CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

TRECHO DO MEU LIVRO: AS CINCO COISAS QUE DEUS NUNCA VIU




                            Introdução:
O desejo de escrever um livro sobre esse assunto surgiu em meu coração alguns meses apos eu ter ministrado uma palavra com esse tema em minha igreja no culto de domingo, onde o Espírito Santo de Deus falou profundamente ao coração dos irmãos reunidos naquela noite.
As marcas dessa mensagem até hoje estão gravadas em mim e no coração de todos que tiveram a chance de ouvir aquela linda mensagem.
Hoje, meses depois, sinto o Senhor me inspirando para transformar aquela mensagem em um livro.
Assim, as pessoas que não estavam presentes para ouvirem aquela mensagem carregada de unção, poderão agora ler e sentir através das páginas deste livro o poder, a graça e a glória de Deus, que pudemos sentir naquele dia tão especial.
Não quero aqui ferir e nem quebrar nenhum princípio bíblico sobre a onipotência, onisciência e onipresença de Deus, quero apenas de forma simples, mas inspirada, mostrar ao leitor que existem sim: Cinco coisas que Deus nunca viu.
Antes que você feche o livro por estar com raiva de mim peço que você leia até o final essa obra e permita que o Espírito de Deus toque em você de uma forma sobrenatural.
Venha junto comigo nessa viagem surpreendente ao mundo de Deus e descubra com seus olhos e com o seu coração quais são as Cinco coisas que Deus nunca viu.
Deus abençoe o seu coração e sua vida e tenha uma ótima leitura em nome de Jesus.
Com amor em Cristo.
                                                                                                                             O autor
Capítulo 1 introdução: Os três atributos de Deus: Onipotência, Onisciência e Onipresença.
Deus possui muitos atributos que fazem dele um ser Divino, Majestoso e único no Céu, na Terra e debaixo da terra.
Ele possui três atributos poderosos e bastante conhecidos por todos nós do meio cristão.
ONIPOTÊNCIA, ONISCIÊNCIA E ONIPRESENCA.
ONIPOTÊNCIA
1º Atributo: A Onipotência. Deus é Onipotente, ou seja, ele tem todo o poder.
A palavra Onipotência significa: poder todas as coisas.
Tanto no Céu como na Terra e debaixo da terra Deus é onipotente e possui todo o poder.
Ele pode todas as coisas e não há nada que seu enorme poder não possa fazer e realizar, quando ele determina algo isto irá acontecer.
O Senhor Jesus no Evangelho de Mateus antes de se despedir de seus discípulos fez a seguinte afirmação da onipotência de Deus quando disse: “É me dado todo o poder no Céu e na Terra.” Mateus 28:18.
Nós não servimos a um deus qualquer e muito menos a um deus fraco e limitado, nós servimos a um deus Todo-poderoso.
A onipotência de Deus pode ser vista na criação do Universo.
Em Gênesis no capítulo 1 vemos Deus criando todas as coisas usando simplesmente o poder da sua palavra.
Ele disse: “Haja luz!” E houve luz.
Ele disse: “Haja firmamento!” E houve o firmamento.
E assim por diante ele foi criando todas as coisas pelo poder de sua palavra.
Deus é tão poderoso que não precisou mover um único dedo para criar a Terra e o Universo, ele simplesmente disse haja e houve.
Há poder nas palavras de Deus, sua boca é uma fonte de poder que não para de jorrar.
Imagine o poder que há nas palavras que Deus disse a seu respeito?
Se você tem palavras de Deus na sua vida, elas com certeza vão se cumprir e nada vai impedir o cumprimento de todas elas.
“Pois para Deus nada é impossível.” (Lucas 1:37).
Muitos de nós simplificamos essa verdade e achamos que tal palavra é natural.
Vivemos dias em que infelizmente a palavra de Deus já não tem sido tão valorizada.
Quando o anjo Gabriel veio do céu para dar as boas novas à Maria, mãe biológica de Jesus, que ela havia sido escolhida por Deus para gerar o Messias, que o povo de Israel esperava por tanto tempo, ela demorou a entender os propósitos de Deus para com ela e ainda de forma inocente questionou ao anjo Gabriel sobre como uma coisa tão grandiosa e milagrosa aconteceria.
O anjo explicou tudo para Ela, pacientemente, passo a passo, Daquela que seria a maior e mais importante das gestações que o mundo havia de presenciar.
