemisfério direito é o lado que enxergamos as coisas, os olhos captam as imagens e levam para o hemisfério direito. O hemisfério esquerdo é o lado da consciência (voz de deus que nos indica o que precisamos e devemos fazer) e onde fica guardado tudo que passamos na vida (memória). Devemos usar os dois hemisférios ao mesmo tempo, ver as coisas (hemisfério direito) e pensar se é certo ou errado (hemisfério esquerdo), se acreditarmos em tudo que nossos olhos vêem sem pensarmos se é certo ou errado contaminarmos o corpo todo como nos ensinou Jesus Cristo (livro Mateus cap.5, vers. 29 e 30).
     .Nos primeiros anos de vida quando vemos os adultos simulando sexo nossa consciência (que é a voz de deus) nos diz que o sexo não existe que ele não foi criado por deus ou pela natureza, que ele foi criado pelo homem que só constrói o que lhe destrói (não é o sexo o erro que nos leva a morte), como não acreditamos na voz que vem na nossa mente e queremos fazer o que todo mundo faz, a partir dos sete anos temos os primeiros desejos de sexo. A partir dos sete anos sentimos prazer em tocar o próprio corpo e descobrir as sensações que ele nos proporciona, automaticamente queremos conhecer e tocar o corpo de uma outra pessoa do mesmo sexo. Por que toda criança procura o mesmo sexo para se satisfazer? É física (ciência que estuda as propriedades gerais da matéria e as leis que tendem a modificar-lhe o estado ou o movimento, sem alterar sua natureza), o semelhante atrai o semelhante, o igual atrai o igual, pois além do corpo, a mente é semelhante (a educação de um menino é diferente da educação de uma menina). A natureza ou deus faz sentirmos atração sexual pelo mesmo sexo para matar dentro do nosso corpo todo desejo de sexo (fase do troca-troca), mas por ignorância e falta de cultura dos adultos anexadas ao fator religiosidade não fazemos, pois esta atitude é interpretado como desvio de comportamento e temos que procurar o sexo oposto (que a sociedade chama de amor) criando dentro de si uma repugnância pelo mesmo sexo que nos explica a violência entre os homens.
     .Se a criança ou o adolescente realizasse todos seus desejos de sexo pelo mesmo sexo, o seu corpo não fabricaria os hormônios sexuais que na puberdade agem no organismo fazendo as mudanças físicas preparando os seres humanos para uma vida sexual ativa e como conseqüência seu envelhecimento. Puberdade é a parte da adolescencia que compreende o período desde o aparecimento dos caracteres sexuais secundários até o completo desenvolvimento físico. No sexo masculino os sinais de maturação sexual costumam ocorrer na seguinte seqüência: aumento dos testículos e da bolsa escrotal (média aos nove e dez anos de idade), crescimento de pelos pubianos (em torno do 11, 13 anos de idade), pelos axilares, pelos sobre o lábio superior, na face e em outra partes do corpo, mudanças da laringe e da voz e crescimento do pênis.A mudança nas vozes ocorre em média entre os 13 e 15 anos de idade.
     .Se perdermos uma célula, ela não se renova? Se ela se renova porque envelhecemos? Qual a substância que limita a vida das células? Dentro de todas as células existem os cromossomos, na ponta dos cromossomos existem os telômeros, trechos de DNA, cada vez que uma célula enfraquece ou fica velha ela se divide ao meio criando uma célula nova, nessa divisão celular para criar uma célula nova os hormônios sexuais encurtam os telômeros e como conseqüência encurta o tempo de vida das células e o numero de reproduções se torna ilimitado. São os hormônios sexuais que fabricam os radicais livres (RL) eles produzem uma diminuição das defesas orgânicas que provocam o envelhecimento mais rápido. Radicais livres são estruturas químicas que formadas no organismo alteram as substâncias normais e vitais do corpo, eles ultrapassam com facilidade a membrana celular e, penetrando em seu interior, provocarão lesões inclusive no DNA.
     .Além do envelhecimento, são os hormônios sexuais que causam todas as doenças no corpo humano, nas mulheres as principais doenças são o câncer do colo de útero, câncer de mama e câncer dos ovários, no homem o câncer de próstata e o câncer de pênis. Câncer é uma multiplicação desordenada de células que perdem sua função devido à mudança de sua carga genética. Elas se espalham de tal forma que causam prejuízo ao órgão onde surge inicialmente e aos demais que atingem posteriormente. A estrutura das células saudáveis é alterada. O acumulo dessas mutações desencadeia o câncer. Proteínas que corrigem erros genéticos param de funcionar. Livres de efeitos naturais, as células malignas multiplicam-se e invadem o espaço ocupado por células boas. As células de tumor liberam substâncias que criam vasos sanguíneos. Recebem nutrientes e crescem sem parar. Sementes do câncer migram pelo sangue e pelos vasos linfáticos. Desencadeiam tumores em pontos distantes.
     .O hormônio sexual feminino estrógeno é produzido nos ovários, ele é essencial para o desenvolvimento reprodutivo da mulher e para o desenvolvimento das mamas, o bombardeio constante da mama pelo estrógeno (ele é o responsável pela multiplicação da célula mamaria) pode ocorrer o câncer que depende desse hormônio para se desenvolver, o sintoma é a presença de um caroço no seio e é freqüente em mulheres entre os quarenta e cinqüenta anos. Outras doenças que o estrógeno pode desenvolver são o câncer do endométrio (tecido que reveste o interior do corpo do útero), a endometriose que é o crescimento do endométrio para fora da cavidade uterina e miomas que são tumores benignos que surgem na musculatura do útero. A endometriose é a mais grave das doenças, ela é responsável por 90% das cólicas menstruais, é praticamente incurável, tem cura clinica temporária, mas volta porque é produzida por um fenômeno que é repetido todo mês (a menstruação). Na menstruação o mesmo tanto de sangue que a mulher coloca pra fora entra na cavidade abdominal e se ela tiver alguma sujeira como fungo, bactéria ou vírus ela é imediatamente contaminada na cavidade peritonial. Se fizermos uma ultra-sonografia no ultimo dia da menstruação podemos ver o lago de sangue dentro da cavidade. O correto seria a mulher nunca menstruar, pois não serve para nada.
     .A causa do câncer do colo de útero é o vírus HPV, também conhecido por papilomanovírus humano, vírus da família papillomaviridae, à estimativa mundial é de que para quatro mulheres uma está contaminada com o vírus HPV. A principal via de transmissão do HPV é a sexual, ele causa lesões na pele ou mucosa (boca, vagina, colo de útero), essas lesões têm crescimento limitado e frequentemente regridem espontaneamente. O cisto de bartholin é quando o canal, sozinho ou com a glândula, inflama. A inflamação é causada por uma obstrução do ducto na extremidade da vagina. Os cistos podem chegar a medir até cinco centímetros, na maioria dos casos há concentração de pus. A infecção é geralmente provocada por bactérias, como a gonococo (produtora da gonorréia). A função das glândulas de bartholin é produzir um liquido viscoso que lubrifica a superfície interior dos lábios da vagina, facilitando a penetração durante a relação sexual. As principais infecções do aparelho urinário são: cistite, nefrite, glomérulo-nefrite, pielonefrite e uretrite. A cistite é a mais comum e atinge principalmente as mulheres. Consiste na inflamação da parte interna da bexiga (local que armazena a urina, quando está cheia temos vontade de urinar), pode se espalhar atingindo os rins (local que transforma em urina a água e as substâncias químicas removidas do sangue) através dos ureteres (locais que drenam a urina dos rins até a bexiga). Uretrite é infecção da uretra (canal que expele a urina da bexiga através dos órgãos genitais).
