Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Educação: socialização, instrução e auto-educação

A educação, em sentido lato, compreende todos os processos, institucionalizados ou não, que tem como objetivo transmitir aos membros da sociedade determinados conhecimento e padroes de comportamento com a finalidade de garantir a continuidade da cultrua e da sociedade.

Em todas as culturas encontramos, intrinsicamente, os mecanismos da sua prória perpetuação, através de certas normas de ação. Estas normas determinam algumas relações b´asicas entre seua participantes. Se a cultura é simples, as regras pedagógicas consistem apenas em atos rotineiros que visam manter a autoridade dos mais velhos. Culturas mais complexas necessitam de regras pedagógicas expressas. Tais necessidades podem acentuar-se a ponto de fazer surgir um sistema de conhecimentos especializados que se relacionam com o mecanismo de transmissão cultural.O caráter institucional da educação torna-se cada vez mais emergente, manifestando-se na sua forma mais concreta: a escola.Podemos
considerar, portanto, dois aspectos da transmissão da cultura e da educação como parte integrante da própria cultura.

A SOCIALIZAÇÃO, enquanto processo de inserção do indivíduo no grupo, torna-o apto à vida social.À medida que a socialização implica a dominação de certos impulsos indesejáveis pela sociedade pode ser vista também como uma série de ajustamentos a determinados padrões culturais.É através deste processo que o indivíduo adquire a maneira de pensar, sentor e agir de um grupo ou, ao mesmo tempo, de vários grupos.

A INSTRUÇÃO, por sua vez, irá instrumentalizar o indivíduo de conhecimentos sistematicamente organizados, capacitando-o para uma nova visão do mundo, a partir de teorias cientificamente elaboradas.

A auto-educação é um processo de auto-conhecimento que tem por finalidade desenvolver no homem os valores da natureza humana; porquanto a natureza humana existe em cada indivíduo apenas em forma de potencialidades.

Após adentrar na cultura, através do processo de socialização e na ciência, através do processo de escolarização, o indivíduo, não necessariamente, estará habilitado a auto-conhecer-se (o auto-conhecimento está no campo da consciência).Iniciará a partir desta aquisição o processo de auto-conhecimento, que consistirá em criar em si mesmo o homem integral.

O homem de ciência, diz Einstein, descobre as leis da natureza, mas o homem de consciência realiza valores dentro de si mesmo.


ivaldo de brito cavalcanti
Enviado por ivaldo de brito cavalcanti em 17/09/2005
Código do texto: T51175
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ivaldo de brito cavalcanti
Paulo Afonso - Bahia - Brasil, 65 anos
2 textos (1564 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:16)