Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O verdadeiro significado do dízimo.



O verdadeiro significado do dízimo.

Olá amigos leitores de todas as denominações religiosas! Hoje eu quero dizer algumas palavras sobre o dízimo.  Dízimo para muitos é um ato de fé. Para outros é partilha. Para outros é viver o compromisso de fidelidade para com Deus e a comunidade. O dízimo para muitas pessoas é um modo de atender as necessidades do culto, da comunidade e dos irmãos mais necessitados. Todas as denominações religiosas têm despesas, como: salário de funcionários, pastores e padres, água, energia elétrica, aluguel, enfim, mas temos que ter cautela e principalmente postura tanto na hora de pedir como também na hora de dar o dízimo. Na Palavra de Deus lemos em vários lugares a quantia de 10% de tudo o que ganhamos, mas vou ainda mais fundo, quando damos o dízimo devemos dar de coração, com amor e não com imposição e muito menos com pretensão em querer receber algo em troca. A fé recebe, o amor dá. Ninguém pode receber sem a fé e ninguém pode dar sem amor. Por isso acreditamos para poder receber; mas para poder dar de verdade temos que amar também, já que se um dá, mas não dá por amor, nenhuma utilidade obterá do que deu. Deus é dono de todo ouro e de toda a prata, Ele é dono de tudo, Ele não necessita de nada, o que Ele quer realmente é que sejamos melhores, a imagem e semelhança Dele. Portanto devemos amá-lo, respeitá-lo e contar sobre ele a outras pessoas. Vejo como apelação algumas denominações religiosas dizerem em suas celebrações e programações de rádio e televisão que temos que sacrificar para chegarmos a Deus, a graça ou algo material. Em algumas religiões são pagos um carnê, como se fosse uma mercadoria que estivéssemos comprando. Isso para conseguir a casa dos sonhos, um emprego melhor, o carrão da hora, etc. (uma espécie de troca). Jesus ainda a pouco dizia: “Sacrifícios e oferendas não são do teu agrado para isso tu me deste um corpo”. Deus é espírito, então temos acesso a ele por meio do nosso espírito e não por meio de cultos vazios inventados por homens transviados da verdade. O Senhor disse: “Porei minhas leis na mente deles e as imprimirei em seus corações, eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Nenhum deles terá mais o que ensinar ao seu compatriota nem ao seu próprio irmão, dizendo: Conheça o Senhor! Pois todos me conhecerão, desde o menor até o maior. Porque eu vou perdoar as faltas deles e não me lembrarei mais dos seus pecados” (Hebreus 8:10,12). Portanto, hoje temos acesso a Ele por meio de sacrifícios espirituais, por meio do arrependimento que vem do coração, e não por outros meios. Em nome de Jesus eu desafio você a doar seu dízimo de uma forma diferente, com o seu próprio corpo, a desfazer-se de tudo o que te atrai ou que te dá prazer momentâneo. Não estou falando de bens matérias não, estou falando de desfazer-se de tudo que nos afastam do caminho de Deus. Deixar de lado o vício da bebida, as drogas, a prostituição, o adultério, as injustiças, o roubo, a fraude, o ódio e a raiva pelo seu irmão, a idolatria, a feitiçaria, os apetites baixos, enfim, tudo que é contrário aos desígnios de Deus. Você é capaz de passar por esse desafio? A palavra diz que se você for até o altar fazer a sua oferta e lembrar que tem alguma falta contra seu irmão, dê meia volta resolva a querela e depois volte e faça a sua oferta, para ela ser aceita por Deus. A mensagem que quero passar é a seguinte: Não faça troca com Deus, Deus não aceita suborno, não queira aplacar a sua consciência. O dízimo é uma opção pessoal de contribuir para as necessidades da igreja e da comunidade, e deve ser doada regularmente, e ditada pelo seu coração. Contribua com a sua igreja e não deixe de contribuir para com Deus. Faça isso sem deixar aquilo
joserenatobueno
Enviado por joserenatobueno em 07/05/2008
Reeditado em 06/07/2010
Código do texto: T979877
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de José Renato Bueno MTb 50761/SP). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
joserenatobueno
Brotas - São Paulo - Brasil, 44 anos
325 textos (36063 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/12/14 07:23)
joserenatobueno



Rádio Poética