     .No homem a principal doença é o câncer de próstata, é uma doença que pode surgir com o.envelhecimento do homem, a partir dos 40 anos. À medida que o homem vai envelhecendo, a incidência dessa doença vai aumentando. Quanto mais cedo essa doença atinge o indivíduo, mais grave ela será. Quanto mais tarde se fizer o diagnóstico, mais difícil será a cura. Nos Estados Unidos, é o câncer mais diagnosticado em homens e a Segunda causa principal de todas as mortes por câncer. No Brasil, apesar das estatísticas não serem muito fiéis, já caminha para a primeira causa. A próstata é um pequeno órgão situado logo abaixo da bexiga, em forma de uma castanha portuguesa, atravessada pela uretra. Só os homens possuem próstata e o seu desenvolvimento é estimulado pela testosterona, o hormônio sexual masculino produzido pelos testículos.
     .A próstata é um órgão glandular que produz uma substância que, juntamente com a secreção da vesícula seminal e os espermatozóides produzidos nos testículos, vai formar o sêmem ou esperma. Sem o líquido produzido pela próstata, os espermatozóides não viveriam até atingir o óvulo no momento da fecundação. Além de conferir proteção, contém alimentos para o espermatozóide, na sua longa caminhada ao encontro do óvulo.
     .O grande problema é que, na grande maioria das vezes, o câncer de próstata, na sua fase inicial, não apresenta nenhum sintoma. Numa fase adiantada, começará a obstruir a urina, como ocorre com o tumor benigno, mas o tratamento curativo já é mais difícil. Trabalhos já mostraram que em autópsias realizadas em 100 indivíduos de 40 a 50 anos que vieram a falecer de várias causas, 4 deles eram portadores de câncer de próstata, sem nunca terem se queixado de qualquer sintoma. O tumor maligno da próstata pode estar associado ao tumor benigno, logo, os sintomas podem ser os mesmos. O câncer de próstata, quando avança, pode se disseminar (espalhar-se) pelo corpo, vindo a atingir outros órgãos, e principalmente os ossos. Uma dor na coluna vertebral num indivíduo na idade de risco pode ser até uma disseminação do tumor. Pode também atingir as costelas, bacia, fêmur etc. Muitas vezes o indivíduo tem uma fratura espontânea do fêmur, sem qualquer trauma, o que poderá ser uma fratura patológica, provocada pela disseminação do tumor.
     .A Adolescência é fase onde abandonamos as atitudes infantis e ingressamos no mundo adulto, tudo que passamos e pensamos reflete em toda nossa vida. É neste momento que ocorre a separação do filho em relação aos pais e busca de novos laços afetivos no sexo oposto para se firmar, isto ocorre por causa do surgimento dos caracteres sexuais de adulto. Quem acredita na voz de deus (consciência), que crê em si mesmo, quem procura o mesmo sexo na adolescência sofre discriminação e preconceito e esta fase da vida chega a ser quase insuportável, vivi esta fase e sei bem o que é isso, a gente sofre por se sentir diferente das outras pessoas e recebe o rotulo de homossexual, gay, pederasta, viado, bicha, boiola etc. Quem acredita na sua consciência, quem crê em deus se sente inferiorizado como pessoa e desprezado o que desenvolve angústias e depressões, aprofundando o complexo de inferioridade, iniciando neuroses e várias perturbações. É a religião cristã (católicos e evangélicos) que pulveriza a homofobia por toda a terra, a perseguição de quem tem excitação erógena pelos indivíduos do mesmo sexo por foi constante ao longo da historia com morte na fogueira e hoje os cristãos acreditam que podem trocar a orientação homossexual por meio de uma "terapia reparatória" já que não podem matar.
     .A natureza ou deus faz sentirmos atração sexual pelo mesmo sexo para matar dentro do nosso corpo todo desejo de sexo, esses desejos de sexo pelo mesmo sexo não realizado na infância e adolescência ficam adormecidos no subconsciente, e se transforma em um foco de angustias e frustrações, de coisas mal resolvidas no passado que não sabemos interpretar claro o que é. Subconsciente é a parte da mente que contém vontades reprimidas, traumas e desejos assustadores demais para serem admitidos e que influencia a conduta do homem por toda sua vida. Fatos que na época de nossa infância e adolescência pareciam ser insignificantes hoje determinam nosso comportamento. Os desejos adormecidos de sexo pelo mesmo sexo se transformam no caráter demoníaco do homem como a ganância, o ciúmes, a inveja, a mentira, a falta de respeito por seus semelhantes, à violência etc. Temos como prova que a violência é gerada pelos hormônios sexuais que para transformar um cachorro feroz e violento num dócil amigo basta castra-lo.
     .É necessário retornar mentalmente na infância, período da vida que tem uma importância significativa onde se estrutura a personalidade do indivíduo e ocorre o desenvolvimento da sexualidade, para apagar os pensamentos que aprendemos nesta fase e refazer a vida sem medo, sem falso pudor. Quem continua fazendo o que sempre fez, vai continuar obtendo o que sempre obteve. As regras da sociedade e das religiões nos arrastam para o sofrimento. Por isso, devem ser eliminadas, apagadas O ideal de felicidade é a total ausência de desejos de sexo “Ora, havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és Mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele.Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo”. (livro de João 3:1 a 7)
     .Nosso cérebro tem habilidades não desenvolvidas que vão muito além do que se imagina. Por que ninguém ressuscita os mortos nos cemitérios mesmo que estejam somente ossos? “Dirigia-se Jesus a uma cidade chamada Naim, e iam com ele os seus discípulos e uma enorme multidão. Como se aproximasse da porta da cidade, eis que saia o enterro do filho único de uma viúva; e grande número de pessoas iam com ela. Vendo-a, o Senhor compadeceu-se e disse: -Não chores! Chegando-se tocou o esquife e parando os que o conduziam disse: -Jovem, eu te mando: Levanta-te! Sentou-se o que estava morto e começou a falar; e Jesus o restituiu a sua mãe.  Todos ficaram de temor e glorificaram a Deus dizendo:   -Um grande profeta se levantou entre nós, e: Deus visitou o seu povo. Esta noticia a respeito Dele divulgou-se por toda a Judéia e por toda a circunvizinhança.” Lucas cap.7.11-15 “ Enquanto caminhavam, eis que um chefe aproximou-se e o adorou, e disse:  -Minha filha faleceu agora mesmo, mas vem, a Tua mão sobre ela e ela viverá.  