Depois de explicar tudo, Gabriel cita o nome da prima de Maria, Isabel, esposa do sacerdote Zacarias, que durante anos foram impedidos de ter filhos por causa da esterilidade de Isabel e da idade avançada de ambos, mas agora a história era diferente e o anjo disse à Maria: “Até Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice, sendo este o sexto mês para aquela que era considerada estéril”.
Nem mesmo a esterilidade pôde impedir o agir de Deus na vida de Isabel.
Ela concebeu e foi mãe de um dos maiores profetas da Bíblia Sagrada, foi mãe do grande profeta João Batista.
A onipotência de Deus rompeu com a esterilidade do ventre de Isabel.
É assim que Deus faz, ele faz nascer de onde não há possibilidade alguma de nascer.
Quando Deus rompeu aquela barreira na vida de Isabel ele demonstrou a sua onipotência.
Há varias referências bíblicas que afirmam a onipotência de Deus e por toda a Bíblia Sagrada podemos ver Deus afirmando o seu poder sobre todas as coisas.
É interessante notar que o Senhor Jesus afirma que foi dado a Ele todo o poder, note que não foi dado a Ele apenas metade do poder ou 50% do poder ou ainda 99% do poder.
Jesus afirma que foi dado para Ele todo o poder, ou seja 100% do poder e tem mais um detalhe: Todo o poder foi dado a Ele tanto no Céu como na Terra.
Ele tem poder no Céu e na Terra, então não há um lugar sequer que esteja fora da soberania de Deus em Jesus Cristo.
Deus é o todo poderoso tanto no Céu como na Terra e nada está fora do alcance de seu poder eterno e imutável.
Portanto baseado nesta verdade você pode se alegrar e confiar no Deus que você serve porque ele tem poder sobre todas as coisas tanto no Céu como na Terra, glória a Ele pelos séculos dos séculos, amém.
Pense na honra e no privilégio que você tem de servir a um Deus como este que tem todo o poder no Céu e na Terra.
Outra referência que quero citar se encontra em Gênesis 18:14 que diz assim: “Há, acaso, alguma coisa demasiadamente difícil para o Senhor?”
Esta frase foi dita pela boca do próprio Deus para a esposa do patriarca Abraão que por causa de sua incredulidade, duvidou da promessa de que ela seria mãe de uma poderosa nação e que mesmo sendo velha e estéril seria ainda mãe de muitos filhos.
Ela tinha todos os motivos do mundo para não acreditar, afinal de contas eles já estavam bem velhinhos e ela era estéril desde o ventre e a promessa de ter um filho já alcançava a casa dos 25 anos de espera. Não é de se estranhar que Sara tivesse esta atitude diante da promessa de Deus; mas, o Senhor não permitiu que a incredulidade de sua serva atrapalhasse seus planos para ela e nada, nem mesmo o tempo, a velhice de ambos e ainda a falta de fé de Sara poderia anular o poder da palavra de Deus que uma vez liberada se cumprirá, custe o que custar, passe o tempo que passar, ela vai se cumprir, pois é a palavra de Deus.
No tempo determinado por Deus, um ano, passou, e Sara e Abraão tiveram seu tão esperado filho a quem eles chamaram de Isaque, nome que significa: riso ou sorriso.
Cumprindo a sua palavra Deus mostrou para aquele casal que além de ser fiel às suas promessas ele também era poderoso para cumprir o que havia prometido.
Quero te dizer que Deus é fiel e poderoso para cumprir o que ele te prometeu. Mas você deve estar se perguntando como isto que eu afirmo com tanta fé pode ser verdade.
É simples: O livro que você agora está segurando em suas mãos é uma das provas disto.
Este livro nasceu debaixo de muita oração e jejum e acima de tudo nasceu porque era fruto de uma promessa de Deus.
Deus, sem dúvida nenhuma, é Todo-poderoso.
ONISCIÊNCIA
2º atributo: A onisciência, a capacidade de conhecer e saber todas as coisas.
O segundo atributo de Deus é a sua onisciência, ou seja, Deus conhece todas as coisas e Deus sabe todas as coisas.
Certa vez um grande amigo e irmão na fé me disse que ninguém pode pegar a Deus de surpresa.
Isto e uma grande verdade.
Em hipótese alguma, em ocasião nenhuma Deus será surpreendido.
Cada gesto que fazemos, cada som que sai de nossa boca, cada passo que damos, cada vez que dormimos e que nos levantamos, cada ação que praticamos, cada pensamento por mais simples ou complexo que seja, está descoberto diante da face de Deus.
