Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Aridez
Publicado por: Ariano
Data: 11/09/2015
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
"Aridez", poema escrito e recitado por Marcelo de Mattos Salgado em setembro de 2015.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Escrito por Marcelo de Mattos Salgado (Ariano) — Site: http://todosqueamam.wordpress.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

Aridez

Mesmo o mais alcoolizado humor
Só respinga o deserto cinza
Que é tentar amar na cidade.

Promessas movediças desenham na areia
Mil e um grãos de “para sempre”,
Todos eles (e elas), por fim, desmanchados.

Resta a bomba-relógio tragável
De vários vícios vingativos:
Eis a poluição em nossas veias.


- - -
http://todosqueamam.wordpress.com/
msalgadosp@gmail.com
Ariano
Enviado por Ariano em 11/09/2015
Reeditado em 11/09/2015
Código do texto: T5379008
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Escrito por Marcelo de Mattos Salgado (Ariano) — Site: http://todosqueamam.wordpress.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Ariano
São Paulo - São Paulo - Brasil, 38 anos
251 textos (14191 leituras)
85 áudios (6328 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/17 19:40)
Ariano
Rádio Poética