Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

 

 

Estabelecer prioridades
 
Nesse corre-corre louco na vida de todos nós,
para que as coisas fluam de uma forma adequada
e sem muito estresse, devemos partir do princípio de que, sem uma determinada organização de nossos afazeres, compromissos e tarefas, isto torna-se inviável. Para que possamos tornar nossa rotina mais confortável, unindo trabalho e lazer, momentos de tensão, porém, com o direito de nos darmos  um pouco de diversão, cuidarmos de nós mesmos, devemos estabelecer as prioridades, ou seja: determinarmos o que é mais importante, ou que urge mais, em nosso dia a dia.
E, como estabelecermos essas prioridades?
Façamos uma grade de atribuições, em nosso pensamento, ou, caso seja difícil nos lembrarmos, poderemos, inclusive, usarmos o computador para sabermos diferenciar o que é mais importante, em quais horários determinadas coisas devem e podem ser realizadas, e, se quisermos que os resultados sejam positivos e proveitosos, seguirmos, à risca, essa grade (imaginária ou não), 
estabelecida por nós. 
Por exemplo, partindo de minha própria vida 
e rotina. 
Nunca fui de organizar nada antes, ia metendo os pés pelas mãos para ver o que dava, no final.
Errado! Determinantemente errada essa posição! 
Comecei a perceber que, à medida que o tempo passava, eu sentia-me extremamente exausta, no final de cada dia, tinha deixado para trás coisas importantíssimas, por esquecimento, ou falta de tempo, não estava cuidando de mim mesma, ou seja, estava fazendo tudo e nada, ao mesmo tempo!
Aí, em determinado momento, dei um basta 
nessa desorganização!

Êpa!!! Assim não dá!

Ando numa correria desastrada, afazeres domésticos, pagamentos mensais, em intermináveis filas Bancárias, Reforma do Apto. que, com previsão para um mês, já está quase com quatro meses, (agora sim, está nas finalizações), o que me dá muito trabalho, pois preciso ficar correndo de lá pra cá e, depois que eles saem, no fim do dia, há uma infinidade de coisas para cuidar e deixar em ordem, compromissos (agradáveis, por sinal) na Internet e não fazia nada direito, pelo menos, como eu gostaria que fosse. 

UFA!!! Muita correria e pouca produtividade!

Tenho a péssima mania de cobrar-me demasiadamente, procurar
fazer tudo, muito bem feito... ou nada!

Ultimamente, estava, o que não é meu estilo, preocupadíssima em, todas as manhãs, logo depois de colocar os ingredientes para o café, na cafeteira elétrica, vir correndo ao Escritório, ligar o Computador, passar o Anti-Vírus, o Anti-Spye, limpar Arquivos inúteis, correr de novo até a cozinha, pegava meu café, pronto e quentinho, sentava-me diante da TV, para assistir o primeiro Jornal do Dia e, depois, sentava-me diante desta telinha, 
acessava o Recanto das Letras, publicando meus Textos (porque criei para mim este compromisso) 
e visitar outras Escrivaninhas, ler, com muito carinho os Textos dos Amigos, deixar comentários, 
o que, repito, é uma das tarefas diárias 
das mais gratificantes que tenho.

Porém, tudo isto, executado sem nenhum planejamento, estava deixando-me atribulada, estressada, porque logo viria a hora de preparar 
o almoço, cuidar da louça, limpeza, roupas, etc.... Tudo que uma dona de casa tem de tarefas diárias, pois minha Ajudante, é quinzenal e, nos demais dias estou sozinha para cuidar de tudo...       
Esse tipo Mulher 1.001 Utilidades, sabe! 
Que quase todas hoje são, por única e exclusiva culpa nossa mesmo, que lutamos por essa independência e deu nisso!
As mulheres irão entender-me.
Outro dia, pensando nisso, quando vi minha Caixa Postal com mais de 400 E-mails para resgatar, ler, deletar alguns e responder outros, foi que percebi que eu estava precisando organizar
minhas  tarefas e compromissos.                  

