Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Não lendo Nietzsche

            Quando Nietzsche chorou eu não sei, porque ainda não li o livro de Irvin D Yalon Vou saber porque comprei um exemplar e mais cedo ou mais tarde acabarei lendo. O assunto hoje não é sobre este romance que afinal deve ter cumprido o seu objetivo, tornando o pensamento Nietzshiano mais popular. Mas será que tornou mesmo? Ler Nietzsche nunca foi fácil. Dele eu li o que tinha de ler quando cursava Filosofia. Quase nada. Freqüentei a primeira turma da Faculdade de Filosofia em Lavras e acredito que o curso de filosofia só foi implantado porque seria impossível uma Faculdade de Filosofia sem curso de Filosofia. Ainda me lembro de uma colega de classe perguntando: pra que estudar Ética, Teoria do Conhecimento, Lógica, essas coisas todas?Melhor seria se estudássemos Matemática ou Português. Mas estudei Filosofia e até tive bons professores, que me ajudaram naquilo que eu me propunha: aprender a pensar. Eu não queria mais que isso portanto não me tornei especialista em nenhum filósofo ou período. Segui minha vida e fui deixando os filósofos de lado mas gosto de ler sobre Filosofia. Só que tomei uma decisão drástica esta semana: não lerei Nietzsche.é isto: lendo sobre Nietzsche decidi que não lerei Nietzsche.
Luc Ferry é um filósofo francês que escreveu um livro que se tornou best-seller no mundo inteiro inclusive no Brasil. Aprender a viver /Filosofia para os novos tempos. Eu comprei e estou lendo, há um longo, longo tempo. É livro para ler devagar, quase parando, porque tudo faz com que a gente prossiga a leitura ser ler mas escrevendo mentalmente os adendos.Ainda não acabei, quando acabar darei minhas impressões gerais. Terminei ontem o penúltimo capítulo : A pós modernidade. Nosso filósofo é um pós moderno.Veio depois dos modernos e depois dos pós vieram os contemporâneos. Então tanto os pós quando os modernos já são antigos.Uma dúvida me perturba: Como serão chamados os contemporâneos quando deixarem de ser contemporâneos? Pós,pós modernos? Nietzsche, o queridinho dos nazistas e que morreu enlouquecido era um gênio. Isso não sou eu quem digo, só repito porque nem sei exatamente o que é ser um gênio nem conheço Nietzsche o suficiente para enquadra-lo em qualquer conceito. Sendo um pensador da pós modernidade Nietzsche se opunha a tudo que vinha antes dele . Se opunha ao humanismo e ao racionalismo. Foi um desconstrutor de tudo o que havia sido pensado até então.Para ele a idéia de um Universo único e harmonioso era pura ilusão. E o caos se instala então, se não no Universo, que independe do que pensamos dele, mas em nossas mentes tão pouco geniais. Só existe esta vida, a vida que vivemos e nada mais: nada transcende a ela. .O resto é ilusão, pura ilusão. Os fatos não passam de interpretação produto de uma história de vida. A única coisa que vale a pena é fazer aquilo que você gostaria de fazer dezenas de vezes, seja lá o que for, ser do bem ou do mal, isso não interessa. É claro que a Filosofia Nietzschiana não se resume só a isso. Eu não teria aprendido a pensar se pensasse assim: O cara escreve muito bem, já li textos dele que são verdadeira poesia. Mas não tinha absorvido a totalidade de seu pensamento. É por isto resolvi que não vou ler Nietzsche. Pra que? Eu tenho um pensamento a respeito da vida e do mundo que faz com que eu seja feliz e tenha esperança. São pensamentos que aprendi com o mundo mas que se tornaram meus. Eu tenho a minha visão de mundo e em sua base ela é bem diferente da visão de Nietzsche.Ela é uma mistura daquilo que ele planejou desconstruir: uma mistura de humanismo e racionalismo que satisfaz a minha vida.Não quero encher minha mente com pensamentos que não são meus e que nunca serão. Pelo menos enquanto eu não me tornar um gênio: eu quero é continuar normal..
Maria Olimpia Alves de Melo
Enviado por Maria Olimpia Alves de Melo em 17/10/2007
Código do texto: T698641

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para http://marilim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Olimpia Alves de Melo
Lavras - Minas Gerais - Brasil
1107 textos (322904 leituras)
1 e-livros (258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 19:30)
Maria Olimpia Alves de Melo