CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto
A “QUEDA” DAS MURALHAS DE JERICÓ É UM EMBUSTE

As muralhas de Jericó foram destruídas por diversos TERREMOTOS.

E a mitológica “Tomada de Jerico”, Cidade da Cisjordânia, perto de Jerusalém, na borda setentrional do mar Morto, e que descreve a queda das Muralhas de Jericó, realizada ao toque das trombetas de chifre de carneiros, onde se fez desabar as poderosas Muralhas de Jericó; é só mais outra falcificação.

Sendo que a prostituta Raabe, usando uma corda, permitiu que os soldados de Josué subisse até os seus aposentos, e depois abrissem as portas das muralhas...

A lenda narrada pelo livro de Josué, (o sexto das Escrituras Hebraicas), e que descreve a queda das Muralhas de Jericó, realizada ao toque das trombetas de chifre de carneiros, onde se fez desabar as poderosas Muralhas de Jericó; é só mais um embuste religioso; pois as lendárias Muralhas de Jericó não foram derrubadas por 07 trombetas insignificantes, feitas com chifres de carneiros, e sim, postas abaixo por diversos TERREMOTOS.

Além da arqueologia nos oferecer uma “janela” com vista para o passado, os relatos bíblicos sobre a triunfal chegada dos hebreus aos vales férteis de Canaã e a conquista de Jericó, não passam de “Contos da Carochinha”, com a missão de engrandecer os supostos poderes do Deus YHWH; pois Jerico, atual Cisjordânia, é uma das Cidades mais antigas, com cerca de 11.500 anos.

Para detonar a mitologia da queda das Muralhas de Jericó, basta lembrar que:

As Muralhas de Jericó eram DUPLAS.
Os 2 muros ficavam separados um do outro por cerca de 5 metros.
As Muralhas eram tão LARGAS que a prostituta Raabe morava na Muralha.
A Muralha externa tinha cerca de 2 metros de ESPESSURA, e a muralha interna tinha cerca de 4 metros de ESPESSURA...

Como a Mesopotâmia tinha poucos penhascos, poucas montanhas, e poucos obstáculos naturais, os antigos viviam brigando com os vizinhos, e ergueram diversas muralhas...

Para conseguir que os hebreus deixaram de ser um povo errante, sem Leis e que fazia dos desconhecidos um inimigo, a Bíblia inventou que YHWH mandou que, 07 sacerdotes, durante 07 dias e 07 noites, tocando 07 shofarins (plural de shofar, uma corneta feita com chifre de carneiro), junto com 7 soldados e carregando a Arca da Aliança, rodeassem a Cidade de Jericó...

E até hoje afirma que no sétimo dia, depois da sétima volta, as Muralhas de Jericó desabaram...

Outra alegação difícil de ser moralmente justificada é o relato existente em Josué 06,19, onde se lê que, Todos á vida existente na Cidade de Jericó foi assassinada, Jericó foi queimado, e que toda a prata, ouro e objetos de bronze existentes na Cidade de Jericó foram consagrados ao Senhor, passando a fazer parte dos “TESOUROS DE DEUS”...

Para facilitar o turismo religioso, a Jericó atual fica a 8 Km a Oeste da antiga Jericó da época de Josué; na Orla oriental de Gor, a 10 Km do Rio Jordão; sendo que os Palestinos a chamam de AIN ES-SULTAN, e os Judeus a chamam de FONTE DE ELISEU.
 


 
Lisandro Hubris
Enviado por Lisandro Hubris em 15/12/2011
Reeditado em 10/02/2013
Código do texto: T3390726
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Lisandro Hubris
Não Interessa - Açores - Portugal, 89 anos
325 textos (85567 leituras)
31 e-livros (14404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/14 18:15)