Minhas caminhadas diárias estavam ficando em segundo, terceiro plano, pois à tardinha,  sentia-me tão cansada que não encontrava mais aquele pique de colocar meu tênis, uma roupa adequada, camiseta, meu Walkman e sair por aí, para duas horas de caminhada saudável e gostosa no parque, próximo a minha residência.
E, ficar sentada, diante da tela de um computador, por horas a fio, naquele sedentarismo infame, 
nunca fez parte de minha índole. 
Gosto sim, da Internet, como todo mundo, mas, definitivamente, não sou uma Videomaníaca”,           
aliás, jamais viciei-me em coisa alguma. 
Na época de Estudante, na Universidade, 
jamais aceitei um cigarrinho,         
“Do Demônio”, que nunca faltava alguém para oferecer-me pra dar um “pitaco”, bebia muito pouco, apenas dois copos de cerveja, quando muito e, agora, nem isso, pois é algo de que não gosto 
e não me faz bem!
Por que, então, agora, eu estou viciando-me em ser apenas dona de casa  e Internauta? 
E, deixando de lado tantas outras coisas boas?
Faço um trabalho voluntário, duas vezes por semana, em uma Instituição de Caridade, 
onde tenho imenso prazer em levar conforto 
aos que necessitam e, até isso, estava ficando 
em segundo plano.
Para ser sincera, eu nem sabia mais o que eu estava colocando em primeiro plano.
Virou tudo uma bagunça tão desorganizada, 
que estava me perdendo.

Parei... e pensei!

Basta! Vou organizar-me, para fazer tudo o que preciso e também aquilo que me dá prazer, 
mas sem loucuras, sem correrias, 
sem estresse ou culpas. 

Deixar meu dia a dia mais ameno! 
Viver com equilíbrio, maior serenidade.
Estabelecer minhas prioridades... é isto!

E, quais são essas prioridades, enfim!
Se, atualmente, eu tivesse um trabalho 
remunerado, fora de casa, com certeza, 
esta seria a minha prioridade.
Mas não é o caso! 
Minha fase de “Executiva” já passou!
Portanto, tudo para mim, nesse momento, 
é prioridade. Necessita, apenas, organizar...
Cumprir meus compromissos domésticos, correr a Bancos, mensalmente, para fazer os pagamentos necessários, para viver-se bem, sem que lhe cortem a luz, telefone, etc...acessar a Internet, responder meus E-mails, publicar meus Textos 
(bons ou ruims)  no Recanto das Letras, 
acessar as páginas de meus amigos e Leitores,  
ler todos, com  carinho e admiração, 
cada uma de suas publicações,                      
dar um dedinho de prosa com minha irmã 
que reside em Belo Horizonte, sobrinhos, 
algumas amigas (poucas) no MSN, fazer meu Trabalho Voluntário, duas vezes na semana, 
como o combinado e... o principal: 
cuidar de mim mesma! 
Esta Tarefa, então, estabeleci como PRIORIDADE!!!
Cuidar de mim!
Fazer minhas duas horas diárias de caminhada, no final da tarde, ouvindo minhas músicas preferidas, no Walkman, chegar em casa, tomar um belo banho, reconfortante, dar atenção ao marido 
(que é preciso e faz bem) e, descansar!
Conseguir dormir uma noite de sono tranqüilo, sem sobressaltos, sem acordar no meio da noite pensando no que deveria ter feito e não consegui, enfim...Paz! Equilíbrio! Calma!
Reorganizar a minha vida!
Por isso, decidi publicar meus Textos no RL apenas às Segundas, Quartas e Sextas-feiras, às vezes, 
até menos, para não cansar o Leitor com aquela enxurrada de Textos para ler, 
comentar, como se fosse uma obrigação, 
algo que poderia se tornar uma chatice 
e não um ato prazeroso! 

Talvez, porque não me sinta capaz de produzir
tanto, em tão pouco espaço de tempo, o que não
é o caso da maioria dos Autores do Recanto,
que, com sua Maestria em escrever, poderão
publicar mil Textos, diariamente, que não nos 
cansarão, jamais! Mas isso, é uma outra história!

Temos que reconhecer nossas limitações e
aplaudir os inegáveis dons de outros!

Em meu caso, como há limitações tantas,           p
refiro a qualidade à quantidade!

Aproveitarei os demais dias da semana para
fazer minhas visitas aos amigos e Autores
aos quais admiro e adoro ler, com mais calma,
 voltar a publicar alguns Textos no Usina de Letras, do qual estou afastada, por escassez de tempo, 
esperando que os amigos e leitores entendam
essa minha nova fase, pois ela se faz necessária,
pelo menos por algum tempo até que eu consiga
reorganizar a minha vida!
E, tenho certeza, serei mais feliz assim, 
conseguindo fazer tudo o que me compete, 
ou que me atrevo a fazer, porém... sem estresses! 
Calma! Serena! Tranquila! Consciente!
(Mens sana in corpore sano)


 img72/9369/barrapoemaii7.gif
 
 
 
 
 
Milla Pereira
Enviado por Milla Pereira em 12/09/2007
Reeditado em 12/09/2007
Código do texto: T648873

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Milla Pereira (http://www.millapereira.prosaeverso.net/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milla Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
2954 textos (493970 leituras)
42 áudios (7884 audições)
14 e-livros (6401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:30)
Milla Pereira