CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Influência da filosofia no mundo

             É inegável a influência do pensamento filosófico no mundo. Afinal, “o mundo precisa de filosofia”. Não vamos entender aqui a filosofia como uma forma estranha, e mesmo maluca de se utilizar palavras difíceis na tentativa de confundir as pessoas de forma que estas dêem a eles (pensadores) o título de sábios ou mesmo de malucos devido nossa pouca capacidade de reflexão e nosso comodismo quanto a arte de pensar. Na verdade, o homem sempre teve sede de conhecimento; de explicar de forma lógica todos os fatos, acontecimentos. O homem sempre teve sede do saber, porém nem todos tiveram iniciativa de se mergulhar na busca deste saber. Podemos mesmo definir o homem como um animal sedento de conhecimento, haja vista que o conhecimento vem como que satisfazer suas vaidades; complementar a sua fragilidade humana, o tornando um semideus. Presenciamos o poder do pensamento em diversas fazes de nossa história. Nos primórdios da história, presenciamos o poder da força (militarismo); na idade média, o poder da fé (religioso); com a ascensão da burguesia, experimentamos o poder do capital (econômico); e, com a ascensão do poderio político, nós presenciamos o poder na arte de governar (político).
A sede de conhecimento sempre dominou o espírito humano, pois afinal o homem nunca aceitou sua condição de um ser mortal, limitado. Nos primórdios de nossa história, presenciamos como os chineses e indianos se entregavam à arte do pensar e como mergulhavam em suas meditações, e a partir destas, formavam teses diversas para explicar a origem dos seres. Mas foi com os gregos que a filosofia propriamente dita ganhou força e destaque. Passando pela escola jônica de Tales de Mileto ate chegar a nosso amigo Aristóteles, a filosofia, ou seja, o pensamento quanto a mundo e tudo o que existe passou por uma seria de confrontos, de contradições e mesmo de choques. A cada geração, uma descoberta, mas não a partir do nada, e sim a partir dos pensamentos já existentes. É inegável que até hoje, apesar de muitas outras correntes terem surgido e também estarem influenciando em nossa forma de agir e pensar, pensadores como Platão, Aristóteles, têm lugar de destaque que influenciam nossa vida, nosso agir. Não percebemos, mas seus pensamentos ainda hoje são responsáveis pelo movimento do pensar mundial. A filosofia tem sua parcela de responsabilidade quanto ao desenvolver no homem valores como saber; poder; ter. Podemos mesmo dizer que a filosofia é a ciência dos sistemas de idéias. Hoje, diante de tantas facilidades e da preguiça mental que estas novidades tecnológicas nos trazem, infelizmente não percebemos a ação filosófica. O homem contemporâneo parece ter perdido o gosto, o interesse pela reflexão, o que leva a pensar que a filosofia foi uma página de nossa história, localizada em um passado distante. A dificuldade do homem contemporâneo em perceber o quanto a filosofia está presente em nosso dia-a-dia está justamente no fato da filosofia exigir abstração, reflexão; contemplação. Não percebem que as idéias movem o mundo, e que os sentimentos, a vontade, a ação são frutos e dependem exatamente da formação destas idéias. Nem sempre temos a nítida noção do poder que possuem as idéias. O domínio sobres as próprias idéias é tão necessário como o ar que respiramos. .
-Idéia e sentimento. Os sentimentos variam de acordo com as idéias que os acompanham. Entende-se aqui por sentimento o começo de uma inclinação que a idéia desperta em nós;
-Idéia e vontade. Um homem de vontade firme é aquele que sabe o que quer, e sabe o que quer exatamente porque quer o que sabe. É a vontade que nos leva à ação. As idéias decidem a própria ordem moral da vida humana. Vontade é querer o que se conhece.
-Idéia e ação. A ação sugere determinação. Não basta querer, é preciso agir, buscar. As idéias caracterizam os sentimentos; as idéias determinam a vontade; da clareza das idéias depende, enfim, a firmeza das ações. As idéias não estão apartadas da vida: mas estão na existência como o eixo em torno do qual o mundo humano efetivamente gira. Esta é, de fato, a força das idéias, e assim é que as idéias movem o mundo.

Os filósofos convivem conosco
  É inegável que os pensadores, filósofos, convivem conosco. Mesmo os antigos convivem conosco, pois permaneceram suas idéias que tanto nos influenciam. Mas falando de pensadores mais recentes, podemos exemplificar para confirmar minha afirmativa: a filosofia positivista, onde o que vale são os fatos, e fatos não se discutem. São três os princípios do positivismo e que estão inclusive dois deles se fazem presente em nossa bandeira: amor, ordem e progresso. Existencialismo, para o qual o que importa é existir. O que vale é existir, e não o que existe. Aqui a afirmação de que não é o homem a medida de todas as coisas, mas sim o homem é medido pelo seu conhecimento que tem das coisas.
Enfim, a idéia de que o filosofo vive afastado da vida comum continua a existir em nossos dias. E isto produz uma reação natural de desconfiança com relação a ele. A isto se acrescenta o numero de casos, ou fatos excêntricos, através de que são em geral conhecidos os filósofos e a filosofia. Os filósofos ficam sendo conhecidos como os que confundem a mente dos outros, quando de fato é na filosofia que encontramos os elementos capazes de nos livrar da confusão das idéias, e da imprecisão da linguagem. Assim como a atmosfera em que vivemos está povoada de seres invisíveis, que aspiramos em nossa respiração, sem o saber; a atmosfera de nossa vida de pensamentos está povoada de idéias dos filósofos, que fazemos circular, sem ter a menor consciência disto. Os filósofos que julgamos distantes de nós, vivem conosco, ao nosso lado, e até em nós mesmos, presentes em nossos pensamentos. Nós os conduzimos conosco, sem o saber.

Conclusão
         Concluo afirmando que é impossível ao homem negar o valor e a importância da filosofia ou pensar humano. Na verdade todos nós filosofamos ao defender nossas idéias, natas ou oriundas de influencias sofridas por terceiros. Os filósofos convivem conosco, estão presente em nosso dia-a-dia e nas mais diversas formas, desde um pensamento até mesmo na materialização deste. A civilização da máquina em que vivemos é nada mais que fruto de pensamentos filosóficos postos em prática. E como o pensamento, filosofia, influencia o mundo, e não poderia não influenciar, haja vista o fato de sermos seres racionais, cognitivos e portadores da capacidade de captar e criar pensamentos, teorias, somos também responsáveis, como seres providos de intelecto, por sabermos julgar e selecionar o que nós é propício e coloca-los em pratica em nosso dia-a-dia, nos tornando assim seres pensantes em busca de uma sociedade mais humana e igualitária. Influenciado pelo pensar filosófico, façamos nossa parte na transformação do mundo. Afinal, “o mundo precisa de filosofia”.
Bento J Duarte
Enviado por Bento J Duarte em 13/10/2007
Código do texto: T692605

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Bento J Duarte
São Gabriel do Oeste - Mato Grosso do Sul - Brasil, 47 anos
65 textos (93451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/14 06:42)