Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
FUNÇÃO SOCIAL DIANTE DA
CONSTITUCIONALIZAÇÃO DO DIREITO

 
O mundo tem sofrido profundas transformações nas últimas décadas, principalmente no que diz respeito à preservação do meio ambiente. Em outras épocas este assunto era tido como mero instrumento para agrupar pessoas e chamar a atenção da sociedade. Até que a coisa ficou séria e passou ser uma necessidade para sobrevivência futura.
 
Hoje o assunto é acessibilidade
 

Fala-se muito em inclusão social, mas ainda há uma enorme barreira para os deficientes físicos e, principalmente, os cadeirantes, que têm enorme dificuldade de circularem pela cidade.

Já existem diversos programas e serviços voltados ao atendimento das necessidades especiais, mas ainda faltam mecanismos que incluam os deficientes aos meios sociais. Falta a eles um sistema que os permita acompanhar o ritmo dos ditos normais.

Uma gama de fatores sociais, econômicos e políticos dificultam a vida do cadeirante no convívio social. A cultura do cidadão brasileiro ainda está longe de ser solidário à causa.
 
As dificuldades transformam os seus
caminhos em uma jornada difícil


Andar de ônibus no Rio não é uma tarefa fácil, ainda mais para as pessoas com dificuldade na deambulação. As barreiras são muitas com os cadeirantes. Desde o momento em que eles saem de casa até chegarem a seus destinos, eles enfrentam calçadas sem acesso facilitado, lugares sem rampas etc. Algumas empresas já adotam a acessibilidade como fator integrante dos seus projetos, incluindo em suas instalações, rampas, banheiros e todo aparato que facilite a vida de quem precisa usar cadeira de rodas ou que não consiga se locomover facilmente. Contudo, ainda estamos longe de encontrar no Brasil o mesmo respeito e atenção que alguns países da Europa, por exemplo, têm com seus habitantes.
 
INCLUSÃO SOCIAL E ACESSIBILIDADE NAS ESCOLAS


 

Alguma escola já adota projetos de inclusão social como prioridade. A Escola Técnica Estadual João Luiz do Nascimento, em Nova Iguaçu, é uma referência, pois tem como conceito a integração social e o encara como um desafio a ser superado na construção de uma sociedade mais justa.

A ETEJLN é uma escola da FAETEC, e o atual diretor Pedro William permitiu a construção adaptada para todas as salas de aula da unidade, como banheiros e rampas na entrada e na subida para o segundo pavimento.
 

A ETEJLN entende que ainda estamos muito longe de encontrar no país um acesso livre e capaz a todos os deficientes e pessoas que possuam algum tipo dificuldade de locomoção, sejam motores, visuais ou causada por doenças crônicas e invalidantes. A iniciativa tem como objetivo aumentar a integração da pessoa deficiente com a escola, promover mais sociabilidade e despertar a atenção da opinião pública para quem não oferece estrutura adequada aos mesmos.

Há alguns anos o Jornal Impacto (http://www.impactonline.com.br) vem se dedicando a possibilitar a todos, segurança, como também a garantir os direitos humanos, pra que todos possamos viver com dignidade.

Atualmente vivemos um momento em que se procura construir uma sociedade aberta a todos, com respeito à diversidade e atendendo aos interesses de todos os cidadãos. O "Impacto", através de seus diretores, tem divulgado matérias sobre acessibilidade. Nossa meta é apoiar quem merece, e todos nós somos merecedores de carinho, atenção e respeito.
LUIZ G MARTINS
Enviado por LUIZ G MARTINS em 04/08/2011
Reeditado em 07/12/2011
Código do texto: T3140188
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LUIZ G MARTINS
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
83 textos (6980 leituras)
5 e-livros (95 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/17 03:59)
LUIZ G MARTINS