Jesus o seguiu e também os seus discípulos. Tendo Jesus chegado a casa de Jairo e vendo os tocadores de flauta e o povo em alvoroço disse:  -Retirai-vos, porque não está morta a menina, mas dorme. E riram-se Dele. Mas afastando o povo, entrou Jesus, tomando a menina pela mão e ela se levantou. A fama deste acontecimento correu por toda aquela terra”. Mateus cap.9.18, 23-26; Marcos 5.22-24, 35-43; Lucas 8.41,42,49-56 “Estava enfermo Lázaro, irmão de Marta e Maria que moravam em Betânia, aldeia nas cercanias de Jerusalém. Marta sabendo de que Jesus vinha, saiu ao seu encontro e disse:    -Senhor, está enfermo aquele a quem amas. Ao receber a noticia, disse Jesus:    -Esta enfermidade não é para a morte e sim para a gloria de Deus, a fim de que o filho de Deus, seja por ela glorificado. Ora, amava Jesus a Marta e sua irmã e a Lázaro. Quando pois, soube que Lázaro estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde estava.  Disseram-lhe os discípulos:   -Ainda agora, os Judeus procuraram apedreja-te e ficas aqui? Respondeu Jesus:   -Não são doze as horas do dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo. Mas se andar de noite, tropeça porque nele não há luz. E depois lhes acrescentou: Nosso amigo Lázaro, adormeceu, mas vou para desperta-lo.  Disseram-lhe então os discípulos:  -Senhor, se dorme estará salvo.  Marta quando soube que Jesus vinha, saiu ao seu encontro. Disse pois Marta:-Senhor, se estivera aqui, não teria morrido meu irmão, mas sei que tudo o que pedires, vos será concedido.   Declarou-lhe Jesus:   -Teu irmão há de ressurgir na ressurreição no último dia. Disse-lhe ainda: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá. E todo o que vive e crê em mim, não morrerá eternamente.  Maria chegou ao lugar e vendo Jesus, lançou-se lhe aos pés dizendo: Senhor, se aqui estiveras, meu irmão não teria morrido.  Vendo-a chorar, Jesus se comoveu e perguntou: -Onde o sepultastes?   -Vem e vê, Senhor.    Jesus chorou.  Então disseram os judeus:  -Vede quanto o amava?   Mas alguns objetaram:  -Não podia ele, que abriu os olhos aos cegos, fazer com que este não morresse?    Jesus, agitando-se em si mesmo, encaminhou-se para o túmulo. Era uma gruta, em cuja entrada tinham posto uma pedra e disse:  -Tirai a pedra. disse-lhe Marta: -Senhor já cheira mal, porque já é de quatro dias.  Respondeu-lhe Jesus:    -Não te disse eu que se creres, veras a gloria de Deus?   Tiraram então, a pedra e Jesus, levantando os olhos para o Céu disse:   -Pai, graças te dou porque me ouviste. Alias, eu sei que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que me envias-te. E dito isto, chamou em alta voz:  -Lázaro, vem para fora. saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e mãos ligados com ataduras e o rosto envolto em um lenço. Então lhes disse Jesus:  -Desatai-o e deixai-o ir.   Muitos dos judeus que tinham vindo visitar a família, creram nele. Outros foram ter com os fariseus e lhes contaram dos feitos que Jesus realizara.” João 11.17-44.Por que ninguém acredita em deus!!!!!
     .Quando o homem foi criado (a mulher ainda não existia) a reprodução era assexuada ou agâmica (ocorre com a participação de um único indivíduo sem a formação de gametas). Se o homem tem mamas para que serve as mesmas??? (na segunda guerra mundial houve casos de homem produzindo leite nos campos de concentração sem implantação de hormônios femininos). Pra que serve o traço entre o ânus e o escroto? .
     .Nosso corpo é constituído por três milhões de células, em outras palavras somos uma pilha de células, toda célula do corpo tem um núcleo. O núcleo é o centro de controle da célula, quase tudo que a célula realiza é supervisionado pelo núcleo. Cada núcleo possui uma fita finíssima e retorcida semelhante a uma escada em espiral. Se fosse possível estica-la a fitinha de uma única célula de nosso corpo mediria um metro de comprimento. Essa fita finíssima é o DNA (acido desoxirribonucléico), é ele que comunica o que a célula deve fazer. Se o DNA programar uma célula para fazer sangue, ela só vai fazer sangue, a outra só vai fazer dente ou pele e assim por diante. Antes de serem programadas para fazer os órgãos do nosso corpo são chamadas de células-tronco ou células-mãe que são a origem da matéria viva. Todas as células do nosso corpo contem todos os genes para fazer um novo embrião, um novo ser humano.
     .A gravidez masculina foi criado por deus e acontece da mesma forma que a gravidez  fora do útero, caso que, apesar de raro, ocorre em algumas mulheres. Uma célula do corpo se divide em duas, a célula mãe e a célula filha, a célula filha se transforma num embrião e o bebê se desenvolve na cavidade abdominal (é óbvio porque já ocorre em mulheres), entre o abdome e o intestino, a placenta é ligada o intestino o que da condição do embrião de receber os nutrientes necessários para se desenvolver. Após os habituais nove meses o bebê nasce por uma ruptura aberta entre o ânus e o escroto. O PARTO É INDOLOR. “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra”.   livro gênesis cap. 1 ver. 26 a 28, “Este é o livro da genealogia de Adão. No dia em que Deus criou o homem, à semelhança de Deus o fez; homem e mulher os criou, e os abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados.   Viveu Adão cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e lhe chamou Sete.” livro gênesis cap.5 vers. 1 a 3, “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele”  livro Mateus cap. 11, ver. 11.
     .Pela lei da natureza o homem deveria gerar seus próprios descendentes como ele não acredita que um homem pode gerar ele procura a mulher para gerar seus descendentes, quando a mulher fica grávida, vários estudos mostram que o homem desenvolve vários sintomas orgânicos ligados a este período, muito parecidos com os da mulher. É a chamada síndrome da couvade. Durante o ciclo gravídico da companheira, o homem passa a ter dores de dente, distúrbios alimentares e intestinais, tensão, insônia, depressão. Também tornam-se mais freqüentes, as dores estomacais, lombares e renais, e as cirurgias abdominais de apêndice, aderências, de cólon, entre outras. Há homens que chegam a apresentar um aumento do abdome, simulando uma "barriga grávida". O nome da síndrome é associado ao ritual da couvade, freqüente em sociedades não-industrializadas, em que o homem assume tarefas consideradas femininas no ciclo grávido-puerperal. Em alguns locais, o pai dramatiza o trabalho de parto, em outros fica de "resguardo", recebendo alimentação especial e cuidado das visitas enquanto a mulher trabalha. Na nossa sociedade, a síndrome da couvade está relacionada à mobilização de sentimentos, às fantasias e aos desejos inconscientes em relação à gravidez. Outro fenômeno comumente observado no homem é o ciúme despertado pelo filho em gestação, ele queria gerar, mas somente a mulher poderá sentir o filho crescer dentro de si, dar à luz e amamentá-lo. Por esta razão muitas vezes os pais não conseguem criar um vínculo concreto e sólido com o bebê.
