CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

SAUDAÇÃO A OXUM

Talvez a mais cantada em versos e prosas. Em canções e melodias. Em letras e sons. Em músicas e ritmos...
Suas notas doces nos fazem balançar. Sua dança nos envolve e nos feitiça, ao mesmo tempo em que seduz e cativa.
Quem pensa que Oxum é fragilidade se engana fácil. Por detrás das lágrimas sentidas, um turbilhão de emoções se perfaz. Distingui-las é quase uma arte. Decifrá-las é quase impossível.

Dona das águas doces, provém do azul de Iemanjá, desbrava seus mares azuis prateados e desemboca no rio de contas amarelo-ouro.
Fonte inesgotável de luz e riqueza, Oxum representa a fertilidade e a companhia. A companheira e parceira. A amiga e a cúmplice.

Suas filhas se encantam com presentes, seus filhos também. Adoram o lado belo da vida. Mas quem não gosta?

O dia da semana consagrado a este Orixá dos lagos, riachos, cachoeiras e toda complexidade de águas doces é o sábado.

Em algumas Umbandas, suas cores são três: azul, amarelo e branco, sendo a cor predominante o amarelo.
É sincretizada por Nossa Senhora da Conceição, mas pode ser cultuada na Igreja Católica como Nossa Senhora de Aparecida.

Que Mamãe Oxum nos cubra e redobre nossas crenças, fazendo-nos enxergar sempre o amanhã de forma natural, assim como as águas fluem naturalmente.

Oraieiêu, Oxum! Aieiêu!
****************************************************
Conheça os meu livros: "Visões de um aprendiz" e "Visões de um aprendiz na Umbanda".
Você vai gostar!
Ulisses Júnior
Enviado por Ulisses Júnior em 24/10/2007
Reeditado em 22/07/2011
Código do texto: T707800
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Ulisses Júnior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
83 textos (105978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/14 22:52)