Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ovelhas Iludidas por Opção

A vida às vezes ensina, e de diversas formas. Se conseguimos decifrar entrelinhas em eventos banais, podemos aprender rápido e sem dor, sorvendo cada ensinamento em doses homeopáticas mas constantes. Há casos, porém, em que a vida nos passa uma rasteira, nos dá uma porrada, e aprendemos da pior forma, pagando alto por uma lição valiosa. O ruim é que tem gente que nem assim consegue aprender e passa toda uma existência apanhando de graça.

Mas mulher de malandro existe em todo lugar, não é?

Bom... não sei se esopo ou algum contemporâneo dele escreveu algo parecido. Se sim, fez melhor do que eu, porque não tenho muita manha com estorias desse tipo, mas lá vai nosso "momento auto-ajuda" da semana.

"Era uma vez um cão, que não era forte como o lobo, mas tinha com ele uma relação estável e um certo senso de esperteza.

Tinha também uma amiga ovelha, inteligente mas muito ingênua, uma ovelha que sonhava em ser grande, em sair de seu rebanho; que vivia de sonhos e fantasias.

Um belo dia, ela conheceu o lobo, que lhe prometeu lindos mundos longe daquelas terras, um futuro belo e brilhante, e a ovelha começou a planejar este futuro, sonhando com as promessas que o lobo fazia.

Mas o cão gostava da ovelha e conhecia as artimanhas do lobo, que só queria devorá-la.

Assim, na intenção de ajudar, o cão alertou sua amiga ovelha, contou estórias de outras ovelhas igualmente enganadas pelo lobo. A ovelha, no entanto, em vez seguir os conselhos do cão, foi aflita contar ao lobo tudo o que ele dissera.

Conhecedor das fraquezas da ovelha, esperto e vivido, o lobo não perdeu sua compostura. Sabia que a coitada só procurava palavras de conforto para restaurar suas ilusões, e aquela insegurança logo foi tranqüilizada quando o lobo a convenceu de que o cão mentia por inveja dele.

No fim, a ovelha acreditou, passou a odiar o cão e o lobo deu nele uma surra."

Moral da estória: Às vezes é melhor deixar um babaca se fuder do que desfazer suas ilusões, por mais amigo seu que ele seja.
 
Se você é uma ovelha ou tem uma amiga ovelha, pense nisso.



-------------------------------

Luiz Mendes Junior é escritor e roteirista. Seus textos também podem ser encontrados no blog http://noticiasdofront3.blogspot.com e no site http://dominiocultural.com
Luiz Mendes Junior
Enviado por Luiz Mendes Junior em 07/10/2007
Reeditado em 20/12/2008
Código do texto: T684347

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Mendes Junior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
19 textos (6691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:25)
Luiz Mendes Junior