Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fé, graça e resistência!!(ou não)




Estou me sentindo massacrada pelo julgamento alheio,pela sangria desatada dos protestantes que na verdade nada protestam.

Eu pensei mesmo que minha síndrome lutérica passaria um dia mas parece que não.
Mas diferente da maioria eu não quero abrir a boca a falar de como está o atual sistema religioso,de como a igreja está doente,de quantos se cegam.

As pessoas estão descobrindo que o sistema , a instituição é falha agora,então vem a fase da indignação,boatos,histórias,descobertas,escândalos,condenação .. e segue..

Desse tipo de coisa já sei desde adolescente.
Oque preciso é de soluções e respostas.
As falhas estão escancaradas pra quem quiser ver,as feridas expostas,o nome que tentam pregar está emporcalhado porquê obviamente todos associam com a instituição.

Mas oque fazer com isso tudo?
Com oque sabemos, com oque descobrimos,com oque queremos abandonar?
Me pergunto isso a anos.

É provável que não haja resposta.
É provável que meu papel como o de tantos outros é só aprender a lidar com meu próprio cristianismo e vive-lo por mim.. sem tentar estender ele aos que não o entendem.

Sorrir amigavelmente enquanto me criticam e me lançam sermões religiosos ,teôlogias baratas,versículos fora de contexto ,absurdos e crentisses em geral..

Mas constantemente tenho me questionado.
Se minha forma de viver cristo não está errada.
Se fosse correta será que seria tão difícil?
Tão xeia de pedradas sempre?
Sem incentivo algum?
Sem nenhuma facilidade e encorajamento?

Eu não sei,mas sei que o evangelho miserável que me apresentam não é aceitável .
O legalismo em que vivem é como que uma cadeia em que foram ensinados a engolir .
A gaiola da santidade em que se escondem não foi onde jesus os mandou ir.
Os jargoês e esse evangeliquês são como areia que não servem pra nada.
Essa gente pisoteia a graça e a liberdade pra que fomos chamados.

Me entristece ver vidas tão pequenas quando poderiam ser grandes.
Crentes tão atemorizados com as alegorias do pecado que esquecem de viver.
Esquecem que a vida é prazerosa tambem ,que o plano de Deus é que sejamos felizes e bem sucedidos(ter prazer no que se faz).

Que musicas são pra ser ouvidas.
Filmes vistos,paixões sentidas ,atitudes tomadas,acertos e erros e que viver e fazer oque se gosta não é necessariamente se “perder a vida de Deus”.

Eu estou numa fase em que não agüento mais me explicar e mostrar o meu ponto de vista as pessoas.
E que não ligo se elas me aceitam ou não,entendem ou não,concordam ou não.

Acho que é estafa mesmo.
Nadar contra a maré por anos cansa.

Paulo deve ter surtado quando viu que Pedro e a cambada dele quiseram reduzir a história da cruz a um pequeno clã de pessoas seletas e dignas da salvação,e só..
Que a humanidade merecedora do sacrifico eram judeus e judeus.

Deve ter tido vontade de esquarteja-los.
Mas ele "arrasou" e de alguma forma encontrou a forma de fazer se entender e poude validar a cruz pra mim e pra todos hoje e naqueles tempos.

Mas eu não sou Paulo.
Eu sou Fernanda e infelizmente não tenho saco,e tô cansada.
Quero viver minha vidinha pequenininha... só por mim mesma.
Ser feliz com meu deusinho dentro da minha barriga..eu e meu querido umbigo.
Quero mesmo..quero mesmo!!

Pher
Enviado por Pher em 26/09/2007
Código do texto: T669484

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pher
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
34 textos (4099 leituras)
2 e-livros (143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:47)
Pher