.Segundo os textos bíblicos deus criou o homem e de um pedaço de sua costela criou a mulher “Então, o SENHOR Deus fez cair pesado sono sobre o homem, e este adormeceu; tomou uma das suas costelas e fechou o lugar com carne. E a costela que o SENHOR Deus tomara ao homem, transformou-a numa mulher e lha trouxe.” livro gênesis cap.2.21e 22. Isto nos prova que de um pedacinho de outra pessoa (célula) é possível fabricar uma outra, não há necessidade de unir o óvulo (célula sexual reprodutora feminina) com o espermatozóide (célula sexual reprodutora masculina). No capítulo três do livro gênesis temos uma série advertência para quem procura o sexo oposto para se satisfazer sexualmente (o pecado mortal), mas homens e mulheres preferem dar uma outra interpretação ao texto e viver num estado pecaminoso e o pior querem que todos a sua volta vivam no inferno também. Deus deixou Adão (do hebraico Adamach que significa “ele vem do solo”) e Eva (do hebraico Havvah que significa raiz ou Hayah “viver”) no jardim do Éden (paraíso), deu-lhes poder sobre todos os seres vivos, mas proibiu-lhes provar o fruto da arvore do conhecimento do bem e do mal (a bíblia não fala em maçã, e sim em fruto proibido não especificado). Quando Eva, instigada pela serpente (a serpente era a representação do deus do mal da religião persa zoroastrismo), convence Adão a comer o fruto, deus os expulsa do paraíso. Esse foi o pecado original, e em conseqüência dele a mulher foi condenada a parir filhos em dor e estar submetido ao marido, e o homem a obter o sustento com o suor de seu rosto, até morrer. Em outras palavras, a mulher por uma fraqueza de sua mente achou que faltava algo no meio de suas pernas (um pênis) e convidou o homem para introduzir o seu em sua vagina, assim nasceu o sexo, o envelhecimento e a morte. O que não pode acontecer é fingirmos que não sabemos de nada e que tudo está bem, as religiões ensinam que o sexo foi criado para ser um louvor a deus (?) e se feito com moral não é pecado (?) apenas leva a uma vida de sofrimento e a morte. O ato sexual entre um homem e uma mulher é um ato de desinteligência apesar de que a inteligência só é dada aos que são perfeitos em sanidade mental.
     .A mulher errou por uma fraqueza de sua mente (por isso nas igrejas é muito maior a freqüência de mulheres do que de homens), mas o homem errou e erra até hoje consciente por isso afirmamos que o pecado mortal passou e passa para a humanidade pelo homem (“Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram” carta aos romanos cap. 5, ver. 12). Todo homem é consciente de seu erro, ele é avisado em sua mente por deus (consciência) todos os dias, mas como ele enxerga os outros homens se vangloriando de conquistar mulheres, ele quer ser igual ou superior, pois o cérebro (inteligência) do homem é seu pênis. Os homens são semelhantes a uma boiada, se um boi cai num buraco, o de trás cai também, pois a única coisa que o boi faz é olhar para o traseiro do outro que vai à sua frente ou semelhante o piscar do vaga-lume, o vaga-lume reprograma a sua própria seqüência de flashes ao ritmo de seus companheiros. Se tem uma coisa que o homem é capaz de fazer com grande habilidade, é enganar e impressionar outros homens.
.Eva, a primeira mulher errou, mas Maria (a mãe de Jesus) veio consertar o seu erro. Ela era noiva de José, quando um anjo lhe anunciou que ela daria a luz um menino destinado à glória e que seria chamado por todos filho de deus, surpresa, ela perguntou como poderia acontecer isso, uma vez que ainda era virgem, o anjo explicou: "o espírito santo descerá sobre ti e o poder do altíssimo te cobrirá com sua sombra".(Lucas, cap.1, ver.35.). Aparentemente José desposou Maria sem saber do estado dela. Ao descobrir, decidiu divorciar-se sem escândalo, mas um anjo lhe informou, em sonho, que Maria estava grávida do espírito santo. A partir daí, José assumiu sem queixa a paternidade legal de Jesus, antes mesmo de ele nascer, e não copulou com Maria antes do parto (Matheus, cap.1, ver. 29-25). Maria gerou sem o contato sexual com um homem, por isso a igreja católica insenta ela do pecado e afirma que todos precisam de salvação, pois estamos ligados ao pecado original (o sexo). Podemos afirmar que a gravidez de Maria foi milagre (intervenção sobrenatural), mas para que todo milagre aconteça é preciso ter fé, acreditar que o que vem na mente é verdadeiro e vai acontecer.
     .Adão (considerado o primeiro homem) e Eva (considerada a primeira mulher) tiveram dois filhos pelo ato sexual, Caim (autor do primeiro homicídio) e Abel. Caim matou Abel por ciúmes e inveja e vai morar em nod ("exílio" ou "andança nômade"), onde casa com uma mulher de quem a bíblia não dá nem o nome nem a ascendência, a sua quinta geração, Lameque cometeu o mesmo erro, matou um homem (livro gênesis cap.4). . Segundo as religiões Adão foi o primeiro homem e Eva a primeira mulher, se tiveram dois filhos (Caim e Abel) de onde surgiu a mulher de Caim? Sem terem uma explicação racional os intérpretes acadêmicos da bíblia admitem que os filhos de Adão e Eva devem ter copulado com suas irmãs para gerar os demais descendentes do primeiro casal mas a bíblia não faz referência alguma a isso. Isto nos prova que Adão e Eva não foram os primeiros habitantes, mas sim os primeiros que erraram.
     .Lameque, quinta geração de caim,  cometeu o mesmo erro, matou um homem.O DNA é o conjunto de genes que vai determinar as características físicas de uma pessoa como a cor da pele, dos olhos, dos cabelos, estrutura dos ossos. O DNA não determina só as características físicas, mas também a personalidade (conduta de uma pessoa), se um antepassado do pai ou da mãe teve problemas com drogas, alcoolismo, depressão, suicídio, assassinato etc. o filho de um casal pode ter qualquer sintoma semelhante de um ou até de dois ou três antepassados do pai ou da mãe e isto nos prova por que os filhos de um mesmo casal são diferentes (herança genética). O DNA é que determina o que a pessoa vai ser ou não. Estudos da neurociência e da genética comportamental comprovam que sofremos influencias dos genes (nossos antepassados), mas claro para desenvolvermos ou não a hereditariedade depende do ambiente em que vivemos, em nossas mentes podem vir os desejos mais absurdos dos antepassados, fazer ou não depende exclusivamente de nós.
     .Na reprodução assexuada uma célula se divide ao meio e criara uma nova célula (meiose), a célula-mãe e a célula-filha, a célula filha criara todas as características do novo ser, a herança genética ficará somente na célula mãe, o contrario da reprodução pelo sexo, na reprodução sexuada é usado 50% do material genético do homem e 50% do material genético da mulher, essa mistura de genes do homem com a da mulher (reprodução cruzada) é perigosa, pois o novo ser pode trazer a herança genética de um ou mais antepassado do homem e da mulher.
     .Quando Adão notou seu erro ele gerou um filho a sua imagem e semelhança: “No dia que deus criou o homem, ele o fez a semelhança de deus, macho e fêmea o criou. Depois o abençoou e o chamou de Adão...Tornou-se pai dum filho à sua imagem e semelhança e chamou pelo nome de Set”. (livro gênesis cap.5, ver.1 a 5).A reprodução assexuada é uma ótima maneira de um ser vivo passar seus genes para a próxima geração. Afinal, nesse caso, os filhos são praticamente cópias genéticas dos pais. Em 1971, o evolucionista inglês John Maynard Smith (1920-) notou que um indivíduo sexuado passa apenas metade do seu material genético aos filhos, enquanto um indivíduo assexuado passa todos os seus genes. Ou seja, na corrida evolutiva, onde passar os genes para a próxima geração é um dos maiores “objetivos”, organismos sexuados partem com desvantagem de quase 50%, que ficou conhecida como “o custo da meiose”. Sexo, portanto, é um luxo que não deveria existir. . Se um homem quiser gerar filho (a) de um outro homem ele pode, basta o espermatozóide entrar por uma célula propicia a fecundar, o novo ser será igual a um dos dois indivíduos ou semelhante aos dois. “A Sem, que foi pai de todos os filhos de Héber e irmão mais velho de Jafé, também lhe nasceram filho”    livro gêneses cap.10, ver. 21.
