Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O espírito de limpeza


Hoje eu acordei com disposição mental para limpar um novo terreno que adquiri. Nem sempre estamos com esse estado de espírito. Sujar, nós sujamos o tempo todo.
O volume de lixo produzido pela humanidade é uma calamidade. Só para termos uma ideia, cada pessoa produz em média 1,5 kg de lixo por dia. O mundo tem mais de sete bilhões de pessoas, o que significa uma produção diária de aproximadamente onze milhões de toneladas de lixo por dia. São quase cinco bilhões de caminhões de lixo (2,4 ton) coletados por dia. E esse lixo, meus queridos, está espalhado por todo lado, poluindo o ar e as águas, servindo de alimento para animais peçonhentos e vetores de inúmeras das doenças que atingem a humanidade. Então... Limpar pelo menos o espaço que nós ocupamos nesse planeta, com certeza deve mesmo ser a nossa obrigação, ainda que nós não gostemos de fazer esse trabalho.
E então pus as mãos na obra. Passei a manhã toda nessa faxina. É de encabular a tranqueira que fui encontrando: panelas, garrafas, sofá velho e até uma geladeira. É muito lixo. E o pior! Várias dessas coisas estavam acumulando água e servindo de criadouro para mosquitos e outros insetos transmissores de doenças. Eu não consegui terminar a limpeza hoje. Vou ter que continuar em outro dia. Mas, com certeza, eu tenho que continuar esse trabalho. E cada um de nós que estiver em situação semelhante, também precisa fazer a sua parte.
Vejamos uma notícia que colhi da internet, publicada pelo site UOL, no dia 07/11/2014 (http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/11/07/idosa-acumula-102-toneladas-de-lixo-em-limeira-sp.htm):
Uma força-tarefa da Prefeitura de Limeira (150 km de São Paulo), no bairro Vila Queiroz, retirou 102 toneladas de lixo de dentro da casa de uma idosa de 64 anos. O mutirão de limpeza e retirada dos resíduos levou oito dias e lotou 44 caminhões. O material, que tomava os seis cômodos e o quintal da residência, foi levado ao aterro municipal. O mutirão de limpeza removeu garrafas pet, caixas de papelão, embalagens vazias, panos, roupas sujas, além de móveis antigos, tecidos, bolsas, itens de cozinha, entre outros. O quarto da idosa, por exemplo, estava tomado por lixo. O único lugar que não tinha resíduo acumulado era a cama, mas mal dava para entrar no cômodo, lotado de roupas, caixas de papelão, toalhas e panelas.
Meus queridos... Antes de continuarmos falando sobre o ânimo de limpeza que precisa tomar conta de todos nós, eu quero refletir um pouco sobre a atuação do homem no mundo, por conta da qual, certamente, vem sendo produzida toda essa montanha de lixo.
Então vejamos...
Desde que Deus criou o mundo e o colocou no caminho do homem, para que este o conquistasse e o dominasse com tudo o que nele existisse, isso vem sendo tentado, geração após geração, sem que se obtenha êxito pleno nessa missão.
As dificuldades de conquista e domínio do mundo decorrem de suas constantes transformações. O processo evolutivo não para. O crescimento da população idem. E, combinando essas duas variáveis, nós temos inúmeras frentes de criação que fazem com que o mundo se renove a cada manhã, levando-nos a um eterno recomeço, ainda que a cada dia, com mais conhecimento, com mais preparo e, portanto, com mais condições de chegar mais próximo dos resultados desejados.
A Bíblia nos orienta em Romanos 12:2, dizendo-nos para que não sejamos “conformados com este mundo”, mas que sejamos transformados pela renovação do nosso entendimento, para que experimentemos qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
O conformismo é uma praga que trabalha contra o progresso e o desenvolvimento da humanidade. Nada é pior do que aquela pessoa desalentada, sem esperança de coisa melhor e que responde às nossas injeções de ânimo dizendo que já está satisfeita com o que Deus lhe deu.
Meus queridos... Ser inconformado, não significa ser meramente ambicioso e sedento de poder e de riquezas. Não é nada disso. Quem pensa desse modo é um egoísta que só vê a si mesmo e que está desvirtuando o plano divinamente estabelecido para a vida humana.
Deus nos deu foi um espírito de conquista, de domínio, de progresso, de desenvolvimento e de crescimento, para que a vida de todos seja cada dia melhor, com mais qualidade e com menos desigualdades. O plano de Deus é nos desenvolvamos até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Efésios 4:13.
A Escritura diz no livro de Gênesis, que criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento. E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi. E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom, Gênesis 1:27-31.
Deus quer nos ver ativos, envolvidos em atividades novas. Ele quer que nós, dia a dia, sejamos transformados em nossa forma de pensar e agir, pela incorporação dos novos conhecimentos que adquirimos a cada instante. Deus quer nos ver vivendo felizes, bem, com conforto, com saúde e em harmonia com a criação que ele fez para que essa sua boa vontade fosse realizada.
A criação de Deus é espetacular e Ele quer que nós tenhamos domínio sobre ela. E desse domínio depende todas as soluções para os problemas que nos afligem cotidianamente, como por exemplo, a cura das doenças e a alimentação, dois problemas destacados na Bíblia, cuja solução vem através de uma planta.
Sim, uma planta!
Quando João fala, no Apocalipse, sobre o novo céu, a nova terra, a nova Jerusalém e todo o mundo novo que ressurgirá no lugar desse mundo que hoje existe e que então já será passado, ele destaca a árvore da vida, dizendo o seguinte:
No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações, Apocalipse 22:2.
