Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

        O maior estadista brasileiro

Passados 53 anos da morte de Getúlio Dornelles Vargas

 

Sua história

Ano

Acontecimento

1883

- Nasce em São Borja, Rio Grande do Sul, a19 de abril.

1894

- Vai estudar em Ouro Preto, Minas Gerais, na Escola de Minas.

1898

- Torna-se soldado na guarnição de São Borja.

1900

- Matricula-se na Escola Preparatória e de Tática de Rio Pardo (RS). Entretanto, não permaneceu lá por muito tempo, sendo transferido para Porto Alegre a fim de terminar o serviço militar.

1904

- Em março, matricula-se na faculdade de Direito de Porto Alegre, onde conhece dois cadetes da escola militar, Pedro Aurélio de Góis Monteiro e Eurico Gaspar Dutra, dedicando então ao estudo das obras de Júlio de Castilhos (fundador do Partido Republicano no Rio Grande do Sul).

1907

- Forma-se em Direito e começa a trabalhar como segundo promotor público no tribunal de Porto Alegre. No entanto, voltou a sua cidade natal, São Borja, para trabalhar como advogado.

1909

- Elege-se deputado Estadual.

1913

- Reelege-se deputado Estadual, mas renuncia em protesto pela atitude tomada nas eleições por Borges de Medeiros, que governava o Rio Grande do Sul.

1917

- Volta à Assembléia Legislativa estadual.

1921

- Reelege-se deputado Estadual.

1923

- Torna-se deputado Federal.

1924

- Torna-se líder da bancada gaúcha na Câmara.

1926

- Washington Luís é eleito presidente e escolhe Getúlio como Ministro da Fazenda.

1928

- Em 25 de janeiro, toma posse como presidente do Estado do Rio Grande do Sul

1930

- Washington Luís é deposto do cargo. Os generais Tasso Fragoso e Mena Barreto, mais o almirante Isaías de Noronha, formaram um junta governativa. Em 03 de novembro, a junta passa o poder a Vargas, que torna-se chefe do governo provisório.

1932

- Explode a revolução constitucionalista em São Paulo, apoiada por Borges de Medeiros. O movimento foi derrotado e Medeiros preso.

1933

- Em 05 de maio é realizada eleições para a Assembléia Constituinte.

1934

- Entra em vigor a nova Constituição, em 16 de julho. Juntamente a isso, o Congresso realiza eleições indiretas e Vargas torna-se presidente.

1935

- No mês de novembro, liderada por Luís Carlos Prestes, eclode a "Intentona Comunista" (levante de algumas guarnições militares em Natal (RN), Recife (PE) e do 3º Regimento de Infantaria na Praia Vermelha e da Escola de Aviação no Rio de Janeiro), contra a exclusão da Aliança Nacional Libertadora (ANL) da Assembléia.

1937

- Em 10 de novembro, Vargas dá um golpe ordenando o cerco do Congresso Nacional e determinando o seu fechamento. Em um pronunciamento, Getúlio anunciava a promulgação de uma nova Constituição que substituiria a de 1934. Era o início do Estado Novo.

1943

- Edita a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que garantia a estabilidade do emprego depois de dez anos de serviço, descanso semanal, regulamentação do trabalho de menores, da mulher e do trabalho noturno; a criação da Previdência Social e a instituição da carteira profissional em março de 1932 para maiores de 16 anos que exercessem um emprego; a jornada de trabalho foi fixada em 8 horas de serviço.

1942

- Devido ao afundamento de navios mercantes brasileiros por submarinos alemães, o Brasil declara guerra à Alemanha em 22 de agosto de 1942, enviando a FEB (Força Expedicionária Brasileira) para lutar na Itália.

1943

- Políticos de Minas Gerais elaboram um manifesto repudiando o Estado Novo, chamado "Manifesto dos Mineiros".

1945

- Em 28 de fevereiro, a Constituição de 1937 recebe um ato adicional que possibilitava fixar as eleições presidenciais. Logo destacaram-se duas candidaturas: a do Brigadeiro Eduardo Gomes, que se opunha a Vargas, e a do General Eurico Gaspar Dutra, ministro da Guerra, apoiado pelo governo.
- Em 22 de abril, decreta a anistia a todos os presos políticos, inclusive Luís Carlos Prestes. Em 28 de maio fixa também a data das eleições para 02 de dezembro.
- Em 29 de outubro, tropas do Exército cercam o Palácio do Catete e Getúlio renuncia. A presidência passa a ser ocupada por José Linhares, presidente do Supremo Tribunal Federal. Vargas exila-se em São Borja.

1950

- Lança-se à presidência juntamente com Café Filho pelo PTB e PSP (Partido Social Progressista). É eleito e assume o poder a 31 de janeiro de 1951.

1953

- João Goulart é nomeado Ministro do Trabalho.

1954

- Em 8 de fevereiro, por pressão do chamado Manifesto dos Coronéis, Getúlio demite João Goulart.
- Em 1º de maio, procurando amparo junto aos trabalhadores pela pressão política que sofria, Getúlio concede aumento de 100% ao salário-mínimo.
- Em 5 de agosto, Carlos Lacerda, dono do jornal
A Tribuna e um dos maiores opositores de Vargas, sofre um atentado que resultou na morte do major-aviador Rubens Florentino Vaz. O incidente teve amplas repercussões e resultou numa grave crise política. As investigações demonstraram o envolvimento de Gregório Fortunato, chefe da guarda pessoal de Getúlio. Fortunato acabou sendo preso.
- Congresso e Militares exigem renúncia de Vargas. Em meio à um clima de tensão, Getúlio Vargas atira contra o próprio peito em 24 de agosto

 

Saio da vida para entrar na História.” – Getúlio Vargas

Fontes

bibliografias:

Vargas ,Getúlio 1883-1954

Celina Vargas do Amaral Peixoto

Edição de Leda Soares/SP Siciliano: Rio de Janeiro

Fundação Getúlio Vargas,1995

Sites Internet:

 http://www.cpdoc.fgv.br/nav_fatos_imagens/htm/fatos/GetulioVargas.htm

http://www.v-brazil.com

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Carta_Testamento_de_Get%C3%BAlio_Vargas

http://www.suapesquisa.com/vargas/

http://www.planalto.gov.br/Infger_07/presidentes/getulio_vargas-3.htm

 

 

Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 24/08/2007
Código do texto: T621340
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
8102 textos (1690891 leituras)
2 áudios (1150 audições)
95 e-livros (6300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:02)
Maurélio Machado