Não há nada que Deus não saiba, ele sabe de tudo antes mesmo de acontecer.
Há algum tempo atrás Deus deu um grande livramento para meu primo em um acidente de moto que ele sofreu.
Durante um mês mais ou menos eu me sentia profundamente “incomodado” para orar por ele.
Todos os dias eu orava e apresentava a vida dele diante do Senhor.
Passado esse tempo de oração o acidente acabou acontecendo, mas ele não chegou a falecer, graças a Deus, ele teve apenas ferimentos leves e a sua vida foi milagrosamente poupada.
Através da vontade de orar que Deus pôs em meu coração o livramento pode se manifestar na vida dele.
Deus, de alguma forma já sabia que esse acidente iria acontecer, mas ele precisava que alguém orasse para que ele pudesse agir.
Eu como ser humano falho e limitado que sou jamais sentiria que algo terrível assim estivesse prestes a acontecer, mas o Senhor que é onisciente já sabia. E através da oração e da intercessão a morte não o destruiu.
O Salmista Davi, adorador, homem segundo o qual, o coração de Deus, nos Salmos de número 139, declarou apaixonadamente o seguinte:
“Senhor tu me sondaste e me conheces.
Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
Esquadrinha o meu andar e o meu deitar, conheces todos os meus caminhos.
Sem que haja uma palavra na minha língua, o Senhor, tudo conheces.
Tu me cercaste em volta; pusestes sobre mim a tua mão”. (Salmos 139:1-5).
Que declaração linda, profunda e completa sobre a onisciência de Deus.
O Senhor realmente é onisciente e sabe todas as coisas.
Davi disse que Deus conhecia o seu assentar e o seu levantar e que de longe o Senhor entendia o pensamento que Davi iria dizer antes mesmo que a palavra saísse de sua boca.
Da mesma forma hoje Deus nos conhece.
Davi morreu, seus salmos ficaram registrados na história, mas o Deus a quem Davi se referiu continua o mesmo.
Onisciente, conhecedor e sabedor de todas as coisas.
A onisciência de Deus ultrapassa a nossa compreensão humana e limitada.
Em Mateus 6:8. O Senhor Jesus estava ensinando para os Seus discípulos sobre a verdadeira oração que agrada o coração do Pai e que chega até os Seus ouvidos e Ele disse o seguinte para eles: “Pois vosso Pai sabe do que necessitais antes de lho pedirdes””.
Medite nesta frase de Jesus.
Ele disse que o nosso Pai sabe do que necessitamos antes mesmo de nós pedirmos.
Ao afirmar isto Jesus estava confirmando as palavras de Davi que estão nos Salmos 139 que também diz que antes que a palavra saia de nossa boca ele já a conhece.
Deus é sem dúvida nenhuma, onisciente e Ele nos conhece como a palma de suas mãos e cada detalhe de nossas vidas Ele conhece profundamente e não há nada que Ele não saiba a nosso respeito.
ONIPRESENCA
3º Atributo de Deus: A onipresença, a capacidade de estar em todos os lugares ao mesmo tempo.
Você já teve que abrir mão de um compromisso ou de uma agenda por causa da incompatibilidade de horários?
Ou já teve que mandar um representante para ir em seu lugar a alguma reunião?
Você já teve vontade de estar em dois lugares ao mesmo tempo?
Creio que todos nós já passamos por situações assim.
“Não sei se vou à festa ou se fico em casa; não sei o que faço primeiro: se lavo as roupas ou se arrumo a casa; não sei se espero ele chegar ou se vou à frente; tenho tantas coisas para fazer, mas sou apenas um e não posso estar em dois lugares ao mesmo tempo; puxa vida como queria que existissem dois de mim, assim daria para fazer muitas coisas em um dia só”.
Quem nunca pensou dessa forma?
Na verdade todos nós já passamos por situações assim, e desejamos algum dia sermos dois ao invés de um, assim daria para estarmos em dois lugares ao mesmo tempo.
Mas como somos simples seres humanos o máximo que podemos fazer é sonhar com tal possibilidade.
Por sermos matéria estamos presos ao tempo e ao espaço, limitados por um corpo físico.
Mas com Deus as coisas são totalmente diferentes e ele sim, pode estar não só em dois lugares diferentes, mas ele pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo.
A sua onipresença lhe garante isto.