     .Quando o homem aumentou na face da terra nasceram filhas, ou seja, mulheres (livro gênesis cap.6, ver.1), os homens notaram que o corpo das mulheres eram perfeitos e tomaram para si como esposas (livro gênesis cap.6, ver. 2), deus viu que o homem não usava sua consciência, que ele era só carne (queria só o que era bonito aos seus olhos) e deu o tempo máximo de vida para 120 anos (livro gênesis cap.6, ver. 3). Consciência é aquela voz que vem na nossa mente sem querer (voz de deus) e nos diz o que é verdadeiro ou falso, o que devemos ou não fazer para sermos felizes e termos vida eterna nesta terra. Deus (a nossa inteligência) não nos impõe sua vontade, apenas nos alerta quando algo não está de acordo com os ensinamentos dele e pode prejudicar o nosso bem estar físico, moral e espiritual. Ninguém que esteja no seu estado normal fará algo para se prejudicar ou trazer dor e sofrimento para si, mas por causa das regras da sociedade e das religiões achamos que o que vem na nossa mente são tolices e o errado torna-se certo.  Os nefilins (homens que reproduziam sem o sexo) começaram a usar as mulheres para ter relação sexual e se tornaram os poderosos da antiguidade, homens de fama. Todo homem que conquista uma mulher se considera superior a outros homens, um poderoso, um rei, pois seus neurônios se concentram na cabeça do pênis, ele acha que quem procura o mesmo sexo é um ser inferior e frágil e todo ser humano massacra quem julga inferior.
     .Na realidade o que incomoda um heterossexual, o que ele não aceita, acha absurdo, é o fato de uma pessoa procurar o mesmo sexo e ser considerado mais inteligente que ele. O heterossexual prefere o calor de uma mulher na cama do que o calor de deus (sua inteligência), ele é semelhante a um cachorro que fica preso numa coleira por um pedaço de carne, ele só aprende quem é deus em idade avançada, quando seus desejos de sexo terminam, mas é tarde e não existe retorno, a morte é o fim de tudo, a pessoa não tem passado, presente ou futuro (livro gênesis cap.6 ver.3) quem espera deus numa próxima vida, espera em vão pois deus é deus dos vivos e não dos mortos. Então deus viu que o homem só tinha maldades em seu coração e resolveu extingui-lo da terra pela enchente universal (livro gênesis cap.6, vers. 5 a 7). A enchente universal não aconteceu porque os homens faziam sexo com as mulheres? Quem foi expulso do paraíso, o homem que fez sexo com outro homem ou o homem que fez sexo com uma mulher? Por que surgiu o envelhecimento e a morte?Por que houve a enchente universa, por que os homens faziam sexo com outros homens ou por que os homens faziam sexo com as mulheres?.As três religiões monoteístas (judaísmo, cristianismo e islamismo) acreditam que todas as pessoas nascem com uma orientação heterossexual dado por deus (o erro mortal de Adão e Eva), mas alguns se pervertem e buscam o mesmo sexo, elas orientam as pessoas que sentem desejos pelo mesmo sexo a manterem o celibato. As pessoas que crescem nesse ambiente religioso e que sentem atração pelo mesmo sexo crêem que fazem algo de errado e buscam as igrejas para se libertar.
     .A maioria dos homens procura o sexo oposto (casamento) como uma espécie de cura para sua homossexualidade não aceita e temido vivendo no inferno até a sua morte, paraíso e inferno não são lugares físicos e sim o estado da alma onde se aceita deus (paraíso) ou sente sua ausência completamente (inferno). Outros homens procuram as clínicas, em luta com eles mesmos (sentem prazer no mesmo sexo, mas sofrem com a rejeição no ambiente em que vivem), e nesses consultórios ficam em dúvida entre assumir a atração pelo mesmo sexo ou erradicar o comportamento invertido e procurar o sexo oposto. Optam às vezes por viverem duas personalidades diferentes e conflitantes, ou seja, esconderem a atração pelo mesmo sexo na vida social e profissional e, às ocultas, liberarem suas tendências sexuais. Acumulam pressão e angústia durante o dia e dão vazão à noite com seus parceiros. Essa alternância de estilo (pressão angustiante – prazer vigiado) submete seus nervos a constantes sobressaltos, enfermando-os.  Sem terem uma explicação racional, os espíritas acreditam que o desejo de sexo pelo mesmo sexo está ligada a vidas passadas, a doutrina acredita que, se a pessoa nesta vida nasceu com uma “inversão sexual”, é porque deve ter cometido algum tipo de violência (estupro, pedofilia, abuso) em vidas passadas. Portanto deve reparar seu erro renunciando às praticas sexuais assim, na próxima vida, nascerá livre desse sofrimento (?)
     .As religiões para justificar que o sexo com o mesmo sexo é errado usam a passagem bíblica de Sodoma e Gomorra onde deus resolveu punir com severidade os habitantes das cidades de Sodoma e Gomorra depois que os habitantes tentaram violentar sexualmente dois anjos com aparência humana que visitavam a cidade, por isso o pecado de Sodoma passou a ser associado ao ato sexual entre dois homens. Segundo os teólogos o castigo do fogo eterno de Sodoma e Gomorra era para servir de exemplo a todos que faziam sexo com o mesmo sexo.
“ .Ao anoitecer vieram dois anjos a Sodoma, a cuja entrada estava Lot assentado. Este, quando os viu, levantou-se e, indo ao seu encontro, prostou-se, rosto em terra e disse-lhes: "Meus senhores, vinde para a casa de vosso servo, pernoitai e lavai os vossos pés nela. Levantar-vos-eis de madrugada e seguireis vosso caminho." Porém, eles disseram: "Não, passaremos a noite na praça." No entanto Lot insistiu muito e, por fim, eles aceitaram ir à casa dele, deu-lhes um bom jantar, fez assar uns pães e eles comeram.
Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, assim os moços como os velhos, sim todo povo de todos os lados. E chamaram por Lot e disseram: " Onde estão os homens que à noite entraram em tua casa? Traze-los para fora. Queremos deitar com eles." Saiu então Lot à porta, fechou-a e lhes disse: "Rogo-vos, meus amigos, que não façais algo tão perverso. Tenho duas filhas virgens, e vo-las trarei para que façam com elas o que quiserem, porém nada façais a estes homens, porque são meus convidados." Eles disseram: "retira-te daí. Só faltava que um estrangeiro como tu quisesse mandar em nós. A ti, pois, faremos pior do que a eles." E arremessaram-se contra Lot e se chegaram para arrobar a porta. Porém, os visitantes, estendendo a mão, fizeram entrar Lot fecharam a porta e deixaram cegos os que estavam fora, desde o menor até o maior, de modo que se cansaram à procura da porta. Então, disseram os homens a Lot: "Tens aqui alguém mais dos teus? Genros e teus filhos e tuas filhas, todos quantos tens na cidade, faze-os sair, pois vamos destruir este lugar, porque seu clamor tem aumentado, chegando até a presença do Senhor. E o Senhor nos enviou para destruí-lo." Então saiu Lot e falou a seus genros, aos que estavam para casar com suas filhas, e disse: "Levantai-vos, saíde deste lugar, porque o Senhor há de destruir a cidade." Acharam, porém que ele gracejava. Como estava amanhecendo os anjos disseram a Lot: " Levanta-te, toma sua mulher e tuas filhas que aqui se encontram, para que não pereças no castigo da cidade.", o versículo 14 diz que Lot tinha genros prometidos para suas filhas.Lot ofereceu suas filhas como último recurso para acalmar a luxúria dos sodomitas, mas eles não aceitaram e disseram que iam fazer pior com ele do que com os outros, não lhe fizeram nada sexual, porém, como indica o versículo 9, começaram a "maltratá-lo", isto é cometeram violência e abuso. Os versículos 11 e 12 do Gênesis mostram que deixaram cegos a todos e que estes se cansaram de procurar a porta. Então, era a violência e não o impulso sexual que os fazia continuar procurando a porta depois de ficarem cegos.”
