Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manifesto Contra as Agendas

Publicado na Revista Eletrônica “Entre Nós”:
http://www2.uol.com.br/bibliaworld/entrenos/boca2.htm

Há muito tempo atrás ela surgiu e desde então tem sido de grande utilidade para o homem. Atualmente já é feita de muitos tipos: grande, pequena, média, quadrada, redonda. Também para os mais diversos tipos de pessoas: advogados, empresários, comerciantes, políticos, secretárias, donas de casa, estudantes e etc. Segundo o dicionário, é o "Livrinho onde se escreve dia a dia o que se tem que fazer". Hoje existe até a versão eletrônica, inclusive de bolso, para levar onde quiser. No início e fim de todos os anos é o presente mais dado e recebido de todos: A Agenda.Em nosso meio evangélico ela é muito importante. Precisamos dela para anotar os diversos tipos de cultos, eventos e festividades que temos todos os finais de semana. Quantos congressos, encontros e seminários temos anotados em nossas agendas ? Poderíamos recontar vidas inteiras de muitas pessoas apenas consultando suas agendas. Ela se torna ainda mais imprescindível para aqueles pastores ou líderes muito solicitados. Para se marcar uma data com eles, é necessário muita antecedência. Muitos nomes só podem ser cogitados com 2 anos de antecedência !Voltemos nossos olhos para as estradas empoeiradas da palestina. É óbvio dizer que Jesus não tinha agenda, mas ele não agia em nada igual aos líderes evangélicos que como ele, hoje arrebanham multidões por onde passam. Muitos gostam do público e não das pessoas. Outros já são chamados de "artistas evangélicos" e fazem "shows" por todo o país e exterior.Engraçado... eu não vejo nada parecido nas páginas das Sagradas Escrituras. Pelo contrário, vejo Jesus atendendo a todos os que se achegam a ele, curando, salvando, libertando e pregando o evangelho do mesmo modo para uma ou milhares de pessoas, enquanto que alguns pastores, ao término da pregação saem pela famosa porta dos fundos, para evitar o "assédio". Vejo Jesus não tendo onde reclinar a cabeça, ao passo em que muitos estão exigindo quartos em hotéis cinco estrelas. Vejo Jesus comendo o que lhe é dado e muitas vezes nem querer comer, pois a comida verdadeira para ele era fazer a vontade do Pai, enquanto que outros só se satisfazem com banquetes ou valores "mínimos" para refeição. Vejo Jesus pedindo apenas um barquinho para que, se afastando um pouco, poder pregar melhor à multidão que o comprimia, enquanto que muitos líderes de louvor exigindo até a marca do pedestal do microfone que vão cantar (cantar mesmo e não louvar, se é que estou me fazendo entender).Vejo Jesus com um chicote expulsando os vendedores da casa de seu Pai, que deveria ser unicamente uma casa de oração, enquanto que muitos pastores gastam mais tempo fazendo propaganda de seus produtos, inclusive na TV, do que pregando a palavra ou orando pelas pessoas.Claro que preciso ressaltar as necessárias exceções, de muitos servos e servas de Deus que apesar de terem agendas apertadas, se esforçam para atender a muitos convites que lhe são feitos. Mas volto a afirmar, infelizmente são exceções. A maioria esmagadora de pastores, ministros de louvor, bandas e corais gospel, atendem os convites do modo como lhe apraz, nem sempre ético ou justo, muitas vezes atendendo o convite onde comparecerão mais pessoas, em nome de uma maior divulgação de seu trabalho !?!?!?Amados, não sou tão velho ou careta como alguns leitores já devem estar pensando. Também sou pastor e já tive problemas com minha agenda, apesar de não ser tão solicitado como muitos colegas meus são. Mas há muito tempo que estou para escrever sobre isso e um acontecimento em especial foi a gota d'água para eu me assentar em meu computador e escrever estas linhas deixando aqui meu manifesto, na verdade contra os donos de agendas inalcançáveis.Meu intuito, amados irmãos e colegas de ministério, é chamar a nossa atenção para o cuidado em especial da ética pastoral. É muito importante cumprirmos a nossa palavra em nossos compromissos. Isso já começa naquela velha resposta que damos, quando alguém pede para orarmos por determinada situação em sua vida: "Pode deixar irmão, que eu estarei orando". Será que lembramos pelo menos do nome da pessoa que pediu aquela oração ? Ou nem lembramos o lugar onde aconteceu ? A verdade é que não lembramos e não oramos, só queremos nos livrar da pessoa naquele momento. Se isso acontece em sua vida, amado pastor, atrevo-me a perguntar: Será que também não acontece com sua agenda de compromissos ?É claro que temos muitos pastores e líderes com muito prestígio em nosso meio, não só pelo que já fizeram pela igreja, pioneiros em suas áreas, mas também pelo que são como pessoas. Mas isso lhes dá o direito de marcarem uma data, ou um compromisso com alguém e simplesmente não aparecerem ? Ou então ligarem na última hora dizendo que não será possível ir, deixando pessoas à sua espera com um abacaxi na mão ? E o que não dizer de muitos que só agendam datas com uma porcentagem do "cachê" depositado em suas contas, para evitar confusão é claro ? Minhas sinceras desculpas a muitos irmãos que tomaram calotes de pastores ou pessoas, mas daí estabelecer-se uma lei do "pé atrás" não é ir longe demais ? Será que não estamos exagerando ? Infelizmente muitos lugares são abertos com o nome de igreja, mas na verdade são pardieiros, covis de gananciosos, só interessados no dinheiro fácil e limpo que entra de oferta. Contra esses dou todo meu apoio e restrições. Mas em nossa maioria evangélica, que promove eventos sérios, que compram até briga para fazer um evento, que querem ver o crescimento espiritual de suas ovelhas, existem líderes, pastores e pastoras honrados, que merecem muito mais atenção do que simplesmente uma anotação em nossa agenda.Também dou todo meu apoio aos pastores e líderes, principalmente de louvor, que priorizam suas igrejas e só saem para um compromisso debaixo da cobertura e orientação espiritual de seus pastores. Mas ao se marcar uma data, deve se cumprir ou fazer de tudo para remarcar em uma outra data, havendo a impossibilidade do cumprimento na primeira data marcada. Os pastores que comandam as agendas e não as agendas que comandam os pastores. O que mais ouço é: "Desculpe irmão, é que já estava marcado em minha agenda" ou então "humm... minha agenda está me impossibilitando de ir".Talvez este manifesto seja mais um desabafo.... talvez eu quis que parecesse assim. Mas que isso sirva de alerta para todos nós. Inclusive para mim. Não sei se amanhã ou depois também não vou ter uma secretária e uma agenda e estarei falando e dando as mesmas desculpas das quais estou escrevendo contra agora.... Que eu e você possamos aprender com o carpinteiro humilde, que de Belém veio, priorizando as pessoas, amando as pessoas, salvando e curando as pessoas, e ganhou o mundo, ganhou a vitória e ganhou as nossas vidas. Mas nunca ganhou de presente uma agenda. (E creio que ele nem gostaria de uma !!)
Leandro Silva
Enviado por Leandro Silva em 15/12/2005
Código do texto: T86270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Silva
Campinas - São Paulo - Brasil
6 textos (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:55)
Leandro Silva