Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VINHA DE NABOT

Denunciada por alguns dos Escritores do Recanto, a ação de plagiadores por aqui não chegou a ser uma grande surpresa! Num país onde se apodera de propriedade alheia, em todos os escalões, e que se permite negociar, em plena rua, tênis, roupas, CDs, DVDs, artigos de todos os tipos, pirateados; ação tal, haveria de ser praticada também por aqui, pelas mesmas pessoas que vendem cópias dos  produtos originais, patenteados, como se fossem de sua propriedade, só se importando com os lucros a serem auferidos!

O episódio da vinha de Nabot ilustra estes fatos do nosso dia. Aqueles Reis, da divisão que deu origem ao Reino do Norte-Israel, cuja capital era Samaria - Assírios que os carreguem - por influência da Sua Magestade, Jezebel, a rainha, mandam assassinar o dono da cobiçada vinha, e, dela se apoderam na maior cara-de-pau!
Devolvam os textos, "ipsis litteris", ou não, que tenham surrupiado, pois isso poderá levá-los a uma condenação judicial! Dar-se os créditos de todo um texto ou às suas partes, significa devolvê-lo ao seu legítimo dono! De acordo, reis da "sacanagem" - Jezebel e Acabe?

Sobradinho-DF,                              26/10/07       -        abello

abello
Enviado por abello em 26/10/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T710304
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
abello
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 72 anos
931 textos (60941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/14 19:32)
abello



Rádio Poética