     .Na década de 1920, os arqueólogos começaram a procurar provas da existência das cidades de Sodoma e Gomorra. Até 1973 foram descobertas quatro possíveis sítios arqueológicos, a área esta coberta de evidências que algo devastador aconteceu ali por isso a história de Lot parece um filme calamitoso. Muito do que acontece na história de Lot são processos naturais que ocorrem no vale do Jordão. O vale do Jordão faz parte de uma das características geológica mais espetaculares e dinâmicas da terra. O vale da grande fenda se estende do leste da África até o mar vermelho e o golfo da Acaba. Em algum momento de um passado remoto a água do mar inundou a fenda depositando grandes quantidades de sal. Hoje a maior desse sal está coberta por sedimentos, mas em alguns lugares o sal forçou passagem até a superfície formando pilares que podem ter facilmente inspirado à lenda da transformação da esposa de Lot. A bíblia coloca tudo em função de deus, mas são efeitos naturais.
     .Era comum em todas as culturas, não só em Sodoma e Gomorra, o sexo com o mesmo sexo. O arqueólogo inglês Timothy Taylor defendeu a tese de que o sexo na pré-história não tinha por finalidade a reprodução, mas o prazer. Sua afirmação tem como base objetos paleolíticos que apresentam, por exemplo, figuras de mulheres se masturbando ou dois pênis se tocando. Por meio de estudos de restos de objetos, armas, pinturas e outros artefatos pré-históricos pode-se traçar um panorama sobre "quatro milhões de anos de cultura sexual". O seu livro “A Pré-História do Sexo: Quatro Milhões de Anos de Cultura Sexual” traz revelações curiosas e relevantes sobre as práticas sexuais de nossos ancestrais na Idade da Pedra, sexo com o mesmo e sadomasoquismo existem há milhões de anos e era bem mais comum que o sexo homem com mulher, conforme pode ser provado através de objetos e de descobertas arqueológicas recentes. Timothy Taylor é professor conferencista sobre arqueologia na Universidade de Bradford, no Reino Unido. Apresentou seu trabalho em Down to Earth, em um episódio que ganhou o prêmio Arqueológico Britânico de melhor programa de divulgação científica sobre arqueologia para a televisão em 1991-1992.Colaborou com inúmeros artigos para as publicações Scientific American, Antiquity e The Oxford Illustrated Prehistory of Europe.
      .Há documentos egípcios de 500 anos antes de Abraão, que revelam práticas se sexo com o mesmo sexo não somente entre os homens, mas também entre os Deuses Horus e Seth. Os antigos egípcios obrigavam estrangeiros ou judeus escravos á felação e á absorção seminal (a ingestão do sêmen), depois da ejaculação eles obrigavam a engolir o seu esperma. Quando um viajante voltava do Egito, perguntavam-lhe ironicamente se ele não tinha dor de garganta, aludindo ao costume abusivo do país visitado. Foi um costume extremamente difundido em outros países. Entre os cananeus, assírios e babilônicos era costume louvar a deus com atos sexuais entre pessoas do mesmo sexo. Entre os Hititas, povo vizinho e inimigo de Israel que habitou a Ásia menor e a síria ocidental entre os anos 2000 e 1200 a.C , havia mesmo uma lei autorizando o casamento entre homens (1.400 antes de Cristo).  Na Mesopotâmia se um homem possuísse por trás, um igual a si, adquiriria superioridade. Durante uma guerra na antiguidade os vencedores durante o saque na cidade faziam sexo anal com os homens perdedores, era uma velha tradição guerreira. BASM é uma festa homossexual masculina que, pelo menos até poucas décadas atrás, era celebrada pelos sartes (povo iraniano do sudoeste e do centro da Ásia), bem como por tribos iranianas e turcas de outras etnias, as figuras principais do basm eram rapazes travestidos que, durante a celebração, praticavam coito anal passivo, o costume provavelmente originou-se de ritos sexuais antigos. Os jovens káraki, da nova guiné, e da tribo da ilha de melanésia passam por um período associado aos ritos da puberdade, no qual são regularmente penetrados por homens mais velhos; a crença é de que de outro modo, eles não cresceriam a menos que recebessem o sêmen de homens mais velhos, acredita-se ainda que os meninos possam engravidar e para evitá-lo, realizam uma cerimônia onde chupam limão. Após o período de sexo onde fazem o papel de mulher para os mais velhos eles ficam aptos para exercer a função de homem. Os Marinds ritualizavam a iniciação sexual dos meninos em frente a um gigante castrado no meio da floresta, onde homens mais velhos dançavam, e seguindo de uma orgia masculina, penetravam seu pênis em qualquer menino; já os Nambas, na Ilha de Malekula, acreditavam que o cerimonial de iniciação fortalecia a glande (extremidade do pênis) do iniciado. Na tribo Sambia é costume haver a transmissão de sêmen de homens adultos aos meninos através da felação para que cresçam, adquiram força e possam ser bons produtores de sêmen quando ficarem adultos (a ejaculação do homem no organismo da criança o torna mais fértil). Em nossa cultura essa prática seria classificada como homossexualismo, por ser realizada entre duas pessoas do mesmo sexo, e como pedofilia, por envolver um adulto e uma criança. Entre os Sambia, o que tem valor é o sêmen.
.Uma recente pesquisa abalou a zoologia, ciências que trata os animais, os animais preferem o mesmo sexo, o único animal que sofre de homofobia, aversão ao mesmo sexo é o homem. Esses comportamentos em animais vêm sendo registrados desde 1700, mas poucos livros foram escritos sobre o tema. Tudo porque os pesquisadores temem o preconceito e as suspeitas sobre sua sexualidade. Em 1997 um dos mais importantes primatologistas do mundo, Frans de Waal, lançou seu livro sobre bonobos, primatas que são parentes muito próximos do homem, Em cativeiro ou na floresta, quase todos são bissexuais e metade de suas relações sexuais é com bonobos do mesmo sexo. As fêmeas têm relações com outras fêmeas de hora em hora. Antes do livro, pesquisadores raramente mencionavam o assunto. Essa constatação permitiria admitir que o sexo com o mesmo sexo, não é uma escolha, mas que resulta de forças naturais, fisiológicas, endócrinas, etc..., que não podem ser controladas, pela vontade das pessoas e dos animais. Os bonobos usam o sexo com o mesmo para resolver qualquer problema social que surja.
