Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Transpiração e inspiração!

Criativo, brilhante,  empreendedor, incansável, competente...
Acima da média, sua genialidade não fora compreendida por seus professores e foi confundida com atraso mental;  expulso da escola  teve que ser educado pela sua mãe, uma professora.
 Desde pequeno conviveu com graves problemas de audição, todavia, nada o impediu de seguir firme em sua vocação inventiva.

Alma apegada ao trabalho e a produtividade, começou a labutar aos doze anos como vendedor de Jornais, doces e frutas para passageiros de uma estação de comboios.

Por ironia do destino trabalhou como telegrafista e sua parcial surdez não foi empecilho para operar o telégrafo e ouvir os sinais.

Sua primeira invenção foi uma máquina de contar votos que não teve grande repercussão, porém, de sua mente brilhante começaram a chover invenções e uma feliz intervenção na reparação de um indicador de preços do ouro na Bolsa, mereceu-lhe um contrato com a Western Union para introduzir algumas alterações no referido aparelho, trabalho pelo qual recebeu 40.000 dólares, fabulosa soma para a época.

Montou assim um laboratório que chegou a ter mais de 300 funcionários trabalhando em suas invenções, esse laboratório  hoje é considerado monumento nacional dos Estados Unidos,

Prezado leitor, sua versatilidade legou ao mundo mais de 1.000  invenções, dentre elas o fonógrafo, o transmissor de carbono para o telefone e até o hábito de se dizer alô ao atender uma ligação, porquanto,  até então, dizia-se “Esta pronto para falar”.

Embora não fosse um cientista propriamente dito, fez importante descoberta científica; em 1882, descobriu que, em condições de vácuo absoluto, uma corrente elétrica poderia circular entre dois fios que não se tocam, esse feito foi chamado de efeito “Edison”, e levou ao início de toda a indústria eletrônica.

Projetou a lâmpada elétrica, uma forma barata e prática de utilizar a eletricidade para  se produzir luz, antes disso, era utilizada a luz a gás que tinha riscos de incêndio, além de trazer venenos perigosos.

Trazia a determinação das grandes almas, chegou a testar mais de 3.000 teorias e diversos filamentos diferentes na lâmpada até achar a fórmula ideal.

Falo de Thomas Alva Edison, nascido na cidade de Milan, estado de Ohio, EUA, em 11 de fevereiro de 1847, casado duas vezes teve três filhos de cada casamento, morreu em West Orange, Nova Jersey, em 1931.

Deixou a seguinte definição sobre genialidade e trabalho:

"Não há substituto para o trabalho duro".
"Gênio é 2% inspiração e 98% de transpiração".

Prezado leitor, Edison têm mesmo razão, se quisermos lograr êxito nas empreitadas da vida,  devemos dar o melhor de nós; trabalhar, pesquisar, raciocinar, estudar, eis o lema.
Essa transpiração nos tornará sensíveis para a inspiração que certamente irá nos chegar do alto.

Ajuda-te e o céu te ajudará!

A Thomas Alva Edison, nosso muito obrigado pelas luzes acendidas no imo de nossa alma.





Wellington Balbo
Enviado por Wellington Balbo em 21/01/2006
Código do texto: T101915
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wellington Balbo
Bauru - São Paulo - Brasil, 41 anos
364 textos (104049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:22)
Wellington Balbo