E além do mais a palavra diz que Deus é Espírito. (João 4:24), (2 Coríntios 2:17).
Ele não tem um corpo físico que o limite como o nosso, por ser Espírito, Ele não está limitado ao tempo e nem ao espaço.
Deus não está somente dentro da igreja no momento em que nos reunimos como corpo de Cristo para cultuá-lo e adorá-lo, Deus está em nossa casa, em nossa rua, em nosso colégio, em nosso carro, Deus está até no ar que respiramos.
O apóstolo Paulo destacou essa verdade, quando esteve em Atenas, pregando o evangelho do reino de Deus para aquele povo idólatra e religioso.
E no capítulo 17 de Atos versículo 27 ele disse assim: “Deus fez isto para que O buscassem, e talvez, tateando O pudessem achar, ainda que não esteja longe de cada um de nós”.
Ele diz que Deus não está longe de cada um de nós.
Muitas pessoas, inclusive alguns cristãos têm na sua mente a imagem de Deus como um ser distante e inalcançável impossível de ser visto e de ser sentido.
Eles imaginam Deus em um trono, assentado sobre os querubins, sério e indiferente aos seus sofrimentos, imaginam um Deus distante deles, a milhões de anos luz e que só se manifesta quando é para repreender e castigar a humanidade.
Se você tem esta visão sobre Deus em sua mente como eu já tive, eu quero te desafiar a mudá-la, pois esta não é e nunca será a realidade sobre o caráter e sobre a bondade de Deus.
Deus é muito santo para ser medido e julgado por nós, simples seres humanos.
Foi isto que o apóstolo Paulo fez na cidade de Atenas.
Ele veio para mudar a visão daquelas pessoas acerca de Deus, veio para mostrar para elas que Deus não estava longe demais e que Ele estava mais perto do que elas imaginavam.
Eu acredito que Paulo se levantou, procurou um banquinho para subir, pois ele era de baixa estatura e fez o seguinte discurso para aquela multidão: “Senhoras e senhores, ilustres de Atenas. É um grande prazer estar aqui com vocês nesta cidade maravilhosa.
Sou um servo do Deus vivo e vim para lhes anunciar a boa nova da salvação em Jesus Cristo.
Vocês são um povo bastante religioso e pelos templos que estão construídos vejo que vocês querem ter um encontro com Deus.
Mas vejo também que vocês servem a um deus distante.
Um deus que nunca está satisfeito com seus sacrifícios, um deus que não se importa com os seus problemas e que não admite ser incomodado.
Por outro lado eu quero lhes apresentar o verdadeiro Deus, o único e insubstituível.
Ele é o Criador dos Céus e da Terra, do Mar e de tudo o que neles há.
E além de criar todas as coisas ele também criou, com seu poder para o louvor da sua glória, cada um de nós, e todos nós sem exceção somos feituras suas e obras das suas mãos.
Vocês acham que um pai pode esquecer-se de seu filho, que ele criou com tanto carinho? Ou ainda que uma mãe possa abandonar o filho de seu ventre? Mais ainda, que este pai e que esta mãe se esqueçam de seus filhos, Deus jamais se esquecera de nós e jamais se escondera da sua criação.
Ele não está longe de cada um de nós, pelo contrário, Ele está mais perto do que possamos imaginar. E através da morte de seu Filho Jesus Cristo, Ele abriu as portas do céu para que possamos entrar a hora que quisermos e ainda nos garantiu que tudo o que lhe pedirmos em nome de Seu Filho amado, Ele nos dará.
Pelo sangue de Jesus, fomos feito Seus filhos também e hoje podemos chamá-Lo de Pai, Aba-Pai.
Ele não está longe de cada um de nós, pois agora, ele mesmo, através do Espírito Santo habita dentre de nós e hoje somos o seu templo”.
Eu começo aqui a imaginar o silêncio que pairou sobre aquele lugar naquele momento, as lágrimas que rolaram pelos rostos de mulheres sensíveis e piedosas, o olhar de todos fixo naquele pequeno, porem gigante pregador.
Aquelas palavras foram as mais lindas que eles já tinham ouvido em toda a sua vida e nem mesmo os livros dos maiores filósofos de Atenas se comparava com aquelas palavras ditas pelo apóstolo Paulo.
Realmente foi um dia de muita emoção e de muita salvação.
Deus estava presente naquele lugar como eles nunca haviam sentido, Deus agora era real e podia ser tocado e abraçado, uma forte unção veio sobre todos, a nuvem da presença de Deus, a sua Sheknha, estava ali.
