Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Antonio Fernando Peltier
Araci - Bahia - Brasil, 69 anos
1455 textos (68799 leituras)
43 áudios (4054 audições)
8 e-livros (616 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/17 07:03)
Antonio Fernando Peltier

Textos do autor
Áudios do autor
Perfil
AUTO-DEFINIÇÃO
(do titular do site)


Um baú de reminiscências
e/ou, de futuras possibilidades,
e...

Tudo além...
Digo, um relicário de segredo deflagáveis
com base na crença;

Ainda... Caixa de música
tocando "Danúbio Azul"
com bailarina e tudo o mais...

Aqui... Eis-me:
As artes na poesia da vida
se revelam somente aos especiais,
dotados de caracteres proveitosos
e de sensibilidades essenciais...

(Ainda mais, redefinindo-me, embora, na 3ª pessoa do
singular a mostrar-me mais plural)

FERNANDO PELTIER X FERNANDO PELTIER
(VERSAM, CONVERSAM & HAJA PROSA!...)


Quando nasceu...
(Perdoe-o, Carlos, o anjo Drummond, gauche!)

Um anjo troncho,
daqueles que vivem “tentando”
olhou-o sério e sem titubear
foi logo dizendo:

- Vai, Pel...
sê diverso na vida!

E anjinhos de bocas-moles
responderam em cânone:
Amém! Amém!
Amém! Amém!
Amém! Amém!
Amem!!!...

- E aí?

- Aí... Ano da graça de 1948...

- Onde?

- Cidade de São Salvador, Bahia.
- Mas, por que o São?... Salvador só não basta?...

- Desculpem, ele quis dizer apenas Salvador.
É que o orgulho de nascer numa cidade tão plural
fez-lhe e faz- lhe pensar sempre,
que Salvador não é tão somente Salvador,
mas, muito mais que isso: Salvador “são!”...
Portanto, São Salvador.

Desculpem-lhe os
fundamentalistas...

- Sim, deixando de bolodórios, e daí?

- Daí que no dia 25 de janeiro,
dia consagrado a São Paulo,
o santo do dia,
data fantástica
dos aniversário da cidade de São Paulo
e de Tom Jobim, ele nasceu...

- "Zorra, pouca merda não, bosta,  paca!"

Quem?
- Tchan! Tchan! Tchan! Tchan!...

- Ele, Antônio Fernando Peltier…

- Não, não diga o resto,
deixe que ele próprio o diga,
a cada verso abaixo...

Um dia numa entrevista,
perguntaram-lhe:
Quando, sua primeira poesia?

Respondeu:

- "Quando nasci...
Saído do morno conforto,
amniótico líquido
pro mundão cá fora...
Frígido, quente,
empoeirado, barulhento...

Um flash-clarão no rosto
atormentou-me as vistas...

Passei do líquido para o gasoso,
solidamente.

Agredido com um tabefe
na pueril nádega,
Ah, "te" peguei-te cavaquinho!

Tanto faz:

Nádega, "búndega"
,pândega, buuuuunda!... 

Bradei, poeticamente:

- BUÁÁÁÁÁÁÁÁÁ!
(Quanto sentimento armazenado num só brado!)

- Querem mais, assim,
tipo definitiva definição?

Discorreu:

"Sou...
mamífero-roedor-antropófago-lambedor...
Eis quem e o que sou...

- Antônio Fernando Peltier Loureiro Freire...
com um nome des' tamanho,
sou e serei único no mundo, e, antanho,
quem sabe, não já fui rei,
oh, meu rei...
Lá no Eire?

- Bastar-me-ia apenas ser Antonio...
[comido e degustado, o acento circunflexo,
(jamais o assento!!!...)
Pelo escrivão do Instituo Pedro Mello...]

Ou apenas e tão somente ser
Fernando Peltier...

Cara de gato...
Nariz de fu... de fu... de fu!...
- de fu... O quê?

- Ah... de futricar o prazer de viver!!!!

(Maliciosos!!!)

