Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como árvore seca

          Quando sua vida estiver parecendo uma árvore seca, lembre-se que a aparência engana e é da raiz que vem o sustento para a vida. Não se deixe abater porque sua casca está sofrida. Busque no seu interior o alimento para continuar vivendo. Tenha cuidado! Não permita que ninguém destrua suas folhas, seus frutos. Se alguém te joga pedra, te insulta, te julga, é porque sua existência faz a diferença não apenas para você, como para todo mundo ao seu redor. Se você não tivesse a mínima importância, não alterasse em nada a rotina do seu meio, passaria como tantos passam por nós, imperceptíveis. Ninguém joga pedra em árvore que não dá frutos. Entretanto, você precisa aprender a lidar com isso, a saber se comportar diante das ameaças, controlar seus medos, suas ansiedades.
          Ter consciência de quem você é. Isso é o mais importante. Ter, estar, aparentar são verbos medíocres diante da grandeza de existir como ser humano pronto para evoluir, compreender, ser, perdoar, aprender, sorrir, chorar, viver, amar, ter fé em Deus.
          Seja você. Mesmo que sua aparência esteja frágil, tenha a certeza que suas raízes estão firmes, dando-lhe total sustentação. O que os outros vêem não importa. Quem hoje se satisfaz com a queda de frutos e folhas vai demorar muito para compreender o verdadeiro dom da vida.
João Ricardo Correia
Enviado por João Ricardo Correia em 01/09/2007
Código do texto: T634130

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Ricardo Correia
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 45 anos
28 textos (2415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:24)
João Ricardo Correia