Além de serem criaturas de Deus eles poderiam chamar o grande e poderoso Deus de Pai, Aba-Pai, e o templo físico não era mais o lugar da sua habitação, pois agora Deus habitava em seus corações.
É isto que eu quero que você amado leitor entenda.
Deus não está longe de nós, ele está mais perto do que você imagina e sempre que você clamá-Lo, Ele virá te socorrer.
Por outro lado há cristãos que agem na contramão dessa verdade e vivem suas vidas como se Deus estivesse somente dentro da igreja e consideram o templo físico de cimento e tijolos como um lugar sagrado dizendo a si mesmos: “Tenho que ter temor e reverência, pois estou dentro da casa de Deus”.
Concordo que a casa de Deus deve sim ser respeitada e reverenciada, mas do que adianta temer a Deus dentro da igreja e fora dela não temê-Lo?
De que adianta ser um exemplo de cristão dentro da igreja e não dar testemunho dentro no seu próprio lar?
Deus não suporta a hipocrisia e nem pessoas de duas faces, pois a palavra do Senhor diz que a nossa palavra deve ser sim sim e não não, o que passar disto vem do maligno. (Mateus 5:37).
Portanto, não há nenhum lugar na face da terra em que Deus não esteja presente.
Por onde formos, independente da distância, da altura ou da profundidade Deus estará presente e por onde quer que formos, nos encontraremos com Ele. (Salmos 139:7-12).
Não importa o solo que estejamos pisando: Americano, australiano, japonês, angolano, africano etc. Durante 24 horas por dia estamos na presença de Deus.
No mesmo salmo 139 Davi continua mostrando a todos nós que ele realmente conhecia ao Senhor, quando ele destaca e cita mais uma vez a onipresença de Deus.
“Para onde me irei do Teu Espírito? Para onde fugirei da Tua face?
Se subir ao Céu, Tu estás; se fizer nas profundezas a minha cama, Tu ali também estás.
Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, ainda ali a Tua mão me guiará e a Tua destra me susterá.
Se eu disser: Decerto que as trevas me encobrirão, e noite será luz à roda de mim, nem ainda as trevas são escuras para Ti; a noite resplandece como o dia, pois as trevas e a luz são para Ti a mesma coisa”. (Salmos 139:7-12).
A “inocência” de Adão e Eva após a queda foi pensarem que depois de comerem do fruto proibido eles poderiam esconder-se de Deus entre as árvores do jardim. (Gênesis 3:8).
Engano deles, pois de Deus não tem como esconder absolutamente nada, nenhum pecado, por mais grave e horrível que seja fica oculto aos olhos de Deus.
Tudo está nu e patente aos olhos Daquele a quem havemos de prestar contas. (Hebreus 4:13).
A “inocência” da humanidade hoje é acreditar que podem esconder da face de Deus os seus atos pecaminosos como se Ele não estivesse vendo e como se Ele não fosse julgar a cada um deles.
Para Deus não existem crimes perfeitos e nem suspeitos desconhecidos.
Tudo está claro e transparente diante de seus olhos.
Os ímpios deste mundo agem dessa mesma forma até hoje, seguindo o exemplo de Adão o primeiro homem caído.
Cometem pecados e mais pecados pensando que Deus não está vendo e que não haverá castigo e nem condenação para as obras más que praticam; roubam, aceitam subornos, tiram da boca dos famintos o pão de cada dia, vivem como se nunca fossem morrer e como se o mundo fosse deles e acham que podem fazer o que quiserem.
São como os homens que Davi cita em Salmos 94:1-11, fazem as maldades e pensam que Deus não está vendo e que Ele jamais vai pesar na balança as suas obras.
Mas este é um engano de satanás e muitas são as pessoas que estão caindo nesta armadilha.
Portanto não viva como se o mundo fosse seu e que tudo que você faz seja certo, ou errado, não esteja descoberto diante de Deus, pois há um dia em que o Senhor ira julgar o mundo e as obras dos homens serão pesadas e recompensadas (João 5:28-30), pense nisto.


"Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9.610 de 19-02-98/98. violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do código penal brasileiro" .
vandovidaluz
Enviado por vandovidaluz em 23/05/2011
Código do texto: T2988702

Comentários

Sobre o autor
vandovidaluz
Senador Canedo - Goiás - Brasil, 29 anos
9 textos (1588 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/14 12:52)