     .Em 1999, Bruce Bagemihl publicou outro livro, relatando que comportamentos homossexuais tinham sido observados em 450 espécies Bagemihl diz que, embora esse comportamento seja observado em cativeiro, é muito mais comum no hábitat natural dessas espécies. Mais de setenta espécies de aves realizam casamentos duradouros de indivíduos do mesmo sexo. Alguns casais machos de pássaros cantores juntam-se por opção. Quando se divorciam procuram outro parceiro do mesmo sexo. Casais de cisnes negros machos costumam ser mais bem-sucedidos que os que procuram fêmeas. Por serem mais fortes, conseguem os melhores territórios. Os filhos que criam tem mais chance de sobreviver.Dois jovens machos da espécie das liras convidam-se para o sexo abrindo a cauda.Os adolescentes dessa espécie nunca copulam com fêmeas. São exclusivamente homossexuais.Os especialistas sabem que um ninho pertence a um casal de gansas quando o numero de ovos é grande.É que as duas “mães” botam. Detalhe: como não há macho, os ovos não fertilizados.
     .Em 1979, a marinha americana financiou uma pesquisa sobre o comportamento das baleias orças. Pela primeira vez observou-se homossexualismo entre machos da espécie.Mas a conclusão não consta do relatório de pesquisa. Foi vetada pelos militares.Machos e fêmeas de morsas moram separados. Só encontram para copular. Quando não estão juntos, os machos montam uns nos outros. Machos de guepardo, um felino africano, adotam filhotes perdidos e órfãos e os criam. Fazem o papel de pais e mães.Em 1987, o biólogo americano W.J. Tennent publicou um artigo intitulado nota sobre a aparente queda dos padrões morais da lepidóptera. Após descrever o homossexualismo das borboletas do Marrocos afirmou: ”Talvez seja um sinal dos tempos o fato de a literatura entomológica estar no caminho da decadência moral e das ofensas sexuais”. O cientista achou imoralidade em borboletas. Os carneiros-silvestres menos importante dentro do bando as vezes montam nos maiores e mais fortes.Cai a tese que os homossexualismo só serve para mostrar quem manda.Ha zebras que morrem sem jamais ter copulado heterossexualmente. Optam pela conduta homossexual para sempre.Se o sexo com o mesmo sexo ocorre entre animais, significa que é natural para seres humanos também? Se o sexo com o mesmo sexo não é uma escolha, mas resulta de forças naturais que não podem ser controladas, pode ser errado? Será que deus está errado e só os homens com a razão?
     .No ano 586 a.C. o rei babilônico Nabucodonozor invadiu Jerusalém (os romanos nem sonhavam com o império), ele destruiu a cidade e saqueou o templo construído pelo rei Salomão, a maioria dos israelitas foram levados como escravos para a babilônia. Os israelitas cruzaram mais de 800 km de deserto pelos atuais países da Jordânia, Síria e Iraque até a babilônia. Fracos e exaustos os israelitas chegaram à babilônia amedontrados com tamanha grandiosidade, arrancados da modesta cidade de Jerusalém eles contemplavam a capital do mundo antigo. Ameaçados por uma nova cultura e com medo que as histórias dos patriarcas Abraão, Isaque e Jacó e a de Moises, caíssem no esquecimento de seu povo, escribas hebreus resolveram passar para o pergaminho (pele de carneiro, ovelha ou cordeiro, preparada com alume, para nela se escreverem coisas que se quer conservar por muito tempo) toda a tradição oral, isso ocorreu quase mil anos após a morte deles. Assim nasceu o maior best seller de todos os tempos (a bíblia), escrito originalmente em hebraico e aramaico foi traduzida para mais de duas mil línguas e dialetos. Somente no século XX, foi vendido mais de 1,5 bilhão de exemplares no mundo inteiro. Foi descoberto que a bíblia começou a ser escrita no exílio babilônico por que os autores deixaram muitos erros geográficos e históricos e usaram muitos os costumes de sua época. Quando a bíblia começou a ser escrita os seus autores tinham um imenso poder, os enormes monumentos babilônicos causaram uma forte impressão nos escribas bíblicos, mas a herança mais duradoura que sobrevive até hoje, é uma novidade babilônica ainda mais impressionante, o código de leis. A babilônia foi a primeira civilização a ter um código de lei escrito: o CÓDIGO DE HAMURÁBI, primeiro código jurídico com leis escritas que se tem conhecimento que influenciou os livros êxodo, levítico e deuteronômio.
     .Os primeiros judeus só faziam sexo com uma mulher para reproduzir, para satisfazer seus desejos de sexo eles procuravam o mesmo sexo. No exílio babilônico os escribas acreditavam que só a mulher (e apenas ela) foi incumbida por Deus da tarefa de gerar filhos, que deus havia feito o homem e a mulher para ser complementares, que deveriam se unir por meio do matrimônio e fazer uso de sua sexualidade para fins reprodutivos, ou seja, para perpetuação da espécie, eles achavam que deviam se reproduzir como o pó da terra: "Porque toda a terra... darei a Ti e a Tua descendência como o pó da terra; que se alguém puder contar o pó da terra, também Tua descendência será contada." (gênese, cap. 13, vers. 15 a 16) e as estrelas do céu: "E o levou para fora e lhe disse: Olha agora os céus e conta às estrelas, se as puderes contar. E lhe disse: Assim será Tua descendência." (gêneses, cap. 15, ver. 5). Para condenar o mesmo sexo eles escreveram a história de Sodoma e Gomorra, há séculos essa passagem vem sendo considerada uma condenação clara a homossexualidade, e as leis que é proibido com morte o sexo com o mesmo sexo “Não te deites com um homem como se deita com uma mulher. Isto é um ato infame” (livro levítico cap. 18, ver.22)  “Se também um homem se deitar com um outro homem, como se fosse mulher, condenará os dois à morte e serão responsáveis por sua própria morte, pois cometeram um ato infante” (livro levítico cap. 20, ver. 13).
     .Até por volta do ano 500 a.C. todas as explicações eram puramente irracionais, tudo que ocorria na natureza eram função dos deuses. Zeus,deus grego (Júpiter, para os romanos) era o deus supremo e representa o poder. Reinava no Monte Olimpo, ameaçando os mortais com seus terríveis raios (os relâmpagos que caiam do céu). Sua autoridade era indiscutível e manipulava aos outros deuses e aos seres humanos como se fossem peças de um tabuleiro de xadrez.
     .Alguns gregos cansados das crenças religiosas tentaram explicações sem recorrer aos deuses, eles são conhecidos como “filósofos da natureza” ou “pré-socrático”, pois vieram antes de Sócrates considerado até hoje o maior dos filósofos. Por que sentimos atração sexual e afetiva por outras pessoas? Por que morremos? Por que envelhecemos? Estas foram algumas das perguntas que os primeiros filósofos responderam analisando minuciosamente a natureza. Foram os gregos que nos ensinaram a arte de pensar, com eles aprendemos a empregar nossa inteligência para entender o mundo e a nós mesmos. Eles começaram a rever a finalidade do sexo na natureza.
