Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Samuel Hahanemann- fundador do sistema terapêutico formal da homeopatia.

  Amigos do recanto como médica homeopata que sou, desejo trazer a vocês a biografia deste homem que deu origem a esta ciência de cura extraordinária. Espero que gostem.

Christian Friedrich Samuel Hahanemann nasceu em 10 de abril de 1755, em Meissen, na Saxônia, à leste da atual Alemanha. Foi um lingüista brilhante e pagou seus estudos de medicina fazendo traduções científicas.

   Hahnemann foi preparado para ser um comerciante. Mas seu desejo em ser médico, o faz estudar ir estudar medicina na Universidade de Leipzig nos idos de 1775.
   Em 1777 vai para Viena, onde estuda no grande Hospital de Leopoldstadt "Irmãos da Caridade", sob orientação do grande clínico Quarin, médico da família real, e por várias
vezes reitor da Universidade de Viena. Ali estuda por 9 meses quando terminam suas economias e é então indicado por Quarin como médico da família do Governador da Transilvânia, Siebenbueger, em Hermanstadt, onde fica por um ano e nove meses. Lá havia uma enorme e rica biblioteca, e ele nomeia Hahnemann responsável por ela. Este período foi muito fértil para ele em leituras.
    Em 1779 doutora-se pela faculdade de Erlanger, por ela ser mais barata do que a de Viena. Deve-se ressaltar que, como fazia traduções para sobreviver, teve contato com os grandes autores de sua época e de épocas anteriores, tendo assim uma formação intelectual muito ampla, tanto no campo das ciências como da filosofia.
    Em certa altura de sua vida, desgostoso de não conseguir curar realmente seus pacientes, como tinha se proposto a fazer, pela ineficiência da medicina de grande parte dos médicos da época, se afasta da profissão, voltando a estudar, trabalhar com produtos químicos e fazer traduções.
    Em 1790 começa a fazer a tradução de uma obra de Cullen, que "falava sobre as propriedades da "Chinchona officinalis", ou quinina ou quina, introduzida na Europa, mas proveniente do Peru, onde os nativos a usavam para tratamento do paludismo.
   Cullen atribui a influência curativa da Cinchona ao poder que exerce através do fortalecimento do estômago, com produção de uma substância contrária a febre.
  As explicações de sua ação não o convenceram, mas chamou-lhe a atenção que o abuso que se fazia da quinina acarretava sintomas semelhantes aos que se apresentavam espontâneamente na enfermidade natural.
  A experimentação começou por aí, e provavelmente, com o conhecimento acumulado por toda uma vida de leituras e a insatisfação com uma medicina que não curava e pouco aliviava, chegou à Homeopatia.

    Ele também se dedicou à trabalhos no campo da química e da medicina, a saber:

           Na química industrial:
bullet -aperfeiçou vários testes de bromatologia,
bullet -desenvolveu métodos próprios para a tintura de tecidos,
bullet -desenvolveu testes de bromatologia para vinhos,
bullet -foi tradutor de obras de química industrial; revia as traduções e descobria erros,
desvendando segredos industriais de franceses, ingleses e holandeses.

Na higiene industrial:
bullet -purificação da água com nitrato de prata,
bullet -desinfecção de feridas com mercúrio (foi ele que desenvolveu o mercúrio
cromo),
bullet -descreveu os sintomas de sufocamento e intoxicação nas minas de prata, cobre,
cobalto,
bullet -descobriu que a tintura vermelha para roupas envenenava as pessoas que a
manuseavam, com cobalto,
bullet -que havia envenenamento por chumbo nas pessoas que trabalhavam na fabricação
de panelas e vidro,
bullet -que havia intoxicação entre as pessoas que usavam carvão mineral para a
calefação,

Na farmacologia:
bullet -combatia o uso do arsênico como antitérmico,
bullet -preparava um antitérmico a partir da casca do salgueiro.

Em 1835 Hahanemann, muda-se para Paris, onde vem a falecer no dia 2 de julho de 1843, aos 88 anos.
luz
Enviado por luz em 09/08/2005
Reeditado em 09/08/2005
Código do texto: T41484
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luz
Santos - São Paulo - Brasil
65 textos (8882 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:41)
luz