Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
TAS
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
172 textos (6148 leituras)
2 áudios (354 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:33)
TAS

Textos do autor
Áudios do autor
Perfil
Eu

No auge do meu nirvana a minha esquizofrenia me deixou morrer.
Meio hipocondriaca em minha mente fugaz,
Meio em tudo que jurava saber, mas não sei.
Nas profundezas de um amor que não conheço. Nem a mim.
Hoje não comparo realidade e ilusão.
O que são então?
Que amor é esse que chega a perturbar minha vida, minha essência?
Que amor é esse que me arranca de mim mesmo sem me deixar saber?
Minha ilusão foi mentira, minha realidade também.
O que posso dizer que há entre dois mundos,
Se não conheço nem um, nem outro?
E essa sabedoria que me induziram,
Me fizeram aceitar a sabedoria de forma errada.
O que mais posso fazer senão agradecer,
A todos que sorriram para mim (a me ajudar).
Agradecer principalmente aqueles que não sorriram,
Porque para eles eu sorri, o sorriso da verdade,
Da angústia, da agonia, que um dia iria passar.
Porque essa asneira que cegou minha vida passaria,
Como horas parado em um pensamento de vida e de morte.
Como um tolo que vem ao mundo e diz que sabe amar,
E depois apenas percebe que é fruto dele.

TAS


Última atualização em 20/10/17 10:33