Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fundamentos da Umbanda

Antes de mais nada, começo explicando que todo umbandista é cristão. Justamente porque nossos ensinamentos se baseiam nos ensinamentos deixados pelo Mestre Jesus, o Cristo, que na Umbanda denominamos como Oxalá.

Ao contrário do que muitos pensam, a Umbanda é uma religião monoteísta, ou seja, acredita em um ÚNICO Deus, o qual se esquece muito, e damos o nome de Zambi.

A Umbanda não possui deuses. Nossos Orixás não são deuses e sim divindades, simbolizadas através dos habitats da natureza e personificadas através de suas qualidades energéticas. Mas o que isso quer dizer?

Quer dizer que, mesmo não tendo vivido fisicamente na Terra, elas representam formas físicas ou adquirem certas características ou arquétipos que se assemelham a nós, humanos, tais como:

Oxoce: o irmão, o companheiro, a jovialidade e a felicidade;

Oxum: a companheira, a sensualidade, o encanto e a magia;

Ogum: o amigo, o guerreiro, o sentinela e o trabalhador;

Iemanjá: a mãe, o sentimento, a união e o relacionamento;
 
Xangô: o pai, o mestre, o sábio e o pacificador;
 
Iansã: a aliada, o desprendimento, a força e o movimento;
 
Omulú: o ancião, o curador, o médico e o simples;
 
Nanã: a avó, a sábia, a austera e a transformadora;
 
Ossãe: a vitalidade, a manipulação, a energia e o equilíbrio;
 
Oxumaré: a estabilidade, a fartura, as cores e o ciclo.

Em se tratando de Falange, podemos observar que estas são compostas por Entidades, seres que já encarnaram por diversas vezes e que atingiram patamares maiores dentro da espiritualidade. Dentre as que conhecemos e trabalhamos na Umbanda, são elas:

Pretos-Velhos: os avós, os conhecedores, os transformadores e os conselheiros;
 
Caboclos: os perspicazes, os observadores, os estimuladores e os revitalizadores;

Povo do Oriente: espiritualidade, orientação, cura e magia;

Ibeijada: a inocência, a pureza, a alegria e a liberdade;
 
Exús: o movimento, o cotidiano, a sagacidade e a proximidade.

Todos estes são os que manipulamos na Umbanda. Não no sentido negativo da palavra, traduzindo-a como usá-los, mas sim lidamos, penetramos e com muita responsabilidade, carinho e emoção nos sentimentos, nos aliamos, em forma de canais receptores em prol da espiritualidade, da vida.


** Ulisses Júnior é médium de Umbanda há 17 anos, no RJ. **

****************************************************
Conheça os meu livros: "Visões de um aprendiz" e "Visões de um aprendiz na Umbanda".
Você vai gostar!
Ulisses Júnior
Enviado por Ulisses Júnior em 08/11/2007
Reeditado em 10/05/2017
Código do texto: T728779
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses Júnior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
83 textos (122381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 20:12)
Ulisses Júnior