Antonio Fernando Peltier Loureiro Freire
ou apenas Fernando Peltier,
Peu, Pel, Pélty, Pel-ti-ti-ti, Peltí, Peleleu, Peleleuty,
Tom, Tonho, Toinho, Antoninho, Tonico, Tutí,
Nando, Macaúbas, enfim...

Teatrólogo: Dramaturgo, Ator, Diretor  Teatral, Cenotécnico,
Sonoplasta, Professor de Teatro;

Escritor: Poeta, Conista, Dramaturgo
publicou:

Nós Te Atra(í)mos"
com os textos de "Pinóquio", "O Jardim das Abelhas" e "BeatleCaetanus"; 
"Heureca!-Notáveis Encontros com o Saber"
com texto próprio;
" T eatro Nosso Cada Dia",
com as peças:
"Auto das Dores de Cristo",
"Paz!... Paz!... Paz!..Páscoa!", "
Pinóquio",
"O Grande Circo da Mamãe", "
Fuga Num São João",
"O Jardim das Abelhas", "
Por um Triz... Triscou, Pegou!" ...
... "Auto do Presépio de Natal";

Mais recentemente
tomou de ser ainda mais pluralmente singular
e lançou um recital com suas poesias
e uma meninada gracinha, gracinha
de tão engraçadinha... "

PLURALIDADE SINGULAR"...
Massa!

Ainda,
"Escola Utopia", 
com suas poesias;

Abril de 2010, tem um novo Livro lançado ao mundo
a partir da Cidade do Porto,
Portugal.

Seu título:
"NA PALMA DA CALMA dA ALMA", 
com 51 poesias diversificadas e diversas,
que desde o seu título, dizem dele, o autor e de sua sensibilidade, suas aventuras e desventuras,
sonhos e pesadelos nas desilusões
como aArtista,
Professor de Teatro,
Pai e Homem dentro do "ser homem".


 
QUEM QUISER ADQUIRIR O NOVO LIVRO É SÓ LINKAR EM:

http://www.worldartfriends.com/store/search.php?
search_query=fernando&submit_search=Search
ou me procurar por e-mail: fernandopeltier@ymail.com

Tem formação superior completa
em Direção Teatral / EMAC/U.F.Ba.;

Professor de Teatro de sua própria escola;


Criou o Projeto de Educação Popular "
PARA NÃO TER QUE PUNIR OS HOMENS "
com 8 sub-projetos, oferecendo apresentações teatrais
pertinentes à criança e o jovem, projeto que trabalha a formação de platéia, com
público, a partir do escolar desde os 02 anos de idade.

É bem humorado, tem senso crítico aguçado.

Torcedor tricolor de 4 costados:
Esporte Clube Bahia,
Fluminense do Rio
e São Paulo Futebol Clube;

Seus vícios:
Deus, Sensibilidade, Artes, Cultura,
Escrever  Poesias e fazer Teatro;

É amigo muito decente e fiel.
Detesta traição.

Pensa a vida com Solidariedade, Inclusão e Arte.
Pensa e defende o Respeitismo, uma Filosofia própria,
que ainda vai consertar o mundo, a partir dos 10 Mandamentos das Leis de Deus...

Soteropolitano, mas optou por viver no interior,
anteontem, em Amargosa e Jequié, ontem ali, Serrinha...
Hoje, em Araci, sempre com um pé aqui, outro acolá,
porque adora o sertão baiano e disse quando escreveu:

"Nasci no litoral...
como o litoral é lindo!
Mas viva o sertão nordestino!!!"

No mais, danem-se a burrice e a truculência!
E viva o respeito, a confiança e o amor!
Basta isso pra se começar a mudar o mundo.

E que, "
Dê-se o direito, dando o direito, dando-o, direito!

Até porque, diz ele:
 E
screveu, não leu... O palco é meu!

Fernando
Peltier
 
ADQUIRA O SEU LIVRO

"NA PALMA DA CALMA DA ALMA"   


www.worldartfriends.com

VALOR: 16,00 EUROS.


Última atualização em 22/09/17 07:03