Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entender você,
Conhecer você,
Até parece fácil,
Mas quem és, poucos sabem,
Quase ninguém vê,
Quem te conhece, te desconhece,
Quem te vê não te encherga,
Não vê a luz nos seus olhos.
Os passos da solidão perversa
Te distância da luz que te ilumina.
Você, você é sorriso, porém triste
Você, você é paz na inquietude dos teus sonhos.
Você, ah você doce criança,
doce esperança,
Que na desperança do seu ser,
busca simplesmente você,
onde muitos conhecem
mas quase ninguém vê.

(Liris Moraes)


"Recebi esta biografia minha, escrita por uma pessoa que a mim muito querida, minha irmã amada, irmã que é um anjo em minha vida, uma dádiva a mim presenteada por Deus meu senhor, e acho que ela conhece mais de mim do que eu poderia imaginar, te amo minha irmã de sangue, de alma, minha luz."
LuRubia
Enviado por LuRubia em 13/07/2006
Reeditado em 28/05/2010
Código do texto: T193131
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuRubia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
229 textos (8236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:19)
LuRubia