     .Em sua primeira experiência os filósofos da natureza colocaram animais da mesma espécie e do mesmo sexo juntos (macho com macho e fêmea com fêmea) que só reproduziam pelo sexo, o que parecia impossível aconteceu, os animais depois de certo tempo reproduziram normalmente, a principio pensou-se que seriam hermafroditas (com os dois sexos), mas depois notaram que eles reproduziam sem o sexo e que viviam muito mais. Assim nasceu a filosofia (estudo geral sobre a natureza de todas as coisas e suas relações entre si) e a ciência (juiz supremo do conhecimento humano. É ela que atesta o que é o mundo e como ele funciona. É ela que diz o que é realidade e o que é ilusão. Ou seja, para que uma idéia seja levada a sério, conquiste um espaço nos livros escolares e se torne conhecida e respeitada por todos, ela precisa ser sancionada pela ciência. Por isso que ciência e fé são diferentes. Os cientistas baseiam suas crenças em informações concretas, resultantes de experiências e fatos comprovados.) Os primeiros filósofos gregos são frequentemente chamados de “filósofos da natureza”, porque se interessavam, sobretudo pela natureza e pelos processos naturais. O surgimento da filosofia se deve ao contato dos gregos com os outros povos principalmente os hebreus. Nas viagens marítimas os gregos descobriram que os locais que as pessoas comentavam como o paraíso de deus, na verdade eram cheios de sofrimentos como, por exemplo, Jerusalém.
     .Foi notado que antes dos animais se reproduzirem assexuadamente eles faziam sexo entre eles, era uma forma de se satisfazerem e matarem todo o desejo de sexo (os hormônios sexuais). Dos animais os gregos passaram a experiência aos seres humanos e criaram comunidades só de homens e só de mulheres.O sexo com o mesmo era uma espécie de religião (orfismo)  obrigatória entre os gregos.  A palavra homossexual no dicionário Aurélio da Língua Portuguesa significa afinidade, atração e/ou comportamento sexuais entre indivíduos do mesmo sexo. No entanto, a palavra homossexual é originária do século XIX a partir do grego homo (igual) e do latim sexus, na Grécia antiga tal expressão inexistia. O orfismo pregava a necessidade de reprimir a natureza terrena do homem (sexo) e de cultivar a sua natureza celestial (a alma), os adeptos do orfismo  renunciavam à vida sexual matando todo o desejo de sexo do corpo. Ágape vem do grego agapé que significa amor, na Grécia antiga era o amor de uma pessoa pôr outra depois que todo seu desejo de sexo era morto. Na tradição cristã, ágape também inclui o amor de deus pela humanidade, assim como o amor do homem pôr deus. Através de Platão e outros autores, o orfismo viria a ter, séculos depois, importante influência sobre o cristianismo e o celibato da igreja católica. Por isso afirmamos que os gregos valorizavam a relação sexual entre dois homens ou duas mulheres (o relacionamento erótico entre duas mulheres foi denominado lesbianismo, por derivação de Lesbos, ilha grega onde vivia a poetisa Safo que liderava um grupo de mulheres e para elas poetisava, liricamente), essa pratica não era o que conhecemos hoje como homossexualismo, era praticada de outra maneira, envolvia outros modos de pensar e agir. Os gregos faziam sexo com o mesmo sexo para matar todo o desejo de sexo do corpo o que garantia a juventude eterna (era eliminado do corpo todos os hormônios sexuais), adquiriam os poderes da mente (parapsicologia) e podiam viver eternamente nesta terra.
  .Os gregos só reproduziam assexuadamente (Partenogênese) e temos como prova “as amazonas”, na mitologia grega, amazonas eram guerreiras que formaram um povo exclusivamente feminino e habitavam incertas regiões (o país ia sendo deslocado, nas narrativas, à medida que o conhecimento geográfico dos gregos se expandia e a verificação as desmentia). Para explicar como a nação das amazonas não se extinguia com o passar das gerações, historiadores e geógrafos mencionavam histórias segundo as quais as amazonas copulavam com homens de outros povos e retinham consigo as meninas nascidas dessas relações, ao passo que os meninos enviavam os pais. Amazonas significa “sem seios”, ou seja, sem o hormônio feminino estrógeno que é responsável pela multiplicação das células mamarias.
     .A partenogênese é o termo utilizado para designar o desenvolvimento de um embrião, de qualquer ser vivo sem a contribuição gênica paterna. São fêmeas que procriam sem precisar de machos que as fecundem. Este é um tipo de reprodução assexuada. Atualmente, a biologia evolutiva prefere utilizar o termo telitoquia, por considerá-lo menos abrangente que o termo partenogênese. Na beira do rio Amazonas e seus afluentes existem algumas espécies de lagartos só de fêmeas, a telitoquia é um evento comum. Para muitos estudiosos desse problema, a telitoquia nesses animais facilitaria a conquista de novos ambientes. É mais fácil fundar uma nova população só com uma fêmea, do que com uma fêmea e um macho. Para muitos evolucionistas as espécies puramente partenogenéticas, ou seja, que não se reproduzem de outra forma, tem uma vida evolutiva muito curta. Esta afirmação é muito discutida, pois hoje em dia existem grupos de seres vivos que se reproduzem exclusivamente de forma assexuada, como as bactérias, e são grupos que existem desde os primórdios da vida.
     .No ano 529 D.E.C., a Igreja católica fechou a academia do Platão em Atenas e começou a destruir todos os escritos gregos. Nesse mesmo ano se fundou a Ordem dos Beneditinos como a primeira grande ordem religiosa. Desta maneira o ano 529 se converte em um símbolo de como a Igreja católica pôs um fim na filosofia grega.
     .Todas as respostas que procuramos estão dentro de nós mesmos, ter medo é natural ao ser humano, porém é preciso tomar cuidado quando ele começa a ser uma justificativa para não agirmos e ficarmos esperando que as respostas e as soluções venham de algum lugar que não seja de nós mesmos afinal de contas, somos nós os responsáveis por nosso prazer, felicidade, realização pessoal, angústias, conflitos etc. Fazer o que a consciência pede não significa expor o desejo para o mundo, mas sim, tê-lo claro para nós. Pecado, errado é não aceitar que tudo na vida evolui e muda, as pessoas não gostam do que é novo pois tem preguiça de pensar e medo de mudar. Uma pessoa que pensa uma coisa e faz outra não pode ser feliz nunca, os conflitos internos não lhe deixam em paz, quanto maior a tristeza de uma pessoa  mais cedo ela morre. A águia pode viver até setenta anos, mas aos quarenta tem de escolher entre morrer e se renovar. Ela passa a se alimentar com dificuldades por causa das unhas longas e do bico muito curvado. Nesse momento, voar também exige esforço. Suas penas engrossam e as asas pesam muito em seu peito. O doloroso processo de renovação dura aproximadamente cento e cinqüenta dias. Protegida em um lugar alto, ela bate o bico em uma pedra até arrancá-lo. Cresce um novo e ela arranca as unhas. Com as novas, depena suas asas. Somente cinco meses depois da renovação, sai para seu vôo da vitória e vive por mais trinta anos.
     .Não podemos falar de sexo se não citarmos o médico austríaco judeu Sigmund Freud, pai da psicanálise (método de tratamento de desordens mentais e nervosas). Freud desmontou uma série de preconceitos e estudou profundamente a sexualidade,suas obras chocaram e ainda choca muita gente, ele afirmou que toda criança tem desejo de sexo pelo mesmo sexo (libido) e que esses desejos ficam adormecidos na mente o que provoca os distúrbios mentais. Suas explicações são rejeitadas pela maioria dos sexólogos e psicólogos de hoje que não aceitam a atração pelo mesmo sexo (homofobia).
   
Rubens Maso
Enviado por Rubens Maso em 02/11/2006
Código do texto: T280357

Comentários

Sobre o autor
Rubens Maso
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1 textos (708 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/14 15:24)