Nossos problemas devem ser vistos como desafios, e em cujas soluções devemos envidar nosso tempo, nossos esforços e nossa vida. E quando digo “nossos”, não estou dizendo apenas “meus”, como se fossem meus problemas particulares. Não! Por nossos problemas eu quero entender os problemas enfrentados pelo homem, enquanto humanidade, aos quais todos, mas todos mesmos, sem distinção, possuem a grande responsabilidade de equacionar, resolver, desfrutar do benefício das soluções e, igualmente, possibilitar que outros também desfrutem...
A vida humana na Terra é como uma corrida, a qual começa com o nascimento e só termina com a morte. Enquanto vivermos, devemos participar da corrida, com entusiasmo, com vontade, com disposição para vencer... Não pensando apenas em si mesmo ou eu seu próprio umbigo. Mas, vencer por todos. A nossa vida deve ser uma vida de amor, com cada um pensando primeiramente no seu próximo, a quem tem a grande missão de amar.
Mas, voltemos ao nosso lixo de cada dia...
Segundo o IBGE, 60% do lixo brasileiro é orgânico, dentro do qual vamos encontrar os restos de comida e as folhas de árvore. A maior parte desse lixo não deveria ser lixo. Comida foi feita para ser comida e não para se jogar fora. Deus nos legou toda a capacidade produtiva da terra para que nós nos alimentássemos e não para que esbanjássemos ou jogássemos no lixo.
Em reportagem de Mônica Vilella, da Rádio ONU, as Nações Unidas publicaram em 06/01/2013, um Relatório sobre as dez coisas que cada um de nós precisaria saber sobre a fome em 2013. São elas:
1. O mundo tem cerca de 870 milhões de pessoas que não têm o necessário para comer para levar uma vida saudável. Isto significa que uma em cada oito habitantes do globo vai para a cama, todos os dias, passando fome. (Fonte: FAO, 2012)
2. O número de pessoas vivendo com fome crônica baixou para 130 milhões nas últimas duas décadas. (Fonte: FAO, 2012)
3. A maioria do progresso contra a fome foi alcançada antes de 2007/2008, quando ocorreu a crise econômica global. Desde então, os avanços na redução do problema foram desacelerados e estagnados. (Fonte: FAO, 2012)
4. A fome é o problema número 1 na lista dos dez maiores riscos de saúde. Ela mata mais pessoas todos os anos que doenças como Aids, malária e tuberculose combinadas. (Fontes: Unaids, 2010; OMS, 2011)
5. A má nutrição está ligada a um terço da morte de crianças com menos de 5 anos nos países em desenvolvimento. (Fonte: Igme, 2011).
6. Os primeiros mil dias da vida de uma criança, da gravidez aos dois anos de idade, são fundamentais para o combate à má nutrição. Uma dieta apropriada, nesta época da vida, protege os menores de nanismos físico e mental, que podem resultar da má nutrição. (Fonte: Igme, 2011).
7. Custa apenas US$0,25 por dia para garantir que uma criança tenha acesso a todos os nutrientes e vitaminas necessários ao crescimento saudável. (Fonte: Igme, 2011). Hoje, com o dólar na casa dos R$ 3,00, isso seria R$ 0,75 de real.
8. Se mulheres, nas áreas rurais, tiverem o mesmo acesso à terra, à tecnologia, à educação, ao mercado e aos serviços financeiros que os homens têm, o número de pessoas com fome poderia diminuir entre 100 e 150 milhões. (Fonte: FAO, 2011)
9. Até 2050, as mudanças climáticas e os padrões irregulares da temperatura terão colocado mais 24 milhões de pessoas em situação de fome. Quase metade destas crianças estará vivendo na África Subsaariana. (Fonte: PMA, 2009)
10. A fome é o maior problema solucionável do mundo.
Meus queridos... Diante de um quadro desses, como é que se pode pelo menos pensar em jogar comida fora? Não dá, não é verdade, mas nós jogamos.
Deus nos deu um universo fantástico para habitarmos, conquistarmos e dominarmos, tirando dele as nossas possibilidades de sobrevivência com qualidade. No entanto, nós estamos acabando com as potencialidades do primeiro planeta, sem que ainda tenhamos descoberto outro planeta com possibilidade de ser habitado pela humanidade.
Enquanto isso, jogamos comida fora, descartamos roupas, calçados, carros, móveis e tantas outras coisas que ainda poderiam ser uteis por muitos e muitos anos.
E oramos a Deus pedindo que Ele resolva o problema da fome no mundo, bem como das doenças e males que nos afligem todos os dias. E nem sempre temos as respostas que desejamos.
Assim diz a Bíblia: Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites, Tiago 4:3.
Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça, Isaías 59:1-2.
Descartar o que é útil no lixo é um crime contra a humanidade; é um pecado contra o nosso próximo que tem necessidade.
A limpeza do nosso terreno, a redução na quantidade de lixo que produzimos diariamente, a conquista do mundo e o recebimento das bênção de Deus são coisas interligadas.
Deus quer nos abençoar, mas para que isso aconteça, também é necessário que nós queiramos ser abençoados. E para isso, faz-se necessário que cada um execute o que lhe cabe. Que essas questões possam fazer parte de nossas preocupações, orações e ações.
Prof Izaias Resplandes
Enviado por Prof Izaias Resplandes em 14/03/2015
Código do texto: T5170034
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (SOUSA, Izaias Resplandes. (Título da obra) Poxoréu (MT). Disponível em: < http://recantodasletras.uol.com.br/artigos>. Acesso em: (data do acesso).). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Prof Izaias Resplandes
Poxoréo - Mato Grosso - Brasil, 59 anos
333 textos (265325 leituras)
19 e-livros (2367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:21)
Prof Izaias Resplandes